Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Português

Bíblia on-line | TRADUÇÃO DO NOVO MUNDO DA BÍBLIA SAGRADA (REVISÃO DE 2015)

O segundo dos Reis 24:1-20

CONTEÚDO DO LIVRO

  • Rebelião e morte de Jeoiaquim (1-7)

  • Joaquim, rei de Judá (8, 9)

  • Primeira deportação para Babilônia (10-17)

  • Zedequias, rei de Judá; ele se rebela (18-20)

24  Nos dias de Jeoiaquim, Nabucodonosor,+ rei de Babilônia, veio contra ele, e Jeoiaquim se tornou seu servo por três anos. Mas ele se voltou contra Nabucodonosor e se rebelou.  Então Jeová começou a enviar contra Jeoiaquim bandos de saqueadores caldeus,+ sírios, moabitas e amonitas. Ele continuou a enviá-los a fim de destruir Judá, segundo a palavra que Jeová+ tinha falado por meio dos seus servos, os profetas.  Foi certamente pela ordem de Jeová que isso aconteceu a Judá, para removê-los da sua vista+ por causa de todos os pecados que Manassés tinha cometido,+  e também por causa do sangue inocente que ele tinha derramado,+ pois tinha enchido Jerusalém de sangue inocente. E Jeová não quis perdoar.+  Quanto aos outros acontecimentos da história de Jeoiaquim, tudo o que ele fez, não estão escritos no livro da história da época dos reis de Judá?+  Então Jeoiaquim descansou com os seus antepassados;+ e Joaquim, seu filho, tornou-se rei no seu lugar.  O rei do Egito nunca mais se arriscou a sair da sua terra, pois o rei de Babilônia tinha tomado tudo o que pertencia ao rei do Egito,+ desde a torrente* do Egito+ até o rio Eufrates.+  Joaquim+ tinha 18 anos de idade quando se tornou rei, e reinou por três meses em Jerusalém.+ O nome da sua mãe era Neusta, filha de Elnatã, de Jerusalém.  Ele fazia o que era mau aos olhos de Jeová, conforme tudo o que o seu pai tinha feito. 10  Naquele tempo, os servos de Nabucodonosor, rei de Babilônia, subiram contra Jerusalém, e a cidade foi cercada.+ 11  Nabucodonosor, rei de Babilônia, veio à cidade enquanto ela estava cercada pelos seus servos. 12  Joaquim, rei de Judá, entregou-se ao rei de Babilônia,+ junto com sua mãe, seus servos, seus príncipes e seus oficiais da corte;+ e o rei de Babilônia, no oitavo ano do seu reinado, levou-o cativo.+ 13  Então, assim como Jeová havia predito, ele levou todos os tesouros da casa de Jeová e os tesouros da casa* do rei.+ Ele quebrou todos os utensílios de ouro que Salomão, rei de Israel, tinha feito para o templo de Jeová.+ 14  Ele levou para o exílio toda a Jerusalém — todos os príncipes,+ todos os guerreiros valentes, e todos os artesãos e ferreiros;*+ levou 10.000 para o exílio. Não ficou ninguém, a não ser os mais pobres do povo da terra.+ 15  Assim, ele levou Joaquim+ para o exílio em Babilônia;+ e também levou exilados de Jerusalém para Babilônia a mãe do rei, as esposas do rei, seus oficiais da corte e os homens mais importantes do país. 16  O rei de Babilônia também levou para o exílio em Babilônia todos os guerreiros, 7.000, além de 1.000 artesãos e ferreiros,* todos eles homens valentes e treinados para a guerra. 17  E o rei de Babilônia fez a Matanias, tio de Joaquim,+ rei no seu lugar, e mudou o nome dele para Zedequias.+ 18  Zedequias tinha 21 anos de idade quando se tornou rei, e reinou por 11 anos em Jerusalém. O nome da sua mãe era Hamutal,+ filha de Jeremias, de Libna. 19  Ele fazia o que era mau aos olhos de Jeová, conforme tudo o que Jeoiaquim tinha feito.+ 20  Foi por causa da ira de Jeová que essas coisas aconteceram em Jerusalém e em Judá, até que ele os expulsou da sua vista.+ E Zedequias se rebelou contra o rei de Babilônia.+

Notas

Ou: “o uádi”. Veja o Glossário.
Ou: “do palácio”.
Ou, possivelmente: “construtores de fortificações”.
Ou, possivelmente: “construtores de fortificações”.