Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Português

O Que a Bíblia Realmente Ensina?

 CAPÍTULO DEZENOVE

Permaneça no amor de Deus

Permaneça no amor de Deus
  • O que significa amar a Deus?

  • Como podemos permanecer no amor de Deus?

  • Como Jeová recompensará os que permanecerem no seu amor?

Fará de Jeová seu refúgio nesta época tempestuosa?

1, 2. Onde podemos encontrar um refúgio seguro hoje em dia?

IMAGINE que você esteja caminhando por uma estrada e veja se aproximar uma tempestade. O céu escurece, raios iluminam o céu e ouve-se o estrondo de trovões. Em seguida, cai uma chuva torrencial. Você corre, procurando desesperadamente um refúgio. Logo adiante, ao lado da estrada, você avista um abrigo. É seguro, seco e convidativo. Você certamente fica feliz por encontrar esse lugar de segurança!

2 Vivemos numa época tempestuosa. As condições mundiais vão de mal a pior. Mas existe um abrigo seguro, um refúgio que pode nos manter protegidos contra o dano permanente. De que se trata? Note o que a Bíblia ensina: “Vou dizer a Jeová: ‘Tu és meu refúgio e minha fortaleza; meu Deus, em quem confio.’” — Salmo 91:2.

3. Como podemos fazer de Jeová nosso refúgio?

3 Imagine! Jeová, o Criador e Soberano do Universo, pode ser nosso refúgio. Ele pode nos manter seguros, pois é muito mais poderoso  do que qualquer pessoa ou coisa que possa nos causar dano. Mesmo se formos prejudicados, Jeová pode desfazer todos os maus efeitos. Como podemos fazer de Jeová nosso refúgio? Temos de confiar nele. Além disso, a Palavra de Deus nos exorta: “Mantenham-se no amor de Deus.” (Judas 21) De fato, temos de permanecer no amor de Deus, mantendo um vínculo de amor com o nosso Pai celestial. Nesse caso, podemos estar certos de que ele é nosso refúgio. Mas como formar tal vínculo?

RECONHEÇA O AMOR DE DEUS E CORRESPONDA A ELE

4, 5. Quais são algumas das maneiras pelas quais Jeová tem demonstrado amor por nós?

4 Para permanecer no amor de Deus, temos de reconhecer o amor que Jeová demonstra por nós. Pense em alguns ensinos bíblicos que você aprendeu com a ajuda deste livro. Como Criador, Jeová nos deu a Terra como lar agradável, suprindo-a com fartos recursos de alimento e água, riquezas naturais, fascinante vida animal e belas paisagens. Como Autor da Bíblia, Deus nos revelou seu nome e suas qualidades. Além disso, sua Palavra mostra que ele enviou à Terra seu amado Filho, Jesus, permitindo que ele sofresse e morresse por nós. (João 3:16) E o que essa dádiva significa para nós? Ela nos dá a esperança de um futuro maravilhoso.

5 A nossa esperança para o futuro depende também de algo mais que Deus fez. Ele estabeleceu um governo celestial, o Reino Messiânico. Este em breve acabará com todo o sofrimento e fará da Terra um paraíso. Pense nisso! Poderemos viver nesse paraíso para sempre em paz e felicidade. (Salmo 37:29) Enquanto isso, Deus nos tem dado orientações sobre como viver da melhor maneira possível agora. Ele também nos deu a dádiva da oração, uma linha aberta de comunicação com ele. Essas são apenas algumas maneiras pelas quais Jeová tem demonstrado amor pela  humanidade em geral e por você em particular.

6. Como você pode corresponder ao amor que Jeová lhe tem demonstrado?

6 Faça a si mesmo esta pergunta importante: Como vou corresponder ao amor de Jeová? Muitos dirão: ‘Amando a ele da mesma maneira.’ É assim que você pensa? Jesus disse que o maior mandamento de todos é: “Ame a Jeová, seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma e de toda a sua mente.” (Mateus 22:37) Você certamente tem muitos motivos para amar a Jeová. Mas será que sentir esse amor é tudo o que está envolvido em amar a Jeová de todo o coração, alma e mente?

7. Será que amar a Deus envolve apenas um sentimento? Explique.

7 Conforme explicado na Bíblia, o amor a Deus é muito mais do que um sentimento. De fato, embora o sentimento de amor a Jeová seja essencial, é apenas o começo de um verdadeiro amor por ele. Uma semente de maçã é essencial para produzir uma macieira. Mas, se você desejasse uma maçã, ficaria satisfeito se alguém lhe desse apenas uma semente? Certamente que não! Do mesmo modo, o sentimento de amor a Jeová é apenas o começo. A Bíblia ensina: “O amor de Deus significa o seguinte: que obedeçamos aos seus mandamentos; contudo, os seus mandamentos não são pesados.” (1 João 5:3) Para ser genuíno, o amor a Deus tem de produzir bons frutos. Precisa ser expresso em ações. — Leia Mateus 7:16-20.

8, 9. Como podemos expressar amor e gratidão a Deus?

8 Mostramos amor a Deus obedecendo aos seus mandamentos e aplicando seus princípios. Fazer isso não é muito difícil. Longe de ser uma carga, as leis de Jeová são feitas para nos ajudar a ter uma vida agradável, feliz e gratificante. (Isaías 48:17, 18) Por vivermos de acordo com as orientações  de Jeová, mostramos ao nosso Pai celestial que realmente prezamos tudo o que ele tem feito por nós. Infelizmente, bem poucas pessoas no mundo de hoje mostram tal apreço. Não queremos ser mal-agradecidos, como alguns que viveram na época em que Jesus esteve na Terra. Certa vez, ele curou dez leprosos, mas apenas um voltou para agradecer-lhe. (Lucas 17:12-17) Com certeza, queremos ser como aquele que se mostrou grato, não como os nove ingratos!

9 Quais são, então, os mandamentos de Jeová que temos de obedecer? Consideramos um bom número deles neste livro, mas vamos recapitular alguns. Obedecer aos mandamentos de Deus nos ajudará a permanecer no seu amor.

ACHEGUE-SE CADA VEZ MAIS A JEOVÁ

10. Explique por que é importante continuar a aprender sobre Jeová Deus.

10 Aprender a respeito de Jeová é um passo vital para nos achegar a ele. É um processo que não deve parar. Se numa noite bem fria você estivesse ao ar livre aquecendo-se junto a uma fogueira, permitiria  que as chamas diminuíssem até se apagarem? Não. Você continuaria a pôr mais lenha para manter o fogo bem aceso. A sua própria vida poderia estar em jogo! Assim como a lenha alimenta a fogueira, “o conhecimento de Deus” mantém forte nosso amor a Jeová. — Provérbios 2:1-5.

Assim como o fogo, seu amor a Jeová precisa de combustível para manter-se aceso

11. Que efeito o ensino de Jesus teve sobre seus discípulos?

11 Jesus queria que o amor de seus seguidores a Jeová e à sua preciosa Palavra da verdade se mantivesse vivo e bem aceso. Depois de sua ressurreição, Jesus explicou a dois de seus discípulos algumas profecias das Escrituras Hebraicas que se cumpriram nele. Com que resultado? Mais tarde, esses discípulos disseram: “Não sentíamos arder o coração dentro de nós quando ele nos falava na estrada, ao nos abrir plenamente as Escrituras?” — Lucas 24:32.

12, 13. (a) O que aconteceu com a maioria das pessoas hoje com relação ao amor a Deus e à Bíblia? (b) Como podemos evitar que o nosso amor esfrie?

12 Quando você começou a aprender o que a Bíblia realmente ensina, não sentiu seu coração “arder” de alegria, zelo e amor a Deus? Sem dúvida. Muitos sentiram a mesma coisa. O desafio agora é manter vivo esse amor intenso e fazer com que aumente cada vez mais. Não queremos seguir a tendência do mundo de hoje. Jesus predisse: “O amor da maioria esfriará.” (Mateus 24:12) Como você pode evitar que seu amor a Jeová e às verdades bíblicas se esfrie?

13 Continue a aprender sobre Jeová Deus e Jesus Cristo. (João 17:3) Medite, ou pense profundamente, a respeito do que você aprende na Palavra de Deus, perguntando-se: ‘O que isso me ensina a respeito de Jeová? Que motivo adicional isso me dá para amá-lo de todo o coração, mente e alma?’ (Leia 1 Timóteo 4:15.) Essa meditação manterá bem aceso seu amor a Jeová.

14. Como a oração pode nos ajudar a manter vivo nosso amor a Jeová?

14 Outra maneira de manter bem aceso seu amor a Jeová  é orar regularmente. (1 Tessalonicenses 5:17) No Capítulo 17 deste livro vimos que a oração é uma dádiva preciosa de Deus. Assim como a comunicação regular e aberta promove boas relações humanas, a nossa relação com Jeová se mantém cordial e viva quando oramos a ele regularmente. É vital nunca permitir que nossas orações se tornem mecânicas — simples palavras de rotina que repetimos vez após vez sem verdadeiro sentimento ou significado. Temos de falar com Jeová assim como uma criança fala com seu pai querido. Naturalmente, queremos falar com respeito, porém com sinceridade e de coração. (Salmo 62:8) De fato, o estudo pessoal da Bíblia e as orações sinceras são aspectos vitais da nossa adoração, e nos ajudam a permanecer no amor de Deus.

ENCONTRE ALEGRIA NA ADORAÇÃO A DEUS

15, 16. Por que a pregação do Reino pode ser corretamente considerada um privilégio e um tesouro?

15 O estudo pessoal da Bíblia e as orações são atos de adoração que podemos realizar em particular. Mas vejamos agora um aspecto da adoração que realizamos publicamente: falar a outros a respeito de nossas crenças. Você já falou com alguém sobre algumas verdades bíblicas? Em caso afirmativo, você teve um grande privilégio. (Lucas 1:74) Quando falamos a outros sobre as verdades que aprendemos a respeito de Jeová, estamos cumprindo uma designação muito importante que foi dada a todos os cristãos verdadeiros: pregar as boas novas do Reino de Deus. — Leia Mateus 24:14; 28:19, 20.

16 O apóstolo Paulo considerava seu ministério como algo precioso — um tesouro. (2 Coríntios 4:7) Falar a outros sobre Jeová e seus propósitos é o trabalho mais gratificante que se pode realizar. É serviço prestado ao melhor Amo que existe e resulta nos melhores benefícios possíveis. Ao participar nessa atividade você estará ajudando pessoas sinceras a se  achegar ao nosso Pai celestial e a entrar no caminho que leva à vida eterna! Que outro trabalho poderia ser mais satisfatório? Além disso, dar testemunho a respeito de Jeová e de sua Palavra aumenta sua própria fé e fortalece seu amor a ele. E Jeová aprecia seus esforços. (Hebreus 6:10) Manter-se  atarefado nesse trabalho ajuda você a permanecer no amor de Deus. — Leia 1 Coríntios 15:58.

17. Por que o ministério cristão é urgente hoje em dia?

17 É importante lembrar-se de que a pregação do Reino é urgente. A Bíblia diz: “Pregue a palavra; faça isso urgentemente.” (2 Timóteo 4:2) Por que fazer isso é tão urgente hoje em dia? A Palavra de Deus diz: “O grande dia de Jeová está próximo! Está próximo e se aproxima com grande rapidez!” (Sofonias 1:14) De fato, aproxima-se rapidamente o dia em que Jeová acabará com o inteiro sistema mundial perverso. As pessoas precisam ser avisadas! Precisam saber que agora é o tempo de escolher Jeová como seu Soberano. O fim “não se atrasará”! — Habacuque 2:3.

18. Por que devemos adorar a Jeová publicamente junto com os cristãos verdadeiros?

18 Jeová deseja que o adoremos publicamente junto com os cristãos verdadeiros. É por isso que a sua Palavra diz: “Pensemos uns nos outros para nos estimular ao amor e às boas obras, não deixando de nos reunir, como é costume de alguns, mas nos encorajando uns aos outros, e ainda mais ao passo que vocês veem chegar o dia.” (Hebreus 10:24, 25) As reuniões cristãs com nossos irmãos na fé nos dão uma oportunidade excelente de louvar e adorar nosso amado Deus. Além disso, edificamos e encorajamos uns aos outros.

19. Como podemos fortalecer os vínculos de amor na congregação cristã?

19 Ao nos associarmos com outros adoradores de Jeová, fortalecemos os vínculos de amor e amizade na congregação. É importante sempre procurar ver o lado bom uns dos outros, assim como Jeová procura ver o nosso lado bom. Não espere perfeição de seus irmãos na fé. Lembre-se de que todos estão em diferentes estágios de progresso espiritual e que todos nós cometemos erros. (Leia Colossenses 3:13.) Procure edificar uma amizade sólida com aqueles que amam intensamente a Jeová, e verá como isso contribui  para seu progresso espiritual. De fato, adorar a Jeová junto com seus irmãos espirituais com certeza o ajudará a permanecer no amor de Deus. Como Jeová recompensa aqueles que o adoram fielmente e, desse modo, permanecem no seu amor?

PROCURE ALCANÇAR A “VERDADEIRA VIDA”

20, 21. O que é a “verdadeira vida”, e por que é uma esperança maravilhosa?

20 Jeová recompensa seus servos fiéis com a vida, mas que espécie de vida? Bem, você está realmente vivo agora? A maioria de nós diria que a resposta é óbvia. Afinal, nós respiramos, comemos e bebemos. Com certeza, estamos vivos. E nos nossos momentos mais felizes talvez até digamos: “Isso é que é vida!” No entanto, a Bíblia indica que, em certo sentido muito importante, nenhum ser humano está realmente vivo hoje em dia.

Jeová deseja lhe dar a “verdadeira vida”. Você a ganhará?

21 A Palavra de Deus nos exorta a ‘nos apegar firmemente à verdadeira vida’. (1 Timóteo 6:19) Essas palavras indicam que a “verdadeira vida” é algo que esperamos ganhar no futuro. De fato, quando formos perfeitos, estaremos vivos no sentido mais pleno da palavra, pois estaremos vivendo assim como Deus originalmente queria que vivêssemos. Quando vivermos numa Terra paradisíaca com saúde, paz e felicidade perfeitas, finalmente usufruiremos a “verdadeira vida” — a vida eterna. (1 Timóteo 6:12) Não é essa uma esperança maravilhosa?

22. Como você pode ‘apegar-se firmemente à verdadeira vida’?

22 Como podemos ‘nos apegar firmemente à verdadeira vida’? No mesmo contexto, Paulo exortou os cristãos a ‘praticar o bem’ e a ‘ser ricos em boas obras’. (1 Timóteo 6:18) Portanto, é óbvio que muito depende de como colocamos em prática as verdades que aprendemos na Bíblia. Mas será que Paulo disse que mereceremos a “verdadeira vida” por realizarmos boas obras? Não, pois tais perspectivas maravilhosas  realmente dependem de recebermos a “bondade imerecida” da parte de Deus. (Romanos 5:15) No entanto, Jeová tem prazer em recompensar aqueles que o servem fielmente. Ele deseja que você viva a “verdadeira vida”. Essa feliz e pacífica vida eterna está em reserva para aqueles que permanecem no amor de Deus.

23. Por que é essencial permanecer no amor de Deus?

23 Cada um de nós fará bem em perguntar-se: ‘Estou adorando a Deus do modo como ele especifica na Bíblia?’ Se nos esforçarmos diariamente nesse sentido, estaremos no rumo certo. Podemos confiar que Jeová é nosso refúgio. Ele manterá seu povo fiel a salvo durante os atribulados dias finais deste velho sistema mundial. Jeová também nos introduzirá com segurança no glorioso novo sistema, que rapidamente se aproxima. Quanta emoção sentiremos naquele dia! E quanto nos alegraremos de que fizemos as escolhas certas nos atuais últimos dias! Se você fizer tais escolhas agora, ganhará a “verdadeira vida”, a vida como Jeová sempre desejou que fosse — por toda a eternidade!

Saiba mais

PROGRAMA DE ESTUDO DA BÍBLIA

Por que estudar a Bíblia?

No mundo inteiro, milhões de pessoas encontram as respostas para as perguntas mais importantes da vida na Bíblia. Gostaria de ser uma dessas pessoas?