Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Português

Bíblia on-line | TRADUÇÃO DO NOVO MUNDO DA BÍBLIA SAGRADA (REVISÃO DE 2015)

Jeremias 6:1-30

CONTEÚDO DO LIVRO

  • Cerco de Jerusalém está próximo (1-9)

  • Furor de Jeová sobre Jerusalém (10-21)

    • Dizem: “Paz!” quando não há paz (14)

  • Invasores cruéis vêm do norte (22-26)

  • Jeremias servirá como examinador de metal (27-30)

6  Procurem refúgio, filhos de Benjamim, longe de Jerusalém; Toquem a buzina+ em Tecoa.+Acendam um sinal de fogo sobre Bete-Haquerém, Pois se aproxima uma calamidade vinda do norte, uma catástrofe.+   A filha de Sião parece uma mulher bela e delicada.+   Os pastores e seus rebanhos virão. Armarão suas tendas ao redor dela,+E cada um levará seu rebanho para pastar.+   “Preparem-se para* a guerra contra ela! Vamos! Ataquemos ao meio-dia!” “Que pena! Pois o dia está chegando ao fim,E as sombras do anoitecer estão se estendendo.”   “Vamos! Ataquemos durante a noiteE destruamos as suas torres fortificadas.”+   Pois assim diz Jeová dos exércitos: “Cortem madeira e levantem uma rampa de ataque contra Jerusalém.+ Ela é a cidade que tem de prestar contas.Só há opressão dentro dela.+   Assim como a cisterna mantém a água fresca,Assim ela mantém fresca a sua maldade. Ouve-se nela violência e destruição;+Doença e praga estão constantemente diante de mim.   Acate o aviso, Jerusalém, senão eu ficarei* com aversão de você e a abandonarei,+E farei de você uma terra desolada e desabitada.”+   Assim diz Jeová dos exércitos: “Eles respigarão completamente o restante de Israel como se faz com as últimas uvas de uma videira. Passe a mão novamente nas videiras, como faz aquele que colhe uvas.” 10  “A quem devo falar e advertir? Quem ouvirá? Eles estão com os ouvidos tapados,* por isso são incapazes de prestar atenção.+ A palavra de Jeová se tornou para eles algo desprezível;+Eles não têm prazer nela. 11  Por isso o furor de Jeová que está dentro de mim transborda,Não aguento mais contê-lo.”+ “Derrame-o sobre a criança na rua+E sobre os jovens reunidos. Pois todos serão apanhados: o homem junto com sua esposa,E os idosos junto com os de idade bem avançada.*+ 12  Suas casas serão entregues a outros,Junto com seus campos e suas esposas.+ Pois estenderei minha mão contra os habitantes do país”, diz Jeová. 13  “Desde o menor até o maior deles, todos obtêm lucro desonesto;+Desde o profeta até o sacerdote, todos cometem fraudes.+ 14  E tratam superficialmente as feridas* do meu povo, dizendo:‘Há paz! Há paz!’ Quando não há paz.+ 15  Será que eles se envergonham das coisas detestáveis que fizeram? Eles não sentem a menor vergonha! Nem mesmo sabem o que é sentir vergonha!+ Por isso cairão entre os que já caíram. Tropeçarão quando eu trouxer punição sobre eles”, diz Jeová. 16  Assim diz Jeová: “Parem nos cruzamentos das estradas e observem. Perguntem pelas estradas antigas,Perguntem onde está o bom caminho e andem nele,+E vocês* acharão descanso.” Mas eles dizem: “Não vamos andar nele.”+ 17  “E eu designei vigias,+ que disseram:‘Prestem atenção ao som da buzina!’”+ Mas eles disseram: “Não vamos prestar atenção.”+ 18  “Portanto ouçam, ó nações! E fique sabendo, ó assembleia,O que acontecerá com eles. 19  Escute, ó terra! Estou trazendo calamidade sobre esse povo,+Como fruto das suas próprias tramas,Pois eles não prestaram atenção às minhas palavras,E rejeitaram a minha lei.”* 20  “Que me importa se você traz olíbano desde SabáE cálamo* desde uma terra distante? Suas ofertas queimadas não são aceitáveis,E seus sacrifícios não me agradam.”+ 21  Portanto, assim diz Jeová: “Vou pôr pedras de tropeço diante desse povo,E eles tropeçarão nelas,Pais e filhos juntos,Vizinhos e amigos,E todos eles morrerão.”+ 22  Assim diz Jeová: “Vejam! Um povo está vindo da terra do norte;Uma grande nação está sendo despertada das partes mais distantes da terra.+ 23  Eles segurarão arcos e lanças. São cruéis e não terão misericórdia. A voz deles ressoará como o mar,Ao virem montados em cavalos.+ Eles vêm contra ti como guerreiros em formação de batalha, ó filha de Sião.” 24  Ouvimos a notícia a respeito disso. Nossas mãos enfraqueceram.+Fomos tomados de aflição,De angústia,* como a de uma mulher que está dando à luz.+ 25  Não saia para o campoNem ande pelas estradas,Pois o inimigo tem uma espada;Há terror em toda a parte. 26  Ó filha do meu povo,Vista-se com pano de saco+ e role em cinzas. Fique de luto e chore amargamente como se tivesse perdido um filho único.+Pois de repente o destruidor virá sobre nós.+ 27  “Fiz de você* um examinador de metal entre o meu povo,Alguém que faz uma análise completa;Preste atenção e avalie o caminho deles. 28  Eles são os homens mais obstinados que existem,+E vivem espalhando calúnias.+ São como cobre e ferro;Todos eles são corruptos. 29  Os foles ficaram chamuscados; O fogo só produziu chumbo. O refinador trabalha arduamente em vão,+Pois os maus não foram eliminados.+ 30  As pessoas certamente os chamarão de prata rejeitada,Pois Jeová os rejeitou.”+

Notas

Lit.: “Santifiquem”.
Ou: “a minha alma ficará”.
Lit.: “Seu ouvido é incircunciso”.
Lit.: “os cheios de dias”.
Ou: “a fratura; o quebrantamento”.
Ou: “E suas almas”.
Ou: “instrução”.
Uma cana aromática.
Lit.: “dores de parto”.
Isto é, de Jeremias.