Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Português

Bíblia on-line | TRADUÇÃO DO NOVO MUNDO DA BÍBLIA SAGRADA (REVISÃO DE 2015)

Juízes 3:1-31

CONTEÚDO DO LIVRO

  • Jeová prova Israel (1-6)

  • Otniel, o primeiro juiz (7-11)

  • Juiz Eúde mata o gordo rei Eglom (12-30)

  • Juiz Sangar (31)

3  Estas são as nações que Jeová deixou permanecer, para que pudessem provar todos os israelitas que não tinham passado por nenhuma das guerras de Canaã+  (isso era para que as novas gerações dos israelitas passassem pela guerra, os que ainda não tinham passado por coisas como essas):  os cinco governantes dos filisteus+ e todos os cananeus, os sidônios+ e os heveus+ que moravam nas montanhas do Líbano,+ desde o monte Baal-Hermom até Lebo-Hamate.*+  Eles serviram como meio de provar Israel, para determinar se Israel obedeceria aos mandamentos que Jeová tinha dado aos seus pais por meio de Moisés.+  Assim, os israelitas moravam entre os cananeus,+ os hititas, os amorreus, os perizeus, os heveus e os jebuseus.  Eles tomavam as filhas deles como esposas e davam suas filhas aos filhos deles, e começaram a servir aos deuses deles.+  Assim, os israelitas fizeram o que era mau aos olhos de Jeová; eles se esqueceram de Jeová, seu Deus, e serviram aos baalins+ e aos postes sagrados.*+  Por isso, a ira de Jeová se acendeu contra Israel, e ele os entregou* nas mãos de Cusã-Risataim, rei da Mesopotâmia.* Os israelitas serviram a Cusã-Risataim por oito anos.  Quando os israelitas clamaram a Jeová por ajuda,+ Jeová fez surgir um salvador para livrar os israelitas:+ Otniel,+ filho de Quenaz, irmão mais novo de Calebe. 10  O espírito de Jeová veio sobre ele,+ e ele se tornou o juiz de Israel. Quando ele saiu à batalha, Jeová entregou Cusã-Risataim, rei da Mesopotâmia,* nas suas mãos, de modo que ele venceu Cusã-Risataim. 11  Depois a terra teve descanso* por 40 anos. Então Otniel, filho de Quenaz, morreu. 12  E mais uma vez os israelitas começaram a fazer o que era mau aos olhos de Jeová.+ Por isso, Jeová deixou que Eglom, rei de Moabe,+ ficasse mais forte que Israel, porque eles faziam o que era mau aos olhos de Jeová. 13  Além disso, ele trouxe contra eles os amonitas+ e os amalequitas.+ Eles atacaram Israel e tomaram a cidade das palmeiras.+ 14  Os israelitas serviram a Eglom, rei de Moabe, por 18 anos.+ 15  Então os israelitas clamaram a Jeová por ajuda,+ de modo que Jeová fez surgir para eles um salvador:+ Eúde,+ filho de Gera, benjaminita+ que era canhoto.+ Com o tempo, os israelitas enviaram por meio dele tributo a Eglom, rei de Moabe. 16  Nesse meio-tempo, Eúde fez para si uma espada de dois gumes, de um côvado* de comprimento, e a amarrou na coxa direita, debaixo da roupa. 17  Ele apresentou então o tributo a Eglom, rei de Moabe. A propósito, Eglom era um homem muito gordo. 18  Depois de entregar o tributo, Eúde foi embora com os homens que tinham carregado o tributo. 19  Mas, quando chegou até as imagens esculpidas* em Gilgal,+ ele voltou e disse: “Tenho uma mensagem secreta para o senhor, ó rei.” De modo que o rei disse: “Silêncio!” Então todos os seus servos saíram da sua presença. 20  Assim, Eúde se aproximou do rei enquanto ele estava sentado sozinho no quarto fresco do terraço. E Eúde disse: “Tenho uma mensagem de Deus para o senhor.” Em vista disso, o rei se levantou do seu trono.* 21  Então Eúde puxou a espada da coxa direita com a mão esquerda e a enfiou na barriga do rei. 22  O cabo entrou junto com a lâmina, e a gordura se fechou sobre a lâmina, pois Eúde não retirou a espada da barriga dele, e as fezes saíram. 23  Eúde saiu pela varanda,* e fechou e trancou as portas do quarto de terraço ao sair. 24  Depois que ele foi embora, os servos do rei voltaram e viram que as portas do quarto de terraço estavam trancadas. Então disseram: “Ele deve estar fazendo suas necessidades* no fresco aposento interno.” 25  Eles esperaram até ficar preocupados. Vendo que ele ainda não tinha aberto as portas do quarto de terraço, pegaram a chave e as abriram. E viram o seu senhor caído no chão,* morto! 26  Enquanto eles demoravam, Eúde escapou. Ele passou pelas imagens esculpidas*+ e chegou a salvo a Seirá. 27  Quando chegou, ele tocou a buzina+ na região montanhosa de Efraim;+ e os israelitas desceram da região montanhosa com ele à frente. 28  Então ele lhes disse: “Sigam-me, porque Jeová entregou nas suas mãos os seus inimigos, os moabitas.” Assim, eles o seguiram e tomaram os pontos de travessia do Jordão para impedir a passagem dos moabitas, e não deixaram ninguém atravessar. 29  Naquela ocasião, mataram cerca de 10.000 moabitas,+ todos eles homens fortes e valentes; não escapou nem sequer um.+ 30  Assim, naquele dia Moabe foi subjugado às mãos de Israel, e a terra teve descanso* por 80 anos.+ 31  Depois de Eúde, veio Sangar,+ filho de Anate, que matou 600 filisteus+ com uma aguilhada de bois; ele também salvou Israel.+

Notas

Ou: “a entrada de Hamate”.
Lit.: “vendeu”.
Lit.: “Arã-Naaraim”.
Lit.: “de Arã”.
Ou: “paz”.
Talvez um côvado curto, de cerca de 38 cm. Veja Ap. B14.
Ou, possivelmente: “às pedreiras”.
Ou: “assento”.
Ou, possivelmente: “abertura de ventilação”.
Lit.: “cobrindo seus pés”.
Lit.: “por terra”.
Ou, possivelmente: “pelas pedreiras”.
Ou: “paz”.