Jeremias 38:1-28

38  Sefatias, filho de Matã, Gedalias, filho de Pasur, Jucal,+ filho de Selemias, e Pasur,+ filho de Malquias, ouviram as seguintes palavras que Jeremias estava dizendo a todo o povo:  “Assim diz Jeová: ‘Quem permanecer nesta cidade morrerá pela espada, pela fome e pela peste.*+ Mas quem se render* aos caldeus continuará vivo; terá a sua vida como despojo* e viverá.’+  Assim diz Jeová: ‘Esta cidade certamente será entregue ao exército do rei de Babilônia, e ele a tomará.’”+  Os príncipes disseram ao rei: “Por favor, ordene que esse homem seja morto,+ pois com essas palavras ele está desanimando os* soldados que restam nesta cidade e também todo o povo. Esse homem não busca a paz deste povo, mas a calamidade deles.”  O rei Zedequias respondeu: “Ele está nas suas mãos, pois o rei não pode fazer nada para impedir vocês.”  Então pegaram Jeremias e o lançaram na cisterna de Malquias, filho do rei, a qual ficava no Pátio da Guarda.+ Eles desceram Jeremias usando cordas. Não havia água na cisterna, só lama; e Jeremias começou a afundar na lama.  Ebede-Meleque,+ o etíope, que era um eunuco* na casa* do rei, ouviu que tinham posto Jeremias na cisterna. O rei estava sentado no Portão de Benjamim,+  quando Ebede-Meleque saiu da casa* do rei e disse a ele:  “Ó meu senhor, o rei, o que esses homens fizeram ao profeta Jeremias é muito mau! Eles o lançaram na cisterna, e ele morrerá de fome ali, pois não há mais pão na cidade.”+ 10  O rei ordenou então a Ebede-Meleque, o etíope: “Leve 30 homens daqui com você e tire o profeta Jeremias da cisterna antes que ele morra.” 11  Assim, Ebede-Meleque levou consigo os homens e entrou na casa* do rei, num lugar debaixo da sala do tesouro.+ Ali eles pegaram alguns trapos e panos velhos e os desceram por meio de cordas a Jeremias, na cisterna. 12  Ebede-Meleque, o etíope, disse então a Jeremias: “Por favor, ponha os trapos e os panos debaixo dos braços, e depois as cordas.” Jeremias fez isso, 13  e puxaram Jeremias com as cordas e o tiraram da cisterna. E Jeremias permaneceu no Pátio da Guarda.+ 14  O rei Zedequias mandou trazer o profeta Jeremias até onde ele estava, na terceira entrada, que fica na casa de Jeová. E o rei disse a Jeremias: “Tenho uma pergunta para lhe fazer. Não me esconda nada.” 15  Jeremias disse então a Zedequias: “Se eu lhe responder, o senhor certamente me matará. E, se eu lhe der um conselho, o senhor não me escutará.” 16  Então o rei Zedequias jurou secretamente a Jeremias, dizendo: “Tão certo como vive Jeová, que nos deu a vida,* eu não o matarei, nem o entregarei a esses homens que procuram tirar a sua vida.”* 17  Jeremias disse então a Zedequias: “Assim diz Jeová, o Deus dos exércitos, o Deus de Israel: ‘Se você se render* aos príncipes do rei de Babilônia, a sua vida será poupada,* e esta cidade não será queimada com fogo; você e os da sua casa serão poupados.+ 18  Mas, se você não se render* aos príncipes do rei de Babilônia, esta cidade será entregue aos caldeus, eles a queimarão com fogo,+ e você não escapará das mãos deles.’”+ 19  O rei Zedequias disse então a Jeremias: “Estou com medo dos judeus que desertaram para o lado dos caldeus. Pois, se eu for entregue a eles, eles talvez me tratem com crueldade.” 20  Mas Jeremias disse: “O senhor não será entregue a eles. Obedeça, por favor, à voz de Jeová, fazendo o que eu lhe digo, e o senhor ficará bem e continuará vivo.* 21  Mas, se o senhor se recusar a se render,* isto é o que Jeová me revelou: 22  Vejo todas as mulheres que restaram na casa* do rei de Judá sendo levadas para fora aos príncipes do rei de Babilônia,+ e elas dizem:‘Os homens em quem você confiava* o enganaram e o dominaram.+ Fizeram os seus pés afundar na lama. Agora viraram as costas e fugiram.’ 23  Estão levando todas as suas esposas e os seus filhos aos caldeus. E o senhor não escapará das mãos deles, mas será pego pelo rei de Babilônia;+ e por causa do senhor esta cidade será queimada com fogo.”+ 24  Então Zedequias disse a Jeremias: “Não deixe ninguém saber dessas coisas, para que você não morra. 25  Se os príncipes souberem que falei com você e vierem dizer-lhe: ‘Por favor, conte-nos o que você disse ao rei. Não nos esconda nada, e nós não o mataremos.+ E o que o rei lhe disse?’, 26  então responda a eles: ‘Eu estava fazendo um pedido ao rei, para que ele não me mandasse de volta à casa de Jeonatã para morrer ali.’”+ 27  Depois disso, todos os príncipes foram até Jeremias e o interrogaram. Ele lhes disse tudo que o rei lhe havia ordenado. Portanto, eles não lhe perguntaram mais nada, pois nenhum deles tinha escutado a conversa. 28  Jeremias permaneceu no Pátio da Guarda+ até o dia em que Jerusalém foi tomada; ele ainda estava ali quando Jerusalém foi tomada.+

Notas de rodapé

Ou: “doença”.
Lit.: “quem sair”.
Ou: “escapará com a sua vida (alma)”.
Lit.: “ele enfraquece as mãos dos”.
Ou: “oficial da corte”.
Ou: “no palácio”.
Ou: “do palácio”.
Ou: “no palácio”.
Ou: “fez para nós esta alma”.
Ou: “procuram a sua alma”.
Lit.: “você sair”.
Ou: “a sua alma continuará viva”.
Lit.: “não sair”.
Ou: “e a sua alma continuará viva”.
Lit.: “a sair”.
Ou: “no palácio”.
Lit.: “Os homens da sua paz”.

Notas de estudo

Mídia