As Boas Novas Segundo Lucas 22:1-71

22  Aproximava-se então a Festividade dos Pães sem Fermento, chamada Páscoa.+  E os principais sacerdotes e os escribas estavam procurando o melhor modo de se livrar dele,+ porque tinham medo do povo.+  Então Satanás entrou em Judas, o chamado Iscariotes, que era contado entre os Doze,+  e este se dirigiu aos principais sacerdotes e aos capitães do templo para falar sobre como poderia entregá-lo* a eles.+  Eles se alegraram com isso e concordaram em lhe dar dinheiro de prata.+  De modo que ele aceitou e começou a procurar uma boa oportunidade para entregá-lo* a eles sem que houvesse uma multidão em volta.  Chegou o dia da Festividade dos Pães sem Fermento, em que se tem de oferecer o sacrifício pascoal;+  então Jesus enviou Pedro e João, dizendo: “Vão e aprontem a refeição pascoal para que a comamos.”+  Disseram-lhe: “Onde o senhor quer que a aprontemos?” 10  Ele lhes disse: “Escutem: Ao entrarem na cidade, um homem levando um jarro de barro com água encontrará vocês. Sigam-no para dentro da casa em que ele entrar.+ 11  E digam ao proprietário da casa: ‘O Instrutor mandou lhe dizer: “Onde está a sala dos hóspedes, em que eu possa tomar a refeição pascoal com os meus discípulos?”’ 12  E esse homem lhes mostrará uma grande sala mobiliada no andar de cima. Aprontem-na ali.” 13  Eles foram então, e encontraram tudo assim como ele tinha lhes dito, e prepararam a refeição pascoal. 14  Quando chegou a hora, ele se recostou à mesa junto com os apóstolos.+ 15  E ele lhes disse: “Desejei muito comer esta refeição pascoal com vocês antes de sofrer, 16  pois eu lhes digo: Não a comerei de novo até que ela se cumpra no Reino de Deus.” 17  E ele recebeu um cálice, deu graças e disse: “Peguem este cálice e passem-no de um para o outro, 18  pois eu lhes digo: De agora em diante não beberei de novo do produto da videira até que venha o Reino de Deus.” 19  Ele pegou também um pão,+ deu graças, partiu-o e deu a eles, dizendo: “Isto representa o meu corpo,+ que será dado em benefício de vocês.+ Persistam em fazer isso em memória de mim.”+ 20  Ele fez o mesmo com respeito ao cálice, depois de terem tomado a refeição, dizendo: “Este cálice representa o novo pacto+ com base no meu sangue,+ que será derramado em seu benefício.+ 21  “Mas saibam que a mão daquele que me trai está comigo à mesa.+ 22  De fato, o Filho do Homem vai embora, segundo o que foi determinado;+ porém, ai daquele que o trai!”+ 23  Assim, começaram a perguntar uns aos outros qual deles realmente estaria para fazer isso.+ 24  No entanto, eles começaram também uma discussão acalorada sobre qual deles era o maior.+ 25  Mas ele lhes disse: “Os reis das nações dominam sobre elas, e os que têm autoridade sobre elas são chamados de ‘benfeitores’.+ 26  Vocês, porém, não devem ser assim.+ Mas que o maior entre vocês se torne como o mais jovem,+ e o que está na liderança, como aquele que serve.* 27  Pois quem é maior: aquele que está* à mesa ou aquele que serve?* Não é quem está* à mesa? Mas eu estou no meio de vocês como quem serve.*+ 28  “No entanto, vocês são os que ficaram comigo+ nas minhas provações;+ 29  e eu faço com vocês um pacto para um reino,+ assim como o meu Pai fez um pacto comigo, 30  a fim de que vocês comam e bebam à minha mesa, no meu Reino,+ e se sentem em tronos+ para julgar as 12 tribos de Israel.+ 31  “Simão, Simão, escute: Satanás exigiu que todos vocês fossem peneirados como trigo.+ 32  Mas tenho feito súplicas por você para que a sua fé não fraqueje;+ e você, quando tiver voltado, fortaleça os seus irmãos.”+ 33  Então ele lhe disse: “Estou pronto para ir com o Senhor tanto para a prisão como para a morte.”+ 34  Mas ele disse: “Eu lhe digo, Pedro: O galo não cantará hoje até que você tenha negado três vezes que me conhece.”+ 35  Ele lhes disse também: “Quando os enviei sem bolsa de dinheiro, sem bolsa de provisões e sem sandálias,+ será que lhes faltou alguma coisa?” Eles disseram: “Não!” 36  Então ele lhes disse: “Mas agora, quem tiver bolsa de dinheiro, leve-a consigo, e também uma bolsa de provisões; e quem não tiver espada, venda a sua capa e compre uma. 37  Pois eu lhes digo que tem de se cumprir em mim aquilo que foi escrito: ‘Ele foi contado entre os transgressores.’+ Sim, isso está se cumprindo em mim.”+ 38  Disseram então: “Senhor, temos aqui duas espadas.” Ele lhes disse: “É o suficiente.” 39  Ao sair, ele foi, como de costume, para o monte das Oliveiras, e os discípulos também o seguiram.+ 40  Quando chegaram ao lugar, ele lhes disse: “Persistam em orar, para que não caiam em tentação.”+ 41  E ele se afastou deles à distância de um arremesso de pedra, ajoelhou-se e começou a orar, 42  dizendo: “Pai, se tu quiseres, afasta de mim este cálice. Contudo, ocorra não a minha vontade, mas a tua.”+ 43  Apareceu-lhe então um anjo do céu e o fortaleceu.+ 44  Mas ele ficou tão angustiado que orou ainda mais intensamente;+ e o seu suor se tornou como gotas de sangue que caíam no chão. 45  Quando ele se levantou depois de orar e se dirigiu aos discípulos, encontrou-os adormecidos, exaustos de tristeza.+ 46  Ele lhes disse: “Por que vocês estão dormindo? Levantem-se e continuem orando, para que não caiam em tentação.”+ 47  Enquanto ele ainda falava, chegou uma multidão, e o homem chamado Judas, um dos Doze, os liderava, e ele se aproximou de Jesus para beijá-lo.+ 48  Mas Jesus lhe disse: “Judas, você está traindo o Filho do Homem com um beijo?” 49  Quando os que estavam em volta dele viram o que ia acontecer, disseram: “Senhor, devemos atacá-los com a espada?” 50  Um deles até mesmo atacou o escravo do sumo sacerdote, decepando-lhe a orelha direita.+ 51  Mas Jesus disse, em resposta: “Basta!” E tocou na orelha e o curou. 52  Jesus disse então aos principais sacerdotes, aos capitães do templo e aos anciãos que tinham ido ali em busca dele: “Vocês vieram com espadas e bastões, como se eu fosse um bandido?+ 53  Enquanto eu estava com vocês no templo, dia após dia,+ vocês não puseram as mãos em mim.+ Mas esta é a hora de vocês e a autoridade da escuridão.”+ 54  Então o prenderam e o levaram embora+ para a casa do sumo sacerdote. Mas Pedro seguia à distância.+ 55  Quando acenderam um fogo no meio do pátio e se sentaram juntos, Pedro se sentou entre eles.+ 56  Mas uma serva, vendo-o sentado à luz do fogo, olhou atentamente para ele e disse: “Este homem também estava com ele.” 57  Mas ele negou, dizendo: “Não o conheço, mulher.” 58  Pouco tempo depois, outra pessoa o viu e disse: “Você também é um deles.” Mas Pedro disse: “Homem, não sou.”+ 59  E, depois de passar cerca de uma hora, outro homem começou a insistir: “Este homem certamente também estava com ele, pois, de fato, é galileu!” 60  Mas Pedro disse: “Homem, não sei do que você está falando.” E, naquele instante, enquanto ainda falava, um galo cantou. 61  Com isso, o Senhor se virou e olhou diretamente para Pedro, e Pedro se lembrou da declaração do Senhor, que tinha lhe dito: “Hoje, antes de o galo cantar, você me negará três vezes.”+ 62  Então ele saiu e chorou amargamente. 63  Os homens que tinham Jesus em detenção começaram então a zombar dele,+ batendo nele;+ 64  e, depois de lhe cobrirem o rosto, diziam: “Profetize! Quem foi que bateu em você?” 65  E diziam muitas outras blasfêmias contra ele. 66  Quando o dia amanheceu, reuniu-se a assembleia dos anciãos do povo, tanto os principais sacerdotes como os escribas;+ eles o levaram para o Sinédrio e disseram: 67  “Se você é o Cristo, diga-nos.”+ Mas ele lhes disse: “Mesmo que eu lhes dissesse, vocês de modo algum acreditariam. 68  Além disso, se eu lhes fizesse perguntas, vocês não me responderiam. 69  No entanto, de agora em diante o Filho do Homem+ estará sentado à direita poderosa de Deus.”+ 70  Em vista disso, todos perguntaram: “Então, você é o Filho de Deus?” Ele lhes respondeu: “Vocês mesmos dizem que eu sou.” 71  Eles disseram: “Por que precisamos de mais testemunho? Pois nós mesmos ouvimos isso da sua própria boca.”+

Notas de rodapé

Ou: “traí-lo”.
Ou: “traí-lo”.
Ou: “ministra”.
Ou: “se recosta”.
Ou: “ministra”.
Ou: “se recosta”.
Ou: “ministra”.

Notas de estudo

Mídia

Sala no andar de cima
Sala no andar de cima

Algumas casas em Israel tinham dois andares. O acesso ao andar de cima podia ser por dentro da casa, por meio de uma escada de mão ou de uma escada construída com madeira. Também podia ser pelo lado de fora da casa, por meio de uma escada de mão ou de uma escada feita de pedra. Foi numa grande sala no andar de cima, possivelmente parecida com a mostrada aqui, que Jesus celebrou a última Páscoa com seus discípulos e realizou a primeira Ceia do Senhor. (Lu 22:12, 19, 20) Parece que, quando o espírito de Deus foi derramado sobre cerca de 120 discípulos no dia da Festividade de Pentecostes, em 33 d.C., eles estavam em uma sala no andar de cima de uma casa em Jerusalém. — At 1:​15; 2:​1-4.

O Sinédrio
O Sinédrio

O supremo tribunal judaico, formado por 71 membros, era chamado de Grande Sinédrio e ficava em Jerusalém. (Veja o Glossário, “Sinédrio”.) De acordo com a Mishná, os membros do Sinédrio se sentavam num semicírculo de três degraus, e dois escrivães registravam as decisões do tribunal. Alguns dos detalhes arquitetônicos mostrados aqui se baseiam numa estrutura descoberta em Jerusalém que alguns acreditam ser a Sala do Conselho, do século 1 d.C. — Veja o mapa “Jerusalém e proximidades” no Apêndice B12-A.

1. Sumo sacerdote

2. Membros do Sinédrio

3. Acusado

4. Escrivães