Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Português

Bíblia on-line | TRADUÇÃO DO NOVO MUNDO DA BÍBLIA SAGRADA (REVISÃO DE 2015)

Atos dos Apóstolos 9:1-43

CONTEÚDO DO LIVRO

  • Saulo a caminho de Damasco (1-9)

  • Ananias enviado para ajudar Saulo (10-19a)

  • Saulo prega sobre Jesus em Damasco (19b-25)

  • Saulo vai a Jerusalém (26-31)

  • Pedro cura Eneias (32-35)

  • A generosa Dorcas é ressuscitada (36-43)

9  Saulo, porém, respirando ainda ameaça e morte contra os discípulos do Senhor,+ foi ao sumo sacerdote  e lhe pediu cartas dirigidas às sinagogas em Damasco, a fim de que pudesse levar amarrados para Jerusalém todos os que encontrasse que pertenciam ao Caminho,+ tanto homens como mulheres.  Durante a viagem, quando ele se aproximava de Damasco, de repente brilhou em volta dele uma luz vinda do céu,+  e ele caiu no chão e ouviu uma voz lhe dizer: “Saulo, Saulo, por que você me persegue?”  Ele perguntou: “Quem é o senhor?” Ele respondeu: “Eu sou Jesus,+ a quem você persegue.+  Mas levante-se, entre na cidade, e lá dirão a você o que deve fazer.”  E os homens que viajavam com ele ficaram parados sem fala e realmente ouviram o som de uma voz, mas não viram ninguém.+  Saulo então se levantou do chão, e, embora seus olhos estivessem abertos, não conseguia ver nada. De modo que o pegaram pela mão e o levaram a Damasco.  Ele não viu nada por três dias,+ e não comeu nem bebeu. 10  Em Damasco havia um discípulo chamado Ananias,+ e o Senhor lhe disse numa visão: “Ananias!” Ele respondeu: “Aqui estou, Senhor.” 11  O Senhor lhe disse: “Prepare-se e vá à rua chamada Direita; na casa de Judas, procure um homem chamado Saulo, de Tarso.+ Pois agora mesmo ele está orando 12  e, numa visão, viu um homem chamado Ananias entrar e pôr as mãos sobre ele, para que recuperasse a vista.”+ 13  Mas Ananias respondeu: “Senhor, eu ouvi muitos falarem desse homem, de todo o mal que ele fez aos seus santos em Jerusalém. 14  E aqui ele tem autoridade dada pelos principais sacerdotes para prender* a todos os que invocam o nome do senhor.”+ 15  Mas o Senhor lhe disse: “Vá, porque esse homem é para mim um vaso escolhido+ para levar o meu nome às nações,+ bem como a reis+ e aos filhos de Israel. 16  Pois eu mostrarei claramente a ele quantas coisas ele terá de sofrer pelo meu nome.”+ 17  Assim, Ananias foi; entrou na casa, pôs as mãos sobre ele e disse: “Saulo, irmão, o Senhor Jesus, que lhe apareceu na estrada por onde você vinha, me enviou para que você recupere a vista e fique cheio de espírito santo.”+ 18  Imediatamente caíram dos olhos dele o que pareciam escamas, e ele recuperou a vista. Ele então se levantou, foi batizado, 19  se alimentou e recuperou as forças. Ele ficou alguns dias com os discípulos em Damasco+ 20  e imediatamente, nas sinagogas, começou a pregar sobre Jesus, que ele é o Filho de Deus. 21  Mas todos os que o ouviam ficavam pasmados, e diziam: “Não é este o homem que perseguia ferozmente em Jerusalém os que invocavam esse nome?+ Ele não veio para cá com o objetivo de prendê-los e levá-los* aos principais sacerdotes?”+ 22  No entanto, Saulo se fortalecia cada vez mais e deixava perplexos os judeus que moravam em Damasco, ao provar de forma lógica que Jesus é o Cristo.+ 23  Então, depois de se passarem muitos dias, os judeus tramaram matá-lo.+ 24  No entanto, Saulo ficou sabendo dessa trama contra ele. Eles também vigiavam atentamente os portões, dia e noite, a fim de matá-lo. 25  De modo que seus discípulos o levaram e, de noite, o fizeram descer num cesto por uma abertura na muralha.+ 26  Ao chegar a Jerusalém,+ ele tentou se juntar aos discípulos, mas todos estavam com medo dele, porque não acreditavam que fosse discípulo. 27  De modo que Barnabé+ foi ajudá-lo e o levou aos apóstolos; então lhes contou em detalhes como, na estrada, Saulo tinha visto o Senhor,+ como o Senhor tinha falado com ele, e como em Damasco Saulo havia falado corajosamente no nome de Jesus.+ 28  Então Saulo permaneceu com eles, andando livremente* em Jerusalém e falando corajosamente no nome do Senhor. 29  Ele falava e discutia com os judeus de língua grega, mas estes tentavam matá-lo.+ 30  Quando os irmãos descobriram isso, levaram-no para baixo, a Cesareia, e o enviaram a Tarso.+ 31  Então a congregação por toda a Judeia, Galileia e Samaria+ entrou num período de paz, e era edificada. E, como andava no temor de Jeová* e no consolo do espírito santo,+ se multiplicava. 32  Visto que Pedro estava viajando por toda a região, desceu também para visitar os santos que moravam em Lida.+ 33  Ali ele encontrou um homem chamado Eneias, que já por oito anos estava confinado à cama, pois era paralítico. 34  Pedro lhe disse: “Eneias, Jesus Cristo cura você.+ Levante-se e arrume a sua cama.”+ Ele se levantou imediatamente. 35  Quando todos os que moravam em Lida e na planície de Sarom o viram, converteram-se ao Senhor. 36  Em Jope havia uma discípula chamada Tabita, nome que traduzido é Dorcas.* Eram muitas as boas obras que ela fazia e a ajuda que dava aos pobres.* 37  Mas naqueles dias ela adoeceu e morreu. Então a lavaram e a colocaram numa sala do andar de cima. 38  Como Jope ficava perto de Lida, quando os discípulos ouviram que Pedro estava nesta cidade, enviaram a ele dois homens para lhe pedir: “Por favor, venha sem demora.” 39  Em vista disso, Pedro se aprontou e foi com eles. Ao chegar, levaram-no à sala do andar de cima, e todas as viúvas o rodearam, chorando e mostrando muitas capas* e outras roupas que Dorcas havia feito enquanto estava com elas. 40  Pedro mandou então que todos saíssem+ e, ajoelhando-se, orou. Depois, virando-se para o corpo, disse: “Tabita, levante-se!” Ela abriu os olhos e, ao ver Pedro, se sentou.+ 41  Pegando-a pela mão, ele a levantou; então chamou os santos e as viúvas, e a apresentou viva.+ 42  Toda a cidade de Jope soube disso, e muitos se tornaram crentes no Senhor.+ 43  E ele ficou muitos dias em Jope, com um curtidor de couro chamado Simão.+

Notas

Lit.: “acorrentar; pôr em correntes”.
Lit.: “de levá-los acorrentados”.
Lit.: “entrando e saindo”.
Tanto o nome grego Dorcas como o nome aramaico Tabita significam “gazela”.
Ou: “e as suas dádivas de misericórdia”. Veja o Glossário, “Dádivas de misericórdia”.
Ou: “roupas exteriores”.