Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Português

Bíblia on-line | TRADUÇÃO DO NOVO MUNDO DA BÍBLIA SAGRADA (REVISÃO DE 2015)

Segundo Mateus 15:1-39

CONTEÚDO DO LIVRO

  • Expostas tradições de homens (1-9)

  • A impureza vem do coração (10-20)

  • Mulher fenícia mostra grande fé (21-28)

  • Jesus cura muitas doenças (29-31)

  • Jesus alimenta 4.000 (32-39)

15  Então alguns fariseus e escribas, vindos de Jerusalém,+ chegaram-se a Jesus, dizendo:  “Por que os seus discípulos transgridem a tradição dos homens dos tempos antigos? Por exemplo, não lavam* as mãos quando vão tomar uma refeição.”+  Em resposta, ele lhes disse: “E por que vocês transgridem o mandamento de Deus por causa da sua tradição?+  Por exemplo, Deus disse: ‘Honre seu pai e sua mãe’+ e ‘Quem amaldiçoar* seu pai ou sua mãe seja morto’.+  Mas vocês dizem: ‘Quem disser ao seu pai ou à sua mãe: “Tudo o que eu tenho que poderia beneficiá-lo é uma dádiva dedicada a Deus”,+  esse de modo algum precisa honrar seu pai.’ Assim vocês invalidaram a palavra de Deus por causa da sua tradição.+  Hipócritas! Isaías profetizou apropriadamente a respeito de vocês, quando disse:+  ‘Este povo me honra com os lábios, mas seu coração está muito longe de mim.  É em vão que continuam a me adorar, pois ensinam as regras de homens como doutrinas.’”+ 10  Com isso chamou a multidão para perto e lhes disse: “Escutem e compreendam o sentido disto:+ 11  Não é o que entra pela boca do homem que o torna impuro, mas é o que sai da boca que o torna impuro.”+ 12  Então, os discípulos vieram e lhe disseram: “Sabe que os fariseus tropeçaram ao ouvir o que o senhor disse?”+ 13  Ele respondeu: “Toda planta que o meu Pai celestial não tiver plantado será arrancada. 14  Não se preocupem com eles. Guias cegos é o que eles são. E, se um cego guiar outro cego, ambos cairão num buraco.”+ 15  Pedro respondeu: “Explique-nos a ilustração.” 16  Então ele disse: “Vocês também ainda estão sem entendimento?+ 17  Não percebem que tudo o que entra pela boca passa pelo estômago e é expelido para o esgoto? 18  No entanto, tudo o que sai da boca vem do coração, e essas coisas tornam o homem impuro.+ 19  Por exemplo, do coração vêm raciocínios maus,+ assassinatos, adultérios, imoralidade sexual,* roubos, falsos testemunhos, blasfêmias. 20  Essas são as coisas que tornam o homem impuro; mas tomar uma refeição sem lavar* as mãos não torna o homem impuro.” 21  Partindo dali, Jesus foi para a região de Tiro e Sídon.+ 22  E uma mulher fenícia que morava naquela região se aproximou e gritou: “Tenha misericórdia de mim, Senhor, Filho de Davi. Minha filha está possuída por um demônio que a atormenta cruelmente.”+ 23  Mas ele não lhe disse nenhuma palavra em resposta. De modo que seus discípulos vieram e lhe pediram: “Mande-a embora, porque ela continua a gritar atrás de nós.” 24  Ele respondeu: “Fui enviado apenas às ovelhas perdidas da casa de Israel.”+ 25  Mas a mulher veio e se curvou diante dele,* dizendo: “Senhor, ajude-me!” 26  Em resposta, ele disse: “Não é certo tirar o pão dos filhos e jogá-lo aos cachorrinhos.” 27  Ela disse: “Sim, Senhor, mas na verdade os cachorrinhos comem as migalhas que caem da mesa dos seus donos.”+ 28  Jesus respondeu: “Ó mulher, grande é a sua fé! Que lhe aconteça conforme você deseja.” E a filha dela ficou curada daquele momento em diante. 29  A seguir, Jesus partiu dali e foi para perto do mar da Galileia.+ Depois subiu ao monte e se sentou ali. 30  Então grandes multidões se aproximaram dele, trazendo mancos, aleijados, cegos, mudos e muitos outros, e os colocavam aos seus pés, e ele os curava.+ 31  Assim, a multidão ficou admirada de ver os mudos falar, os aleijados sarar, os mancos andar e os cegos ver; e glorificavam o Deus de Israel.+ 32  Mas Jesus chamou os seus discípulos e disse: “Tenho pena da multidão,+ porque já estão comigo há três dias, e eles não têm nada para comer. Eu não quero mandá-los embora com fome,* pois poderiam desfalecer na estrada.”+ 33  No entanto, os discípulos lhe perguntaram: “Onde vamos arranjar, neste lugar isolado, pães suficientes para satisfazer uma multidão deste tamanho?”+ 34  Com isso, Jesus lhes disse: “Quantos pães vocês têm?” Disseram: “Sete, e alguns peixinhos.” 35  Portanto, depois de mandar a multidão se sentar no chão, 36  pegou os sete pães e os peixes, e, depois de dar graças, partiu-os e começou a dá-los aos discípulos, e os discípulos os deram às multidões.+ 37  E todos comeram e ficaram satisfeitos, e recolheram sete cestos grandes,* cheios dos pedaços que sobraram.+ 38  Os que comeram foram 4.000 homens, além de mulheres e crianças. 39  Por fim, depois de dispensar as multidões, entrou no barco e chegou à região de Magadã.+

Notas

Isto é, não purificam cerimonialmente.
Ou: “injuriar; insultar”.
Aqui a palavra grega porneía ocorre no plural. Veja o Glossário.
Isto é, sem purificar cerimonialmente.
Ou: “lhe prestou homenagem”.
Ou: “em jejum”.
Ou: “cestos de provisões”.