Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Português

Bíblia on-line | TRADUÇÃO DO NOVO MUNDO DA BÍBLIA SAGRADA (REVISÃO DE 2015)

Ezequiel 18:1-32

CONTEÚDO DO LIVRO

  • Cada um é responsável pelos seus próprios pecados (1-32)

    • A alma que pecar morrerá (4)

    • O filho não pagará pelo pecado do pai (19, 20)

    • Deus não tem prazer na morte dos maus (23)

    • Arrependimento resulta em vida (27, 28)

18  Então recebi novamente a palavra de Jeová:  “O que significa este provérbio que vocês citam na terra de Israel: ‘Os pais comeram uvas azedas, mas foram os filhos que ficaram com o gosto azedo na boca’?*+  “‘Tão certo como eu vivo’, diz o Soberano Senhor Jeová, ‘vocês não citarão mais esse provérbio em Israel.  Pois todas as almas* pertencem a mim. Tanto a alma do pai como a alma do filho pertencem a mim. A alma* que pecar é a que morrerá.  “‘Suponhamos que um homem seja justo e faça o que é justo e certo.  Ele não come sacrifícios idólatras nos montes;+ não ergue os olhos para os ídolos repugnantes* da casa de Israel; não comete adultério com* a esposa do próximo+ nem tem relações com uma mulher menstruada;+  não maltrata a ninguém;+ em vez disso, devolve o que toma dos seus devedores como garantia;+ não rouba a ninguém;+ em vez disso, dá seu próprio alimento aos famintos+ e veste os que não têm roupa;+  não empresta cobrando juros nem visando lucro;+ em vez disso, recusa-se a agir com injustiça;+ julga com justiça as questões entre um homem e outro;+  sempre anda nos meus decretos e obedece às minhas decisões judiciais, para agir com fidelidade. Tal homem é justo e com certeza continuará vivo’,+ diz o Soberano Senhor Jeová. 10  “‘Mas suponhamos que ele tenha um filho que é ladrão,+ assassino,*+ ou faz alguma dessas outras coisas 11  (apesar de o pai nunca ter feito nada disso). Ele come sacrifícios idólatras nos montes, comete adultério com* a esposa do próximo, 12  maltrata o necessitado e o pobre,+ rouba, não devolve o que toma dos seus devedores como garantia, ergue os olhos para os ídolos repugnantes,+ pratica coisas detestáveis+ 13  e empresta cobrando juros e visando lucro.+ Esse filho não continuará vivo. Por causa de todas essas coisas detestáveis que fez, ele com certeza será morto. Seu sangue recairá sobre si próprio. 14  “‘Por outro lado, suponhamos que um pai tenha um filho que vê todos os pecados que seu pai comete e, apesar de vê-los, não faz essas coisas. 15  Ele não come sacrifícios idólatras nos montes, não ergue os olhos para os ídolos repugnantes da casa de Israel, não comete adultério com* a esposa do próximo, 16  não maltrata a ninguém, não se apodera do que toma dos seus devedores como garantia, não rouba, dá seu próprio alimento aos famintos e veste os que não têm roupa, 17  não oprime os pobres e não empresta cobrando juros nem visando lucro, cumpre as minhas decisões judiciais e anda nos meus decretos. Tal homem não morrerá por causa do erro do seu pai. Ele com certeza continuará vivo. 18  Mas, visto que seu pai praticou fraude, roubou seu irmão e fez o que é errado no meio do seu povo, ele morrerá por causa do seu erro. 19  “‘Mas vocês perguntarão: “Por que o filho não leva a culpa pelo erro do pai?” Visto que o filho fez o que é justo e certo, guardou todos os meus decretos e obedeceu a eles, ele com certeza continuará vivo.+ 20  A alma* que pecar é a que morrerá.+ O filho não levará a culpa pelo erro do pai, e o pai não levará a culpa pelo erro do filho. A justiça daquele que é justo será contada somente a favor dele mesmo, e a maldade daquele que é mau será contada somente contra ele mesmo.+ 21  “‘Agora, se aquele que é mau abandonar todos os pecados que cometeu, guardar todos os meus decretos e fizer o que é justo e certo, ele com certeza continuará vivo. Não morrerá.+ 22  Ele não terá de responder por nenhuma das transgressões que cometeu.*+ Ele continuará vivo por fazer o que é justo.’+ 23  “‘Por acaso eu tenho algum prazer na morte de uma pessoa má?’+ diz o Soberano Senhor Jeová. ‘Não prefiro que ele abandone os seus caminhos e continue vivo?’+ 24  “‘Por outro lado, se um justo abandonar a sua justiça e fizer o que é errado,* fazendo todas as coisas detestáveis que os maus fazem, será que vai continuar vivo? Nenhum dos seus atos justos será lembrado.+ Por causa da sua infidelidade e do seu pecado, ele morrerá.+ 25  “‘Mas vocês dirão: “O caminho de Jeová é injusto.”+ Escutem, por favor, ó casa de Israel! Será que é o meu caminho que é injusto?+ Não são os seus caminhos que são injustos?+ 26  “‘Se um justo abandonar a sua justiça, fizer o que é errado e morrer, será por causa do seu próprio erro que ele morrerá. 27  “‘E, se aquele que é mau abandonar a maldade que praticou e passar a fazer o que é justo e certo, ele preservará a sua própria vida.*+ 28  Se ele se der conta de todas as transgressões que cometeu e as abandonar, ele com certeza continuará vivo. Não morrerá. 29  “‘Mas a casa de Israel dirá: “O caminho de Jeová é injusto.” São realmente os meus caminhos que são injustos, ó casa de Israel?+ Não são os seus caminhos que são injustos?’ 30  “‘Portanto, julgarei a cada um de vocês conforme os seus caminhos,+ ó casa de Israel’, diz o Soberano Senhor Jeová. ‘Abandonem, sim, abandonem completamente todas as suas transgressões, para que elas não sejam uma pedra de tropeço, trazendo culpa sobre vocês. 31  Livrem-se de todas as transgressões que vocês cometeram,+ e desenvolvam* um novo coração e um novo espírito.+ Afinal, por que vocês deveriam morrer,+ ó casa de Israel?’ 32  “‘Eu não tenho prazer na morte de ninguém’,+ diz o Soberano Senhor Jeová. ‘Portanto, deem meia-volta e vivam.’”+

Notas

Lit.: “mas os dentes dos filhos ficaram embotados”.
Ou: “vidas”. Veja o Glossário, “Alma”.
Ou: “pessoa”. Veja o Glossário, “Alma”.
O termo hebraico talvez esteja relacionado a uma palavra para “esterco” e é usado como expressão de desprezo.
Lit.: “não avilta”.
Lit.: “derramador de sangue”.
Lit.: “avilta”.
Lit.: “não avilta”.
Ou: “pessoa”.
Ou: “Nenhuma das transgressões que cometeu será lembrada contra ele.”
Ou: “fizer injustiça”.
Ou: “alma”. Veja o Glossário, “Alma”.
Lit.: “façam para si”.