Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Português

Bíblia on-line | TRADUÇÃO DO NOVO MUNDO DA BÍBLIA SAGRADA (REVISÃO DE 2015)

Aos Romanos 9:1-33

CONTEÚDO DO LIVRO

  • Tristeza de Paulo por causa do Israel carnal (1-5)

  • Verdadeira descendência de Abraão (6-13)

  • A escolha de Deus não pode ser questionada (14-26)

    • Vasos da ira e de misericórdia (22, 23)

  • Apenas um restante será salvo (27-29)

  • Israel tropeçou (30-33)

9  Digo a verdade em Cristo; não estou mentindo, visto que a minha consciência dá testemunho comigo, em espírito santo:  tenho uma grande tristeza e uma dor incessante no coração.  Pois desejaria que eu mesmo fosse separado do Cristo como amaldiçoado em favor dos meus irmãos, meus parentes segundo a carne,  os israelitas. A eles pertencem a adoção como filhos,+ a glória, os pactos,+ a concessão da Lei,+ o serviço sagrado+ e as promessas.+  A eles pertencem os patriarcas+ e deles descendeu o Cristo segundo a carne.+ Deus, que está sobre tudo, seja louvado para sempre. Amém.  No entanto, não é que a palavra de Deus tenha falhado. Pois nem todos os que são descendentes de Israel são realmente “Israel”.+  Nem são todos eles filhos por serem descendência* de Abraão;+ em vez disso: “O que será chamado sua descendência* virá por meio de Isaque.”+  Quer dizer, os filhos na carne não são realmente os filhos de Deus,+ mas os filhos da* promessa+ é que são considerados a descendência.*  Pois a palavra da promessa era a seguinte: “Virei nesta época e Sara já terá um filho.”+ 10  Isso aconteceu não apenas naquela ocasião, mas também quando Rebeca concebeu filhos* de um só homem, Isaque, nosso antepassado;+ 11  pois, quando os filhos ainda não tinham nascido nem praticado nada de bom ou de ruim — a fim de que o propósito de Deus com respeito à escolha continuasse a depender não de obras, mas Daquele que chama —, 12  foi dito a ela: “O mais velho será escravo do mais novo.”+ 13  Assim como está escrito: “Amei a Jacó, mas odiei a Esaú.”+ 14  O que diremos então? Há injustiça da parte de Deus? Certamente que não!+ 15  Pois ele diz a Moisés: “Terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia, e terei compaixão de quem eu tiver compaixão.”+ 16  De modo que isso não depende da vontade da pessoa ou do seu esforço,* mas de Deus, que tem misericórdia.+ 17  Pois certa passagem das Escrituras diz a Faraó: “É exatamente por esta razão que deixei você permanecer: para que, no seu caso, eu mostre o meu poder e para que o meu nome seja declarado em toda a terra.”+ 18  Portanto, ele tem misericórdia de quem ele quer, mas deixa ficar obstinado a quem ele quer.+ 19  Você me dirá, então: “Por que ele ainda acusa as pessoas? Pois quem pode ir contra a vontade dele?” 20  Mas quem é você, ó homem, para discutir com Deus?+ Será que a coisa moldada diz àquele que a moldou: “Por que você me fez assim?”+ 21  O quê? Será que o oleiro não tem autoridade sobre o barro,+ para fazer da mesma massa um vaso para uso honroso e outro para uso desonroso? 22  Que diremos então se Deus, mesmo querendo demonstrar a sua ira e dar a conhecer o seu poder, tolerou com muita paciência os vasos da ira, preparados para a destruição? 23  E que dizer se ele fez isso a fim de dar a conhecer as riquezas da sua glória nos vasos de misericórdia,+ que ele preparou antecipadamente para glória, 24  isto é, em nós, a quem ele chamou não somente dentre os judeus, mas também dentre as nações?+ 25  É conforme ele diz também em Oseias: “Aos que não são meu povo,+ eu chamarei de ‘meu povo’; e àquela que não era amada, de ‘amada’.+ 26  E, no lugar onde foi dito a eles: ‘Vocês não são o meu povo’, ali serão chamados de ‘filhos do Deus vivente’.”+ 27  Além disso, Isaías clama a respeito de Israel: “Embora o número dos filhos de Israel seja como a areia do mar, apenas o restante será salvo.+ 28  Pois Jeová* exigirá uma prestação de contas dos habitantes da terra, de forma completa e sem demora.”*+ 29  Também, conforme Isaías predisse: “Se Jeová* dos exércitos não nos tivesse deixado uma descendência,* teríamos ficado como Sodoma, e nos teríamos tornado semelhantes a Gomorra.”+ 30  O que diremos então? O seguinte: pessoas das nações, embora não se empenhassem pela justiça, alcançaram a justiça,+ a justiça que resulta da fé;+ 31  mas Israel, embora se empenhasse por uma lei de justiça, não alcançou essa lei. 32  Por que não? Porque se empenharam por ela não por meio da fé, mas como se pudessem alcançá-la por meio de obras. Tropeçaram na “pedra de tropeço”,+ 33  conforme está escrito: “Vejam! Eu ponho em Sião uma pedra+ de tropeço e uma rocha que faz cair,* mas quem basear nela a sua fé não ficará decepcionado.”+

Notas

Lit.: “semente”.
Lit.: “semente”.
Ou: “pela”.
Lit.: “semente”.
Ou: “gêmeos”.
Lit.: “nem daquele que deseja, nem daquele que corre”.
Ou: “executando-a rapidamente”. Lit.: “concluindo e abreviando”.
Lit.: “semente”.
Ou: “rocha de ofensa”.