Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Português

Bíblia on-line | TRADUÇÃO DO NOVO MUNDO DA BÍBLIA SAGRADA (REVISÃO DE 2015)

Segundo Lucas 24:1-53

CONTEÚDO DO LIVRO

  • Jesus é ressuscitado (1-12)

  • Na estrada para Emaús (13-35)

  • Jesus aparece aos discípulos (36-49)

  • Jesus sobe ao céu (50-53)

24  No primeiro dia da semana, porém, elas chegaram bem cedo ao túmulo,* levando os aromas que tinham preparado.+  Mas viram que a pedra da entrada do túmulo* havia sido rolada+  e, quando entraram, não acharam o corpo do Senhor Jesus.+  Enquanto estavam perplexas com isso, dois homens de roupa brilhante apareceram ao lado delas.  As mulheres ficaram com medo e mantiveram a cabeça voltada para o chão; então os homens lhes disseram: “Por que estão procurando entre os mortos aquele que está vivo?+  Ele não está aqui, mas foi levantado. Lembrem-se de que, enquanto ainda estava na Galileia, ele lhes disse  que o Filho do Homem tinha de ser entregue a pecadores, ser morto na estaca e no terceiro dia ser levantado.”+  E elas se lembraram das palavras dele;+  então voltaram do túmulo* e contaram todas essas coisas aos Onze e a todos os demais.+ 10  Eram Maria Madalena, Joana e Maria, mãe de Tiago. Também as outras mulheres com elas contaram essas coisas aos apóstolos. 11  No entanto, essas declarações pareciam tolice para eles, e eles se recusavam a acreditar nas mulheres. 12  Mas Pedro se levantou e correu para o túmulo;* e, inclinando-se para a frente, viu somente os panos de linho. Assim, ele foi embora, perguntando-se o que poderia ter ocorrido. 13  Mas aconteceu, naquele mesmo dia, que dois deles estavam viajando para uma aldeia chamada Emaús, a cerca de 11 quilômetros* de Jerusalém, 14  e estavam conversando sobre todas as coisas que tinham acontecido. 15  Enquanto conversavam e discutiam essas coisas, o próprio Jesus se aproximou e começou a andar com eles, 16  mas os olhos deles foram impedidos de reconhecê-lo.+ 17  Ele lhes perguntou: “Sobre o que é que vocês estão conversando* enquanto caminham?” E eles pararam, com o rosto triste. 18  Em resposta, aquele chamado Cléopas lhe disse: “Será que você é um estrangeiro que vive sozinho em Jerusalém e não sabe* das coisas que ocorreram lá nestes dias?” 19  Ele lhes perguntou: “Que coisas?” Responderam: “As coisas a respeito de Jesus, o Nazareno,+ que foi um profeta poderoso em ações e palavras perante Deus e todo o povo;+ 20  e os nossos principais sacerdotes e os nossos líderes o entregaram para ser condenado à morte+ e o pregaram na estaca. 21  Mas nós esperávamos que esse homem fosse aquele que ia livrar Israel.+ E além de tudo isso, este já é o terceiro dia desde que essas coisas ocorreram. 22  Também, algumas mulheres entre nós nos deixaram pasmados, porque foram cedo ao túmulo*+ 23  e, quando não acharam o corpo dele, voltaram dizendo que haviam tido também uma visão sobrenatural de anjos, que disseram que ele está vivo. 24  Então, alguns dos que estavam conosco foram ao túmulo*+ e encontraram tudo exatamente como as mulheres tinham dito, mas não o viram.” 25  Assim, ele lhes disse: “Como vocês são insensatos e demoram a* crer em todas as coisas faladas pelos profetas! 26  Não era necessário que o Cristo sofresse essas coisas+ e entrasse na sua glória?”+ 27  E, começando por Moisés e por todos os Profetas,+ interpretou-lhes as coisas a respeito de si mesmo em todas as Escrituras. 28  Por fim chegaram perto da aldeia para a qual viajavam, e ele fez como se fosse viajar para mais longe. 29  Mas eles insistiram que ele ficasse, dizendo: “Fique conosco, porque já está anoitecendo e o dia está quase terminando.” Em vista disso, entrou para ficar com eles. 30  E, enquanto estava comendo* com eles, pegou o pão, deu graças,* partiu-o e começou a dá-lo a eles.+ 31  Com isso os olhos deles foram plenamente abertos e eles o reconheceram; mas ele desapareceu de diante deles.+ 32  E disseram um ao outro: “Não sentíamos arder o coração dentro de nós quando ele nos falava na estrada, ao nos abrir plenamente* as Escrituras?” 33  Eles se levantaram então naquela mesma hora, voltaram a Jerusalém e encontraram os Onze e os que estavam com eles reunidos; 34  estavam dizendo: “De fato, o Senhor foi levantado e apareceu a Simão!”+ 35  Então contaram o que tinha acontecido na estrada e como eles o reconheceram quando ele partiu o pão.+ 36  Enquanto ainda falavam dessas coisas, o próprio Jesus apareceu no meio deles e lhes disse: “Que a paz esteja com vocês.”+ 37  Mas eles, espantados e com medo, pensaram que estavam vendo um espírito. 38  De modo que ele lhes disse: “Por que estão aflitos e por que surgem dúvidas no seu coração? 39  Vejam minhas mãos e meus pés, que sou eu mesmo. Toquem-me e vejam, pois um espírito não tem carne nem ossos assim como vocês veem que eu tenho.” 40  E, ao dizer isso, mostrou-lhes as mãos e os pés. 41  Mas eles ainda não acreditavam, de tanta alegria e surpresa. Então ele lhes disse: “Vocês têm aqui algo para comer?” 42  Então lhe entregaram um pedaço de peixe assado, 43  e ele o pegou e comeu diante dos olhos deles. 44  Ele lhes disse então: “Estas são as minhas palavras, que lhes falei enquanto ainda estava com vocês,+ que todas as coisas escritas a meu respeito na Lei de Moisés, nos Profetas e nos Salmos têm de se cumprir.”+ 45  Então ele abriu a mente deles para que compreendessem o significado das Escrituras+ 46  e lhes disse: “Está escrito que o Cristo sofreria e no terceiro dia seria levantado dentre os mortos,+ 47  e que, em seu nome, se pregaria arrependimento para o perdão de pecados+ em todas as nações,+ começando por Jerusalém.+ 48  Vocês serão testemunhas dessas coisas.+ 49  E saibam que enviarei sobre vocês o que foi prometido pelo meu Pai. Vocês, porém, permaneçam na cidade até serem revestidos de poder vindo do alto.”+ 50  Então ele os levou para fora, até Betânia, ergueu as mãos e os abençoou. 51  Enquanto os abençoava, foi separado deles e levado para o céu.+ 52  E se curvaram diante dele* e voltaram para Jerusalém com grande alegria.+ 53  E estavam constantemente no templo, louvando a Deus.+

Notas

Ou: “túmulo memorial”.
Ou: “túmulo memorial”.
Ou: “túmulo memorial”.
Ou: “túmulo memorial”.
Lit.: “60 estádios”. Um estádio equivalia a 185 m. Veja Ap. B14.
Ou: “discutindo”.
Ou, possivelmente: “Será que você é o único visitante em Jerusalém que não sabe”.
Ou: “túmulo memorial”.
Ou: “túmulo memorial”.
Ou: “e lentos de coração para”.
Ou: “recostado à mesa”.
Ou: “o abençoou”.
Ou: “explicar claramente”.
Ou: “lhe prestaram homenagem”.