Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Português

Bíblia on-line | TRADUÇÃO DO NOVO MUNDO DA BÍBLIA SAGRADA (REVISÃO DE 2015)

Aos Romanos 4:1-25

CONTEÚDO DO LIVRO

  • Abraão declarado justo pela fé (1-12)

    • Abraão, pai dos que têm fé (11)

  • Promessa recebida por meio da fé (13-25)

4  Sendo assim, o que diremos que Abraão, nosso antepassado segundo a carne, obteve?  Por exemplo, se Abraão tivesse sido declarado justo em resultado de obras, ele teria razão para se orgulhar, mas não diante de Deus.  Pois o que diz certa passagem das Escrituras? “Abraão depositou fé em Jeová,* e isso lhe foi creditado como justiça.”+  Ora, o pagamento do homem que trabalha não é considerado como bondade imerecida, mas como algo que se deve a ele.*  Por outro lado, ao homem que não realiza obras, mas deposita fé Naquele que declara justo o ímpio, a sua fé é creditada como justiça.+  Da mesma forma, Davi também fala da felicidade do homem a quem Deus credita justiça independentemente de obras:  “Felizes aqueles cujos atos contra a lei foram perdoados e cujos pecados foram cobertos;*  feliz o homem cujo pecado Jeová* de modo algum levará em conta.”+  Será que essa felicidade, então, é somente para circuncisos, ou é também para incircuncisos?+ Pois dizemos: “A fé que Abraão tinha lhe foi creditada como justiça.”+ 10  Em que circunstâncias lhe foi creditada como justiça? Quando já estava circuncidado, ou quando era incircunciso? Ele ainda não havia sido circuncidado; era incircunciso. 11  E ele recebeu um sinal,+ isto é, a circuncisão, como selo* da justiça resultante da fé que tinha enquanto era incircunciso, para que ele fosse o pai de todos os que têm fé+ enquanto são incircuncisos, a fim de que se creditasse justiça a eles; 12  e para que ele fosse pai de descendência circuncisa, não só dos que praticam a* circuncisão, mas também dos que andam* nas pisadas da fé que nosso pai Abraão+ tinha enquanto era incircunciso. 13  Porque não foi por meio da Lei que Abraão ou sua descendência* receberam a promessa de que ele seria herdeiro de um mundo,+ mas foi por meio da justiça resultante da fé.+ 14  Pois, se os que confiam na* Lei são herdeiros, a fé se torna inútil e a promessa foi anulada. 15  Na realidade, a Lei produz a ira;+ mas, onde não há lei, também não há transgressão.+ 16  Por isso, a promessa vem por meio da fé, para que seja segundo a bondade imerecida,+ a fim de que esteja assegurada a toda a descendência* de Abraão,+ não somente aos que estão debaixo da* Lei, mas também aos que têm a* fé demonstrada por Abraão, que é o pai de todos nós.+ 17  (Como está escrito: “Eu fiz de você pai de muitas nações.”)+ Isso se deu à vista de Deus, em quem ele tinha fé, aquele que dá vida aos mortos e fala das coisas que não existem como se existissem.* 18  Embora estivesse além de esperança, mas baseando-se na esperança, ele teve fé em que se tornaria pai de muitas nações, de acordo com o que havia sido dito: “Assim será a sua descendência.”*+ 19  E, embora não enfraquecesse na fé, pensava no seu próprio corpo, então já como que morto (visto que ele tinha cerca de 100 anos de idade),+ e também no estado morto* do ventre de Sara.+ 20  No entanto, por causa da promessa de Deus, ele não vacilou com falta de fé; mas se tornou poderoso pela sua fé, dando glória a Deus, 21  plenamente convencido de que, aquilo que Ele havia prometido, também era capaz de fazer.+ 22  Portanto, “isso lhe foi creditado como justiça”.+ 23  No entanto, as palavras “isso lhe foi creditado” não foram escritas somente por causa dele,+ 24  mas também por nossa causa, a quem isso será creditado, porque cremos Naquele que levantou Jesus, nosso Senhor, dentre os mortos.+ 25  Ele foi entregue por causa das nossas falhas+ e foi levantado para que fôssemos declarados justos.+

Notas

Ou: “como uma dívida”.
Ou: “desculpados”.
Ou: “garantia; confirmação”.
Ou: “aderem à”.
Ou: “andam ordeiramente”.
Lit.: “semente”.
Ou: “aderem à”.
Lit.: “semente”.
Ou: “aderem à”.
Ou: “aderem à”.
Ou, possivelmente: “chama à existência o que não existe”.
Lit.: “semente”.
Ou: “na esterilidade”.