Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Português

Bíblia on-line | TRADUÇÃO DO NOVO MUNDO DA BÍBLIA SAGRADA (REVISÃO DE 2015)

Isaías 13:1-22

CONTEÚDO DO LIVRO

  • Proclamação contra Babilônia (1-22)

    • O dia de Jeová está próximo! (6)

    • Medos derrubarão Babilônia (17)

    • Babilônia nunca mais será habitada (20)

13  Proclamação contra Babilônia,+ que Isaías,+ filho de Amoz, observou em visão:   “Ergam um sinal*+ numa montanha rochosa. Gritem para eles, acenem com a mão, Para que entrem pelos portões dos nobres.   Dei a ordem àqueles a quem designei.*+ Para expressar a minha ira, convoquei os meus guerreiros, Que se alegram orgulhosamente.   Escutem! Uma multidão nas montanhas; Seu barulho é como o de um povo numeroso! Escutem! O tumulto de reinos, De nações reunidas!+ Jeová dos exércitos está reunindo o exército para a guerra.+   Estão chegando de uma terra distante,+ Desde a extremidade dos céus, Jeová e as armas de sua ira, Para arruinar toda a terra.+   Lamentem, pois o dia de Jeová está próximo! Virá como uma destruição da parte do Todo-Poderoso.+   Por isso é que todas as mãos ficarão fracas, E o coração de todos os homens derreterá de medo.+   As pessoas ficam apavoradas.+ Elas se contorcem e têm dores, Como uma mulher que está dando à luz. Olham aterrorizadas umas para as outras, Com os rostos refletindo* angústia.   Vejam! O dia de Jeová está chegando, Cruel, com fúria e com ira ardente, Para fazer dessa terra motivo de terror,+ E para exterminar dela os pecadores. 10  Pois as estrelas dos céus e suas constelações*+ Não emitirão a sua luz; O sol estará escuro ao nascer, E a lua não dará a sua luz. 11  Ajustarei contas com a terra habitada por sua maldade,+ E com os maus, pelo erro deles. Porei fim ao orgulho dos presunçosos E humilharei a arrogância dos tiranos.+ 12  Farei o homem mortal mais raro do que o ouro refinado,+ E os humanos mais raros do que o ouro de Ofir.+ 13  É por isso que farei os céus tremer, E a terra será sacudida e sairá do seu lugar+ Diante da fúria de Jeová dos exércitos no dia de sua ira ardente. 14  Como uma gazela perseguida e como um rebanho que não tem ninguém para o reunir, Cada um voltará para o seu próprio povo; Cada um fugirá para a sua própria terra.+ 15  Quem for achado será traspassado, E quem for apanhado cairá pela espada.+ 16  Seus filhos pequenos serão despedaçados diante dos seus olhos,+ Suas casas serão saqueadas E suas esposas serão violentadas. 17  Despertarei contra eles os medos,+ Que consideram a prata como nada E que não se agradam do ouro. 18  Seus arcos despedaçarão os jovens;+ Eles não terão piedade com o fruto do ventre, Nem misericórdia com as crianças. 19  E Babilônia, o mais glorioso* dos reinos,+ A beleza e o orgulho dos caldeus,+ Ficará como Sodoma e Gomorra, quando Deus as destruiu.+ 20  Nunca mais será habitada, Nem será povoada de geração em geração.+ O árabe não armará ali a sua tenda, E os pastores não levarão seus rebanhos para descansar ali. 21  Os animais do deserto se deitarão ali; Suas casas se encherão de corujas.* Ali habitarão avestruzes,+ E bodes selvagens* saltarão por ali. 22  Animais uivarão nas suas torres, E chacais nos seus palácios luxuosos. A hora dela está próxima, e seus dias não serão prolongados.”+

Notas

Ou: “poste de sinal”.
Lit.: “aos meus santificados”.
Ou: “corados de”.
Lit.: “e seus Quesis”, talvez se referindo a Órion e às constelações à sua volta.
Ou: “o ornamento”.
Ou: “bufos-reais”.
Ou, possivelmente: “E demônios caprinos”.