Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Português

Despertai!  |  N.° 1 2017

 MATÉRIA DE CAPA

Depressão em adolescentes — Por quê? O que pode ajudar?

Depressão em adolescentes — Por quê? O que pode ajudar?

ANNA * diz: “Quando tenho uma crise de depressão, eu não sinto vontade de fazer nada, nem as coisas que normalmente gosto muito de fazer. Só tenho vontade de dormir. Eu sinto que não mereço ser amada, que não sirvo pra nada e que sou um peso para as pessoas.”

Julia diz: “Eu já pensei em me matar. Mas não é que eu queira mesmo morrer. Eu só queria parar de me sentir assim. Geralmente, eu me importo com as pessoas. Mas, quando estou deprimida, não me importo com nada nem com ninguém.”

Anna e Julia estavam no início da adolescência quando a depressão começou. É normal os jovens se sentirem tristes de vez em quando. Mas, no caso delas, isso podia durar semanas ou meses. Anna diz: “É como se você estivesse presa num buraco bem fundo e escuro, sem poder sair. A gente não entende o que está acontecendo. Parece que nem é mais a mesma pessoa.”

A situação de Anna e Julia não é incomum. A depressão em adolescentes parece estar aumentando num ritmo assustador. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a depressão é “a maior causa de doença e de incapacidade de meninos e meninas entre 10 e 19 anos”.

 Os sintomas de depressão podem começar na adolescência e talvez incluam alterações no peso, no apetite e no sono. Podem aparecer sentimentos de tristeza e desespero. Alguns jovens também se sentem inúteis e acham que nunca vão melhorar. Outros sinais de depressão incluem isolamento social, dificuldades de concentração e de memória e pensamentos ou atos suicidas. Talvez haja outros sintomas sem relação com alguma doença física. Quando médicos suspeitam de depressão, em geral eles procuram conjuntos de sintomas que duram algumas semanas e que atrapalham a rotina da pessoa.

POSSÍVEIS CAUSAS

De acordo com a OMS, “a depressão é resultado de uma combinação complexa de fatores sociais, psicológicos e biológicos”. Esses fatores talvez incluam:

Aspectos biológicos. No caso de Julia, sua família tinha um histórico de depressão. Isso é bastante comum e indica que a genética talvez afete a química do cérebro, contribuindo para a depressão. Problemas cardíacos e mudanças hormonais, bem como o uso prolongado e em excesso de algumas substâncias, podem causar depressão ou torná-la mais forte. *

Estresse. Um pouco de estresse pode fazer bem. Mas, quando o estresse é além do normal e dura muito tempo, ele pode prejudicar a saúde física e emocional. No caso dos adolescentes, que são mais frágeis devido às mudanças hormonais, o estresse pode levar à depressão. Mas devemos lembrar que não se sabe exatamente o que causa a depressão. Como já mencionado, ela pode ser resultado de uma combinação de fatores.

Entre as coisas que podem causar estresse e provocar depressão em adolescentes estão o divórcio ou a separação dos pais, a morte de um parente ou amigo, abuso sexual, maus-tratos,  acidente grave ou doença. Uma criança com dificuldade de aprendizagem também pode ficar muito estressada, principalmente se isso a faz se sentir inferior. Alguns pais sobrecarregam seus filhos por esperar demais deles, talvez com relação aos estudos. Outros fatores que causam estresse são: incertezas quanto ao futuro, bullying, pais com comportamento imprevisível e falta de cuidados por parte de um pai ou mãe depressivo. Se um adolescente ficar deprimido, o que ele pode fazer?

CUIDE DO SEU CORPO E DA SUA MENTE

Normalmente, tanto a depressão leve como a profunda são tratadas com remédios e com a ajuda de um psicólogo ou psiquiatra. * Jesus Cristo disse em Marcos 2:17: “Os que têm saúde não precisam de médico, mas sim os doentes.” E a depressão é uma doença. Mas, além de procurar um médico, você talvez possa fazer algumas mudanças no seu estilo de vida, afinal sua mente e seu corpo estão totalmente interligados.

Se você tem depressão, faça o que estiver ao seu alcance para cuidar da sua saúde física e mental. Por exemplo, coma alimentos saudáveis, durma o suficiente e faça exercícios físicos regularmente. Fazer exercícios ajuda a liberar substâncias químicas que melhoram seu humor, sua disposição e seu sono. Se possível, tente descobrir o que deixa você deprimido. Tenha um plano de ação para quando você perceber que a depressão está chegando. Por exemplo, converse com alguém em quem você confia. Pense em parentes e amigos mais achegados a quem você pode recorrer para conseguir lidar melhor com a depressão. A ajuda deles pode até  suavizar os sintomas. Outra dica é escrever seus pensamentos e sentimentos num diário. Isso ajudou Julia, já citada. Acima de tudo, cuide da sua amizade com Deus. Assim, você vai ter uma visão mais positiva da vida. Jesus disse: “Felizes os que têm consciência de sua necessidade espiritual.” — Mateus 5:3.

Coma alimentos saudáveis, faça exercícios e descanse bem

Cuidar da sua amizade com Deus pode fazer você se sentir melhor

Anna e Julia concordam com as palavras de Jesus. Anna tira tempo para fazer coisas que fortalecem a sua amizade com Deus. Ela diz: “Quando faço atividades espirituais, eu me concentro não apenas nos meus problemas, mas em outras pessoas. Nem sempre é fácil fazer isso, mas eu me sinto muito mais feliz.” Julia se sente melhor quando faz orações e lê a Bíblia. Ela diz: “Eu fico mais calma quando abro meu coração a Deus. E a Bíblia me ajuda a ver que Deus me ama e se importa comigo. Ela também me ajuda a ser mais positiva em relação ao futuro.”

Jeová Deus é o nosso Criador. Ele sabe perfeitamente como as coisas que já passamos, os fatores genéticos e a nossa criação influenciam nossos sentimentos e nosso modo de ver a vida. Por isso, ele pode nos dar o apoio e o consolo que precisamos. Às vezes, Deus faz isso usando pessoas amorosas, que tentam nos entender. E logo chegará o tempo em que ele vai curar todas as doenças físicas e emocionais. Isaías 33:24 diz: “Nenhum habitante dirá: ‘Estou doente.’”

A Bíblia promete que Deus “enxugará dos [nossos] olhos toda lágrima, e não haverá mais morte, nem haverá mais tristeza, nem choro, nem dor”. (Apocalipse 21:4) Essas palavras nos ajudam a ver que logo tudo vai melhorar. Se você quiser aprender mais sobre a vontade de Deus para a Terra e para os humanos, acesse o nosso site: jw.org. Lá você vai encontrar uma excelente versão on-line da Bíblia e artigos sobre diversos assuntos, inclusive sobre depressão.

^ parágrafo 3 Os nomes foram mudados.

^ parágrafo 10 Centenas de doenças, remédios e drogas podem afetar o humor de uma pessoa. Por isso, é importante buscar um diagnóstico correto.

^ parágrafo 14 Esta revista não recomenda nenhuma terapia ou tratamento específico.

Saiba mais

PERGUNTAS BÍBLICAS RESPONDIDAS

A Bíblia pode me ajudar se estou com depressão?

Existem três coisas que Deus dá generosamente para nos ajudar se estamos com depressão.