Pular para conteúdo

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Selecione o idioma Português

Gênesis 18:1-33

CONTEÚDO DO LIVRO

  • Três anjos visitam Abraão (1-8)

  • Prometido um filho a Sara; ela ri (9-15)

  • Abraão suplica por Sodoma (16-33)

18  Depois Jeová+ lhe apareceu entre as árvores grandes de Manre+ enquanto ele estava sentado à entrada da tenda, no período mais quente do dia.  Ele levantou os olhos e viu três homens parados a certa distância.+ Quando os viu, correu da entrada da tenda ao encontro deles, e curvou-se por terra.  Então ele disse: “Jeová, se achei favor aos teus olhos, por favor, não passes por teu servo sem parar.  Por favor, permitam que se traga um pouco de água e sejam lavados os seus pés;+ então recostem-se debaixo da árvore.  Visto que passaram por aqui, pelo seu servo, deixem-me buscar um pouco de pão para que se revigorem.* Depois poderão seguir caminho.” Então eles disseram: “Está bem. Pode fazer como falou.”  Assim Abraão correu à tenda, onde estava Sara, e disse: “Depressa! Apanhe três medidas* da mais fina farinha, amasse-a e faça pães.”  A seguir, Abraão correu ao rebanho e escolheu um novilho tenro e bom. Ele o entregou ao ajudante, que se apressou a prepará-lo.  Pegou então manteiga e leite, bem como o novilho que havia preparado, e pôs tudo diante deles. E ele ficou junto deles, debaixo da árvore, enquanto comiam.+  Perguntaram-lhe: “Onde está Sara,+ sua esposa?” Ele respondeu: “Ali na tenda.” 10  E um deles continuou: “Certamente retornarei a você no ano que vem, nesta época, e Sara, sua esposa, já terá um filho.”+ Sara estava escutando à entrada da tenda, que estava atrás do homem. 11  Abraão e Sara já eram de idade bem avançada.+ Sara já havia passado da idade de ter filhos.*+ 12  Por isso, Sara começou a rir consigo mesma, dizendo: “Agora que estou velha e meu senhor está idoso, terei realmente essa alegria?”+ 13  Jeová disse então a Abraão: “Por que Sara riu e disse: ‘Será que eu realmente terei um filho, embora esteja velha?’ 14  Há alguma coisa que seja extraordinária demais para Jeová?+ Retornarei a você no ano que vem, no tempo determinado, e Sara já terá um filho.” 15  Mas Sara negou, dizendo: “Eu não ri!”, pois tinha medo. Então ele disse: “Você riu, sim!” 16  Quando os homens se levantaram para partir, avistaram Sodoma+ lá embaixo; Abraão foi acompanhando-os para se despedir. 17  Jeová disse: “Esconderei de Abraão o que eu vou fazer?+ 18  Abraão certamente se tornará uma nação grande e poderosa, e todas as nações da terra serão abençoadas* por meio dele.+ 19  Pois eu me familiarizei com ele, para que ele ordenasse aos seus filhos e aos da sua casa que guardassem o caminho de Jeová por fazerem o que é correto e justo,+ a fim de que Jeová cumpra o que prometeu com relação a Abraão.” 20  Portanto, Jeová disse: “O clamor contra Sodoma e Gomorra é imenso,+ e seu pecado é muito grave.+ 21  Descerei para ver se de fato eles estão agindo de acordo com o clamor que chegou a mim. E, se não for assim, ficarei sabendo disso.”+ 22  Então, os homens saíram dali e seguiram em direção a Sodoma; mas Jeová+ permaneceu com Abraão. 23  Abraão aproximou-se então e disse: “Eliminarás realmente os justos junto com os maus?+ 24  Suponhamos que haja 50 homens justos na cidade. Nesse caso eliminarás a eles, e não perdoarás o lugar por causa dos 50 justos que há nele? 25  Longe de ti agires dessa maneira, entregando à morte os justos junto com os maus, de modo que aconteça com os justos o mesmo que acontece com os maus!+ Longe de ti!+ Não fará o Juiz de toda a terra o que é justo?”+ 26  Então Jeová disse: “Se eu achar na cidade de Sodoma 50 homens justos, perdoarei o lugar inteiro por causa deles.” 27  Mas Abraão disse em resposta: “Por favor, perdoa a minha ousadia em falar a Jeová embora eu seja pó e cinzas. 28  Suponhamos que faltem cinco para os 50 justos. Destruirás a cidade inteira por causa dos cinco?” Então ele disse: “Não a destruirei se achar ali 45.”+ 29  Mas Abraão falou-lhe mais uma vez: “Suponhamos que se achem ali 40.” Ele respondeu: “Não a destruirei, por causa dos 40.” 30  Mas Abraão continuou: “Jeová, por favor, não se acenda a tua ira,+ mas deixa-me continuar falando: Suponhamos que se achem ali apenas 30.” Ele respondeu: “Não a destruirei se achar ali 30.” 31  Mas Abraão continuou: “Por favor, perdoa a minha ousadia em falar a Jeová: Suponhamos que se achem ali apenas 20.” Ele respondeu: “Não a destruirei, por causa dos 20.” 32  Por fim Abraão disse: “Jeová, por favor, não se acenda a tua ira, mas deixa-me falar só mais uma vez: Suponhamos que se achem ali apenas dez.” Ele respondeu: “Não a destruirei, por causa dos dez.” 33  Quando acabou de falar com Abraão, Jeová seguiu caminho,+ e Abraão voltou para o seu lugar.

Notas de rodapé

Lit.: “fortaleçam seu coração”.
Lit.: “seás”. Um seá equivalia a 7,33 l. Veja Ap. B14.
Lit.: “O modo segundo as mulheres havia cessado para Sara.”
Ou: “obterão para si uma bênção”.