Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Português

Bíblia on-line | TRADUÇÃO DO NOVO MUNDO DA BÍBLIA SAGRADA (REVISÃO DE 2015)

Atos 5:1-42

CONTEÚDO DO LIVRO

  • Ananias e Safira (1-11)

  • Apóstolos realizam muitos sinais (12-16)

  • Presos e libertados (17-21a)

  • Levados novamente perante o Sinédrio (21b-32)

    • ‘Obedecer a Deus em vez de a homens’ (29)

  • Conselho de Gamaliel (33-40)

  • Pregação de casa em casa (41, 42)

5  No entanto, um homem chamado Ananias, junto com Safira, sua esposa, vendeu uma propriedade.  Mas ele secretamente ficou com parte do valor, com o conhecimento de sua esposa. Então, pegou o restante e o colocou aos pés dos apóstolos.+  Mas Pedro disse: “Ananias, como Satanás levou você a mentir+ de forma descarada ao espírito santo+ e ficar secretamente com parte do valor do campo?  O campo não era seu antes de você o vender? E, depois de ter sido vendido, o valor não ficou sob o seu controle? Por que você tramou no coração fazer uma coisa dessas? Você mentiu não a homens, mas a Deus.”  Ao ouvir essas palavras, Ananias caiu e morreu. E todos os que souberam disso ficaram com muito medo.  Então os mais jovens se levantaram e o enrolaram em panos; em seguida o levaram para fora e o enterraram.  Cerca de três horas depois, a esposa dele entrou, sem saber o que tinha acontecido.  Pedro lhe perguntou: “Diga-me: Vocês dois venderam o campo por tanto?” Ela respondeu: “Sim, por esse valor.”  Assim, Pedro lhe disse: “Por que vocês dois concordaram em pôr à prova o espírito de Jeová?* Os pés daqueles que enterraram seu marido estão à porta; eles a levarão para fora.” 10  Ela caiu instantaneamente aos pés dele e morreu. Quando os jovens entraram, encontraram-na morta; então a levaram para fora e a enterraram ao lado do marido. 11  Assim, toda a congregação e todos os que ouviram falar sobre isso ficaram com muito medo. 12  Além disso, pelas mãos dos apóstolos continuavam a ocorrer muitos sinais e milagres* entre o povo;+ e todos se reuniam no Pórtico* de Salomão.+ 13  É verdade que nenhum dos outros tinha coragem de se juntar a eles, mas o povo falava muito bem deles. 14  Não só isso: um grande número de homens e mulheres passavam a crer no Senhor e eram acrescentados a eles.+ 15  Até mesmo levavam os doentes para fora, às ruas principais, e os deitavam em pequenas camas e em esteiras, para que, quando Pedro passasse, pelo menos a sua sombra tocasse alguns deles.+ 16  Também, vinham multidões das cidades vizinhas de Jerusalém, trazendo os doentes e os afligidos por espíritos impuros, e todos eles eram curados. 17  No entanto, o sumo sacerdote e todos os que estavam com ele, que eram da seita dos saduceus, se levantaram cheios de ciúme. 18  Então eles agarraram* os apóstolos e os puseram na cadeia pública.+ 19  Mas, durante a noite, o anjo de Jeová* abriu as portas da prisão,+ levou-os para fora e disse: 20  “Vão, apresentem-se no templo e continuem falando ao povo toda a mensagem a respeito da vida.” 21  Depois de ouvirem essas palavras, entraram no templo ao amanhecer e começaram a ensinar. Quando chegaram o sumo sacerdote e os que estavam com ele, convocaram o Sinédrio e toda a assembleia dos anciãos dos filhos de Israel, e mandaram trazer da cadeia os apóstolos. 22  No entanto, quando os guardas* chegaram à prisão, não os acharam. Assim, voltaram e relataram o seguinte: 23  “Encontramos a cadeia trancada com toda a segurança, e os guardas estavam parados às portas, mas, quando a abrimos, não achamos ninguém dentro.” 24  Ao ouvirem isso, o capitão do templo e os principais sacerdotes ficaram perplexos, perguntando-se o que aconteceria a seguir. 25  Mas alguém chegou e lhes disse: “Os homens que vocês puseram na prisão estão no templo, ensinando o povo!” 26  Então o capitão foi buscá-los com os seus guardas, mas sem violência, porque tinham medo de ser apedrejados pelo povo.+ 27  Assim, eles os trouxeram e os puseram diante do Sinédrio. E o sumo sacerdote os interrogou 28  e disse: “Nós lhes demos ordens expressas para que não ensinassem nesse nome,+ mas, vejam só! Vocês encheram Jerusalém com os seus ensinamentos, e estão decididos a trazer o sangue desse homem sobre nós.”+ 29  Pedro e os outros apóstolos responderam: “Temos de obedecer a Deus como governante em vez de a homens.+ 30  O Deus de nossos antepassados levantou dentre os mortos Jesus, a quem vocês mataram pendurando-o num madeiro.*+ 31  Deus o enalteceu à sua direita+ como Agente Principal+ e Salvador,+ para dar arrependimento a Israel e perdão de pecados.+ 32  Nós somos testemunhas dessas coisas,+ e o espírito santo,+ que Deus deu aos que lhe obedecem como governante, também é.” 33  Quando ouviram isso, ficaram furiosos* e quiseram matá-los. 34  Mas se levantou no Sinédrio um fariseu chamado Gamaliel,+ instrutor da Lei estimado por todo o povo, e ele mandou que levassem os homens para fora por um momento. 35  Então lhes disse: “Homens de Israel, tomem cuidado com o que vão fazer com esses homens. 36  Por exemplo, um tempo atrás apareceu Teudas, dizendo ser alguém, e alguns homens, cerca de 400, se juntaram a ele. Mas ele foi morto, e todos os que o seguiam foram espalhados, e seus planos acabaram em nada. 37  Depois dele, nos dias do recenseamento, apareceu Judas, o galileu, e juntou seguidores atrás de si. Esse homem também morreu, e todos os que o seguiam foram espalhados. 38  Por isso, diante das circunstâncias, digo-lhes: Não se metam com esses homens; deixem-nos em paz. Porque, se esse plano ou essa obra for de homens, será derrubada; 39  mas, se for de Deus, vocês não poderão derrubá-los.+ Senão, pode ser que vocês estejam até mesmo lutando contra o próprio Deus.”+ 40  Então aceitaram o seu conselho. Mandaram chamar os apóstolos e, depois de os açoitarem,*+ lhes ordenaram que parassem de falar em nome de Jesus e os soltaram. 41  Assim, eles saíram do Sinédrio, alegres+ porque tinham sido considerados dignos de ser desonrados por causa do nome dele. 42  E todo dia, no templo e de casa em casa,+ continuavam, sem parar, a ensinar e a declarar as boas novas a respeito do Cristo, Jesus.+

Notas

Ou: “portentos”.
Ou: “na Colunata”.
Ou: “prenderam”.
Ou: “guardas do templo”.
Ou: “numa árvore”.
Ou: “sentiram-se feridos”.
Ou: “espancarem”.