Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Português

Bíblia on-line | TRADUÇÃO DO NOVO MUNDO DA BÍBLIA SAGRADA (REVISÃO DE 2015)

Segundo Marcos 7:1-37

CONTEÚDO DO LIVRO

  • Expostas tradições de homens (1-13)

  • A impureza vem do coração (14-23)

  • Fé da mulher siro-fenícia (24-30)

  • Um surdo é curado (31-37)

7  Então os fariseus e alguns dos escribas que tinham chegado de Jerusalém se reuniram em volta dele.+  E eles viram alguns dos discípulos dele tomar a refeição com mãos impuras, isto é, sem lavá-las.*  (Pois os fariseus e todos os judeus não comem sem lavar as mãos até os cotovelos, apegando-se à tradição dos homens dos tempos antigos,  e, ao voltar do mercado, não comem sem se lavar. Há muitas outras tradições que eles receberam e às quais se apegam, como batismos de copos, de jarros e de vasilhas de cobre.)+  Então esses fariseus e escribas lhe perguntaram: “Por que os seus discípulos não seguem a tradição dos homens dos tempos antigos, mas tomam a refeição com mãos impuras?”+  Ele lhes disse: “Isaías profetizou apropriadamente a respeito de vocês, hipócritas, como está escrito: ‘Este povo me honra com os lábios, mas seu coração está muito longe de mim.+  É em vão que continuam a me adorar, pois ensinam as regras de homens como doutrinas.’+  Vocês abandonam o mandamento de Deus e se apegam à tradição de homens.”+  Ele lhes disse ainda: “Vocês sabem muito bem como pôr de lado o mandamento de Deus, a fim de manter a sua tradição.+ 10  Por exemplo, Moisés disse: ‘Honre seu pai e sua mãe’+ e ‘Quem amaldiçoar* seu pai ou sua mãe seja morto’.+ 11  Mas vocês dizem: ‘Se um homem diz ao seu pai ou à sua mãe: “Tudo o que eu tenho que poderia beneficiá-lo é corbã (isto é, uma dádiva dedicada a Deus)”’, 12  vocês não o deixam mais fazer nem uma única coisa para seu pai ou para sua mãe.+ 13  Assim vocês invalidam a palavra de Deus pela tradição que transmitiram.+ E fazem muitas coisas como essa.”+ 14  E, chamando novamente a multidão, ele lhes disse: “Escutem-me, todos vocês, e compreendam o significado do que eu digo.+ 15  Não há nada fora de um homem que, entrando nele, possa torná-lo impuro; mas as coisas que saem do homem são as que o tornam impuro.”+ 16  *—— 17  Então, depois de ele se afastar da multidão e entrar numa casa, seus discípulos lhe perguntaram sobre a ilustração.+ 18  De modo que lhes perguntou: “Vocês também estão sem entendimento, como eles? Não percebem que nada de fora que entre num homem pode torná-lo impuro, 19  visto que entra, não no seu coração, mas no seu estômago, e sai para o esgoto?” Assim ele declarou puros todos os alimentos. 20  Além disso, ele disse: “O que sai do homem é o que o torna impuro.+ 21  Pois, de dentro, do coração dos homens,+ saem raciocínios prejudiciais, imoralidade sexual,* roubos, assassinatos, 22  adultérios, ganância, maldades, engano, conduta insolente,* olho invejoso, blasfêmia, arrogância e insensatez. 23  Todas essas coisas más saem de dentro e tornam o homem impuro.” 24  Ele se levantou e foi para a região de Tiro e Sídon.+ Ali, entrou numa casa e não quis que ninguém soubesse, mas não pôde passar despercebido. 25  Logo uma mulher cuja filhinha tinha um espírito impuro ouviu falar dele e foi até lá, e se prostrou aos seus pés.+ 26  A mulher era grega, de nacionalidade siro-fenícia,* e ela lhe pedia com insistência que expulsasse da sua filha o demônio. 27  Mas ele lhe disse: “Deixe primeiro os filhos ficarem satisfeitos, pois não é certo tirar o pão dos filhos e jogá-lo aos cachorrinhos.”+ 28  Ela, porém, lhe respondeu: “Sim, senhor; no entanto, até os cachorrinhos debaixo da mesa comem as migalhas que as criancinhas deixam cair.” 29  Com isso, ele lhe disse: “Por causa da sua resposta, vá; o demônio saiu da sua filha.”+ 30  Assim, ela foi para casa e encontrou a criancinha deitada na cama, e o demônio a tinha deixado.+ 31  Quando Jesus voltou da região de Tiro, passou por Sídon e foi para o mar da Galileia, atravessando a região de Decápolis.*+ 32  Ali, levaram-lhe um surdo que tinha um impedimento na fala+ e suplicaram-lhe que pusesse a mão sobre ele. 33  E ele o levou à parte, longe da multidão. Então pôs os dedos nos ouvidos do homem e, depois de cuspir, tocou na língua dele.+ 34  Olhando para o céu, suspirou profundamente e lhe disse: “Efatá”, isto é: “Abra-se.” 35  Com isso, seus ouvidos se abriram+ e seu impedimento na fala foi removido, e ele começou a falar normalmente. 36  Então lhes ordenou que não contassem isso a ninguém,+ mas, quanto mais ordenava, mais proclamavam o acontecido.+ 37  De fato, estavam extremamente admirados+ e diziam: “Ele faz bem todas as coisas. Faz até os surdos ouvir e os mudos falar.”+

Notas

Isto é, não purificadas cerimonialmente.
Ou: “injuriar; insultar”.
Aqui a palavra grega porneía ocorre no plural. Veja o Glossário.
Ou: “conduta desavergonhada”. Em grego, asélgeia. Veja o Glossário.
Ou: “siro-fenícia de nascimento”.
Ou: “a região das Dez Cidades”.