Pular para conteúdo

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Selecione o idioma Português

Deuteronômio 16:1-22

CONTEÚDO DO LIVRO

  • Páscoa; Festividade dos Pães sem Fermento (1-8)

  • Festividade das Semanas (9-12)

  • Festividade das Barracas (13-17)

  • Designação de juízes (18-20)

  • Objetos de adoração proibidos (21, 22)

16  “Observe o mês de abibe,* e celebre a Páscoa para Jeová, seu Deus,+ pois foi numa noite do mês de abibe que Jeová, seu Deus, o tirou do Egito.+  Das suas ovelhas e das suas cabras, e dos seus bois, você deve oferecer o sacrifício da Páscoa a Jeová, seu Deus,+ no lugar que Jeová escolher para ali fazer residir Seu nome.+  Junto com o sacrifício, não coma nada que tenha fermento;+ por sete dias você deve comer pães sem fermento, o pão da tribulação, porque você saiu da terra do Egito às pressas.+ Faça isso para se lembrar por toda a sua vida do dia em que você saiu da terra do Egito.+  Por sete dias nenhum fermento deve ser encontrado com você em todo o seu território;+ e, da carne que você sacrificará ao anoitecer do primeiro dia, não deve sobrar nada da noite para a manhã seguinte.+  Não lhe será permitido oferecer o sacrifício da Páscoa em nenhuma das cidades que Jeová, seu Deus, lhe dá,  mas somente no lugar que Jeová, seu Deus, escolher para ali fazer residir Seu nome. Você deve oferecer o sacrifício da Páscoa ao anoitecer, assim que se puser o sol,+ na data* da sua saída do Egito.  Você deve cozinhar o sacrifício e comê-lo+ no lugar que Jeová, seu Deus, escolher,+ e de manhã você pode voltar para a sua tenda.  Por seis dias você deve comer pães sem fermento, e no sétimo dia haverá uma assembleia solene para Jeová, seu Deus. Não faça nenhum trabalho.+  “Você deve contar sete semanas. Deve iniciar a contagem das sete semanas quando começar a passar a foice nas plantações de cereais.+ 10  Então você deve celebrar a Festividade das Semanas para Jeová, seu Deus,+ trazendo a oferta voluntária da sua mão, que será dada conforme Jeová, seu Deus, o tiver abençoado.+ 11  E, no lugar que Jeová, seu Deus, escolher para ali fazer residir Seu nome, você deve se alegrar perante Jeová, seu Deus — você, seu filho, sua filha, seu escravo, sua escrava, o levita que está dentro das suas cidades,* o residente estrangeiro, o órfão* e a viúva, que estão no seu meio.+ 12  Lembre-se de que você se tornou escravo no Egito,+ e obedeça a estes decretos e cumpra-os. 13  “Você deve celebrar a Festividade das Barracas*+ por sete dias quando recolher os produtos da sua eira e do seu lagar de azeite e vinho. 14  Alegre-se durante a sua festividade+ — você, seu filho, sua filha, seu escravo, sua escrava, o levita, o residente estrangeiro, o órfão e a viúva, que estão dentro das suas cidades. 15  Por sete dias você celebrará a festividade+ para Jeová, seu Deus, no lugar que Jeová escolher, pois Jeová, seu Deus, abençoará todas as suas colheitas e tudo que você fizer,+ e você ficará cheio de alegria.+ 16  “Todos os homens devem comparecer perante Jeová, seu Deus, no lugar que ele escolher, três vezes por ano: na Festividade dos Pães sem Fermento,+ na Festividade das Semanas+ e na Festividade das Barracas;*+ e nenhum deles deve comparecer perante Jeová de mãos vazias. 17  A dádiva que cada um trouxer deve ser proporcional à bênção que Jeová, seu Deus, lhe tiver dado.+ 18  “Você deve designar juízes+ e oficiais para cada tribo em todas as cidades* que Jeová, seu Deus, lhe dá, e eles devem julgar o povo com julgamento justo. 19  Você não deve perverter a justiça,+ nem mostrar parcialidade,+ nem aceitar suborno, pois o suborno cega os olhos do sábio+ e perverte as palavras do justo. 20  A justiça, sim, a justiça é o que você deve buscar,+ para que continue vivo e tome posse da terra que Jeová, seu Deus, lhe dá. 21  “Você não deve plantar nenhum tipo de árvore para servir como poste sagrado*+ perto do altar que você fará para Jeová, seu Deus. 22  “Nem deve erigir para você uma coluna sagrada,+ algo que Jeová, seu Deus, odeia.

Notas de rodapé

Ou: “no tempo designado”.
Ou: “dos seus portões”.
Ou: “órfão de pai”.
Ou: “dos Tabernáculos”.
Ou: “dos Tabernáculos”.
Lit.: “dentro de todos os seus portões”.