Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Português

Bíblia on-line | TRADUÇÃO DO NOVO MUNDO DA BÍBLIA SAGRADA (REVISÃO DE 2015)

O segundo dos Reis 9:1-37

CONTEÚDO DO LIVRO

  • Jeú é ungido como rei de Israel (1-13)

  • Jeú mata Jeorão e Acazias (14-29)

  • Jezabel é morta; cães comem sua carne (30-37)

9  Eliseu, o profeta, chamou então um dos filhos dos profetas e disse-lhe: “Prenda sua veste na cintura, pegue este frasco de óleo e vá depressa a Ramote-Gileade.+  Quando chegar lá, procure Jeú,+ filho de Jeosafá, filho de Ninsi; entre, faça-o levantar-se do meio dos seus irmãos e leve-o à sala mais reservada.  Então pegue o frasco de óleo, despeje-o sobre a cabeça dele e diga: ‘Assim diz Jeová: “Estou ungindo você como rei sobre Israel.”’+ Depois abra a porta e fuja sem demora.”  Assim, o ajudante do profeta foi a Ramote-Gileade.  Quando chegou, os chefes do exército estavam sentados ali. Ele disse: “Chefe, tenho uma mensagem para o senhor.” Jeú perguntou: “Para qual de nós?” Ele respondeu: “Para o senhor, chefe.”  Portanto Jeú se levantou e entrou na casa; o ajudante despejou o óleo sobre a cabeça dele e lhe disse: “Assim diz Jeová, o Deus de Israel: ‘Estou ungindo você como rei sobre o povo de Jeová, sobre Israel.+  Mate os da casa de Acabe, seu senhor, e eu vingarei o sangue dos meus servos, os profetas, e de todos os servos de Jeová que morreram às mãos de Jezabel.+  Todos os da casa de Acabe morrerão; e eliminarei em Israel todos os do sexo masculino* da casa de Acabe, incluindo o desamparado e o fraco.+  Vou fazer com a casa de Acabe o mesmo que fiz com a casa de Jeroboão,+ filho de Nebate, e com a casa de Baasa,+ filho de Aías. 10  Quanto a Jezabel, os cães a devorarão no terreno em Jezreel,+ e ninguém a enterrará.’” Então ele abriu a porta e fugiu.+ 11  Quando Jeú voltou para junto dos servos do seu senhor, eles lhe perguntaram: “Está tudo bem? Por que aquele louco veio falar com você?” Ele lhes respondeu: “Vocês conhecem esses homens e o seu tipo de conversa.” 12  Mas eles disseram: “Você não está falando a verdade! Conte-nos, por favor.” Então ele respondeu: “Foi assim e assim que ele me falou, e também disse: ‘Assim diz Jeová: “Estou ungindo você como rei sobre Israel.”’”+ 13  Em vista disso, cada um pegou rapidamente seu manto e o estendeu nos degraus diante dele.+ Eles tocaram a buzina e disseram: “Jeú tornou-se rei!”+ 14  Então Jeú,+ filho de Jeosafá, filho de Ninsi, conspirou contra Jeorão. Jeorão tinha estado em Ramote-Gileade+ com todo o Israel para defendê-la de Hazael,+ rei da Síria. 15  Mais tarde, o rei Jeorão voltou a Jezreel+ para se recuperar dos ferimentos que os sírios lhe tinham causado quando lutou contra Hazael, rei da Síria.+ Jeú disse então: “Se vocês* concordarem, não deixem ninguém escapar da cidade para ir contar isso em Jezreel.” 16  Então Jeú subiu no seu carro de guerra e foi a Jezreel, visto que Jeorão estava lá de cama por causa de seus ferimentos. E Acazias, rei de Judá, tinha ido visitar Jeorão. 17  Quando o vigia que estava na torre em Jezreel viu Jeú com seu grande número de homens se aproximando, disse imediatamente: “Estou vendo um grande número de homens.” Jeorão disse: “Chame um cavaleiro e envie-o ao encontro deles para perguntar: ‘Vocês vêm em paz?’” 18  Portanto, um cavaleiro foi ao encontro dele e disse: “Assim diz o rei: ‘Vocês vêm em paz?’” Mas Jeú respondeu: “O que você tem a ver com a paz? Vá para trás de mim!” E o vigia informou: “O mensageiro chegou até eles, mas não voltou.” 19  Então o rei enviou um segundo cavaleiro, que, ao chegar a eles, disse: “Assim diz o rei: ‘Vocês vêm em paz?’” Mas Jeú respondeu: “O que você tem a ver com a paz? Vá para trás de mim!” 20  E o vigia informou: “O mensageiro chegou a eles, mas não voltou. Pelo modo de guiar o carro de guerra, deve ser Jeú, neto* de Ninsi, pois ele guia como um louco.” 21  Jeorão disse: “Prepare o meu carro de guerra!” Assim, prepararam o carro de guerra dele, e Jeorão, rei de Israel, e Acazias,+ rei de Judá, saíram, cada um no seu carro de guerra para encontrar Jeú. Eles o encontraram no terreno de Nabote,+ o jezreelita. 22  Assim que Jeorão viu Jeú, ele perguntou: “Você vem em paz, Jeú?” Mas ele respondeu: “Como pode haver paz enquanto continuam a prostituição e as muitas feitiçarias de Jezabel,+ sua mãe?”+ 23  Imediatamente Jeorão deu meia-volta com o seu carro de guerra para fugir e disse a Acazias: “É uma traição, Acazias!” 24  Jeú pegou o arco e atirou uma flecha, atingindo Jeorão no meio das costas, de modo que a flecha lhe atravessou o coração, e ele caiu no seu carro de guerra. 25  Jeú disse então a Bidcar, seu oficial: “Pegue-o e jogue-o no campo de Nabote, o jezreelita.+ Lembre-se: eu e você guiávamos carros de guerra* atrás de Acabe, o pai dele, quando o próprio Jeová proferiu contra ele a seguinte proclamação:+ 26  ‘“Tão certo como eu vi ontem o sangue de Nabote+ e o sangue dos filhos dele”, diz Jeová, “eu lhe retribuirei+ neste mesmo terreno o que você fez”, diz Jeová.’ Portanto, pegue-o e jogue-o no terreno, segundo a palavra de Jeová.”+ 27  Quando Acazias,+ rei de Judá, viu o que estava acontecendo, fugiu pelo caminho da casa do jardim. (Mais tarde, Jeú o perseguiu e disse: “Matem-no também!” Assim, feriram-no enquanto estava no carro de guerra, subindo a Gur, que fica junto a Ibleão.+ Mas ele continuou fugindo para Megido e morreu lá. 28  Seus servos levaram-no então num carro de guerra a Jerusalém e enterraram-no com os seus antepassados na sua sepultura, na Cidade de Davi.+ 29  Foi no décimo primeiro ano de Jeorão, filho de Acabe, que Acazias+ tinha se tornado rei sobre Judá.) 30  Quando Jeú chegou a Jezreel,+ Jezabel+ ficou sabendo disso. Então ela pintou os olhos de preto,* enfeitou a cabeça e olhou pela janela. 31  Assim que Jeú entrou pelo portão, ela disse: “Será que Zinri, que matou o seu próprio senhor, se saiu bem?”+ 32  Ele levantou os olhos para a janela e disse: “Quem está do meu lado? Quem?”+ Imediatamente dois ou três oficiais da corte olharam para ele, lá embaixo. 33  Ele disse: “Joguem-na para baixo!” Então eles a jogaram; o sangue dela espirrou na parede e nos cavalos, e ele a atropelou. 34  Então ele entrou, comeu e bebeu. Depois disse: “Peguem esta maldita e enterrem-na. Afinal, ela é filha de rei.”+ 35  Mas, quando foram enterrá-la, não acharam nada, a não ser o crânio, os pés e as mãos.+ 36  Então voltaram e lhe contaram isso. Ele disse: “Isso cumpre a palavra de Jeová,+ que ele falou por meio do seu servo Elias, o tisbita: ‘No terreno de Jezreel os cães comerão a carne de Jezabel.+ 37  E, no terreno de Jezreel, o cadáver de Jezabel se tornará como estrume sobre os campos, para que não se diga: “Esta é Jezabel.”’”

Notas

Lit.: “todo aquele que urina contra o muro”. Expressão hebraica que indica desprezo e se refere a homens.
Ou: “suas almas”.
Lit.: “filho”.
Lit.: “guiávamos parelhas”.
Ou: “passou sombra nos olhos”.