Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Português

Bíblia on-line | TRADUÇÃO DO NOVO MUNDO DA BÍBLIA SAGRADA (REVISÃO DE 2015)

Êxodo 15:1-27

CONTEÚDO DO LIVRO

  • Moisés e o cântico de vitória de Israel (1-19)

  • Miriã canta em resposta (20, 21)

  • Água amarga se torna doce (22-27)

15  Naquela ocasião, Moisés e os israelitas cantaram este cântico a Jeová:+ “Vou cantar a Jeová, pois ele foi grandemente enaltecido.+ Lançou no mar o cavalo e seu cavaleiro.+   Jah* é a minha força e o meu poder, visto que ele se tornou a minha salvação.+ Esse é o meu Deus, e eu o louvarei;+ o Deus do meu pai,+ e eu o enaltecerei.+   Jeová é um poderoso guerreiro.+ Jeová é o seu nome.+   Ele lançou no mar os carros de guerra de Faraó e seu exército,+ E seus melhores guerreiros afundaram no mar Vermelho.+   As águas turbulentas os cobriram; eles afundaram como pedra nas profundezas.+   Tua mão direita, ó Jeová, é grande em poder;+ Tua mão direita, ó Jeová, pode despedaçar o inimigo.   Na tua grande majestade podes derrubar os que se levantam contra ti;+ Envias a tua ira ardente, ela os consome como palha.   Pelo sopro das tuas narinas as águas se amontoaram; Águas volumosas ficaram represadas; As águas turbulentas se solidificaram no coração do mar.   O inimigo disse: ‘Eu os perseguirei e os alcançarei! Repartirei os despojos até eu ficar satisfeito!* Puxarei a minha espada! Minha mão os subjugará!’+ 10  Sopraste com o teu fôlego, o mar os cobriu;+ Afundaram como chumbo em águas majestosas. 11  Quem entre os deuses é semelhante a ti, ó Jeová?+ Quem se mostra supremo* em santidade como tu?+ Aquele a ser reverenciado com cânticos de louvor, aquele que faz maravilhas.+ 12  Estendeste a tua mão direita, e a terra os engoliu.+ 13  No teu amor leal guiaste o povo que resgataste;+ Na tua força, tu os conduzirás ao teu santo lugar de morada. 14  Os povos ouvirão,+ eles tremerão; A angústia se apoderará* dos habitantes da Filístia. 15  Então os chefes de tribo* de Edom ficarão aterrorizados, E o tremor tomará conta dos poderosos governantes* de Moabe.+ Todos os habitantes de Canaã ficarão desanimados.+ 16  Medo e pavor cairão sobre eles.+ Por causa da magnitude do teu braço eles ficarão imóveis como pedra Até que o teu povo passe, ó Jeová, Até que passe+ o povo que produziste.+ 17  Tu os levarás e os plantarás no monte da tua herança,+ O lugar que preparaste para morar, ó Jeová, Um santuário, ó Jeová, que as tuas mãos estabeleceram. 18  Jeová reinará para todo o sempre.+ 19  Quando os cavalos, os carros de guerra e os cavaleiros de Faraó entraram no mar,+ Jeová fez as águas do mar retornar sobre eles,+ Mas o povo de Israel andou em terra seca pelo meio do mar.”+ 20  Então Miriã, a profetisa, irmã de Arão, pegou um pandeiro, e todas as mulheres a acompanharam, tocando pandeiros e dançando. 21  Miriã cantava, respondendo aos homens: “Cantem a Jeová, pois ele foi grandemente enaltecido.+ Lançou no mar o cavalo e seu cavaleiro.”+ 22  Mais tarde, Moisés fez Israel partir do mar Vermelho; eles foram ao deserto de Sur e andaram por três dias no deserto, mas não acharam água. 23  Chegaram a Mara,*+ mas não puderam beber a água de Mara porque era amarga. É por isso que ele chamou o lugar de Mara. 24  Então o povo começou a se queixar contra Moisés,+ dizendo: “O que vamos beber?” 25  Ele clamou a Jeová,+ e Jeová lhe mostrou uma árvore. Quando Moisés a jogou na água, a água se tornou doce. Ali Ele lhes estabeleceu um decreto e um precedente legal, e ali os pôs à prova.+ 26  Ele disse: “Se você escutar atentamente a voz de Jeová, seu Deus, fizer o que é certo aos Seus olhos, prestar atenção aos Seus mandamentos e guardar todos os Seus decretos,+ não trarei sobre você nenhuma das doenças que eu trouxe sobre os egípcios,+ pois eu, Jeová, curo você.”+ 27  Depois eles chegaram a Elim, onde havia 12 fontes de água e 70 palmeiras. De modo que acamparam ali, junto à água.

Notas

“Jah” é uma forma reduzida do nome Jeová.
Ou: “minha alma ficar satisfeita”.
Ou: “poderoso”.
Lit.: “Dores de parto se apoderarão”.
Ou: “xeiques”.
Ou: “dos déspotas”.
Que significa “amargura”.