Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Português

Bíblia on-line | TRADUÇÃO DO NOVO MUNDO DA BÍBLIA SAGRADA (REVISÃO DE 2015)

Josué 24:1-33

CONTEÚDO DO LIVRO

  • Josué recapitula a história de Israel (1-13)

  • Conselho para servir a Jeová (14-24)

    • “Quanto a mim e aos da minha casa, serviremos a Jeová” (15)

  • Pacto de Josué com Israel (25-28)

  • Morte e enterro de Josué (29-31)

  • Ossos de José enterrados em Siquém (32)

  • Morte e enterro de Eleazar (33)

24  Josué então reuniu todas as tribos de Israel em Siquém e convocou os anciãos de Israel, os cabeças, os juízes e os oficiais,+ e eles compareceram perante o verdadeiro Deus.  Josué disse a todo o povo: “Assim diz Jeová, o Deus de Israel: ‘Seus antepassados,+ incluindo Tera, pai de Abraão e pai de Naor, moraram há muito tempo+ no outro lado do rio Eufrates* e eles serviam a outros deuses.+  “‘Com o tempo tirei seu antepassado Abraão+ do outro lado do rio Eufrates* e o fiz percorrer toda a terra de Canaã, e multipliquei a sua descendência.*+ Eu lhe dei Isaque,+  e a Isaque dei Jacó e Esaú.+ Depois dei a região montanhosa de Seir a Esaú como sua propriedade;+ e Jacó e seus filhos desceram ao Egito.+  Mais tarde enviei Moisés e Arão+ e feri o Egito com pragas;+ então tirei vocês de lá.  Quando tirei os seus pais do Egito+ e vocês chegaram ao mar, os egípcios perseguiram seus pais com carros de guerra e cavaleiros até o mar Vermelho.+  E seus antepassados começaram a clamar a Jeová;+ então coloquei* escuridão entre vocês e os egípcios, e trouxe o mar sobre eles, cobrindo-os;+ e seus próprios olhos viram o que fiz ao Egito.+ Depois vocês moraram no deserto por muitos anos.*+  “‘E levei vocês à terra dos amorreus que moravam do outro lado* do Jordão, e eles lutaram contra vocês.+ Mas eu os entreguei nas suas mãos para que vocês pudessem tomar posse da terra deles, e eu os exterminei de diante de vocês.+  Então Balaque, filho de Zipor e rei de Moabe, se levantou e lutou contra Israel. Ele convocou Balaão, filho de Beor, para amaldiçoar vocês.+ 10  Mas eu não quis escutar Balaão.+ Assim, ele os abençoou repetidamente,+ e eu os livrei das mãos deles.+ 11  “‘Então vocês atravessaram o Jordão+ e chegaram a Jericó.+ E os líderes* de Jericó, assim como os amorreus, os perizeus, os cananeus, os hititas, os girgaseus, os heveus e os jebuseus lutaram contra vocês, mas eu os entreguei nas suas mãos.+ 12  Enviei na sua frente o sentimento de desânimo,* e eu os expulsei de diante de vocês,+ assim como fiz com os dois reis dos amorreus. Isso não foi feito nem com a espada nem com o arco de vocês.+ 13  Assim lhes entreguei uma terra pela qual vocês não trabalharam e cidades que não construíram,+ e vocês se estabeleceram nelas. Vocês estão comendo de vinhedos e de olivais que não plantaram.’+ 14  “Portanto, temam a Jeová e sirvam-no com integridade* e fidelidade;*+ eliminem do seu meio os deuses a que seus antepassados serviram do outro lado do rio Eufrates* e no Egito,+ e sirvam a Jeová. 15  Agora, se vocês não acham bom servir a Jeová, escolham hoje a quem servirão,+ se aos deuses a quem serviram os seus antepassados que estavam do outro lado do rio Eufrates,*+ ou aos deuses dos amorreus em cuja terra vocês estão morando.+ Mas, quanto a mim e aos da minha casa, serviremos a Jeová.” 16  Então o povo disse: “Jamais abandonaremos a Jeová para servir a outros deuses. 17  Foi Jeová, nosso Deus, quem tirou a nós e a nossos pais da terra do Egito,+ a terra da escravidão,*+ e quem realizou esses grandes sinais diante dos nossos olhos+ e quem nos protegeu em todo o caminho em que andamos e entre todos os povos pelos quais passamos.+ 18  Jeová expulsou todos os povos, incluindo os amorreus, que moraram nesta terra antes de nós. Por isso, nós também serviremos a Jeová, porque ele é o nosso Deus.” 19  Josué disse então ao povo: “Vocês não são capazes de servir a Jeová, pois ele é um Deus santo;+ ele é um Deus que exige devoção exclusiva.+ Não perdoará as suas transgressões* e os seus pecados.+ 20  Se vocês abandonarem a Jeová e servirem a deuses estrangeiros, ele se voltará contra vocês e os exterminará, depois de lhes ter feito o bem.”+ 21  Mas o povo disse a Josué: “Não, é a Jeová que serviremos!”+ 22  Então Josué disse ao povo: “Vocês são testemunhas contra si mesmos de que, de sua própria iniciativa, escolheram servir a Jeová.”+ Eles responderam: “Somos testemunhas!” 23  “Portanto, removam os deuses estrangeiros que há entre vocês e inclinem o coração para Jeová, o Deus de Israel.” 24  O povo disse a Josué: “Serviremos a Jeová, nosso Deus, e obedeceremos à sua voz!” 25  Assim, naquele dia Josué fez um pacto com o povo e estabeleceu para eles uma lei e um decreto em Siquém. 26  Então Josué escreveu essas palavras no livro da Lei de Deus.+ Depois pegou uma grande pedra+ e a colocou debaixo da árvore grande que fica junto ao santuário de Jeová. 27  Josué disse ainda a todo o povo: “Vejam! Esta pedra servirá de testemunho contra nós,+ porque ela ouviu tudo o que Jeová nos disse; e ela servirá de testemunho contra vocês, para que não neguem o seu Deus.” 28  Com isso Josué dispensou o povo, e cada um foi para a sua herança.+ 29  Depois dessas coisas Josué, filho de Num, o servo de Jeová, morreu com 110 anos de idade.+ 30  E eles o enterraram no território da sua herança, em Timnate-Sera,+ que fica na região montanhosa de Efraim, ao norte do monte Gaás. 31  Israel continuou servindo a Jeová durante todos os dias de Josué e durante todos os dias dos anciãos que continuaram vivos depois de Josué e que tinham conhecido todos os atos de Jeová a favor de Israel.+ 32  Os ossos de José,+ que os israelitas haviam trazido do Egito, foram enterrados em Siquém, no pedaço do campo que Jacó havia adquirido dos filhos de Hamor,+ pai de Siquém, por 100 peças de dinheiro;+ e ele se tornou a herança dos filhos de José.+ 33  Também morreu Eleazar, filho de Arão.+ E o enterraram na colina de Fineias, seu filho,+ a colina que tinha sido dada a ele na região montanhosa de Efraim.

Notas

Lit.: “do Rio”.
Lit.: “do Rio”.
Lit.: “semente”.
Ou: “ele colocou”.
Lit.: “dias”.
Isto é, do lado leste.
Ou, possivelmente: “os proprietários de terras”.
Ou, possivelmente: “pânico; terror”.
Ou: “de modo irrepreensível”.
Ou: “em verdade”.
Lit.: “do Rio”.
Lit.: “do Rio”.
Lit.: “casa dos escravos”.
Ou: “a sua rebelião”.