Jeremias 31:1-40

31  “Naquele tempo”, diz Jeová, “eu me tornarei o Deus de todas as famílias de Israel, e eles se tornarão o meu povo”.+   Assim diz Jeová: “O povo que sobreviveu à espada obteve favor no deserto,Enquanto Israel caminhava para o seu lugar de descanso.”   De longe Jeová apareceu a mim e disse: “Eu amo você com um amor eterno. Por isso eu a atraí a mim com amor leal.*+   Ainda vou reconstruí-la, e você será reconstruída.+ Ó virgem de Israel, você pegará novamente os seus pandeirosE sairá dançando alegremente.*+   Você plantará novamente vinhedos nos montes de Samaria;+Os lavradores plantarão e comerão os seus frutos.+   Pois chegará o dia em que os vigias nos montes de Efraim clamarão: ‘Vamos, subamos a Sião, a Jeová, nosso Deus.’”+   Pois assim diz Jeová: “Gritem a Jacó com alegria, Gritem de júbilo porque vocês estão acima das nações.+ Proclamem isso; deem louvor e digam:‘Ó Jeová, salva o teu povo, o restante de Israel.’+   Vou trazê-los de volta da terra do norte.+ Vou reuni-los das partes mais distantes da terra.+ Entre eles haverá cegos e mancos,+Mulheres grávidas e as que estiverem para dar à luz, todos juntos. Como uma grande congregação, voltarão para cá.+   Eles virão chorando.+ Eu os guiarei enquanto suplicam o meu favor. Eu os conduzirei a correntes* de água,+Por um caminho plano que não os fará tropeçar. Pois eu sou um Pai para Israel, e Efraim é o meu primogênito.”+ 10  Ouçam a palavra de Jeová, ó nações,E proclamem-na entre as ilhas distantes:+ “Aquele que espalhou Israel é quem o reunirá. Ele o protegerá* como o pastor faz com o seu rebanho.+ 11  Pois Jeová resgatará Jacó+E o livrará* das mãos daquele que é mais forte do que ele.+ 12  Eles virão e gritarão de alegria no alto de Sião,+E ficarão radiantes com a bondade de* Jeová,Com o cereal, o vinho novo+ e o azeite,E com as crias das ovelhas e dos bois.+ Eles se tornarão* como um jardim bem regado,+E nunca mais desfalecerão.”+ 13  “Naquele tempo as virgens dançarão alegremente,Também os jovens junto com os idosos.+ Eu transformarei o seu choro em exultação.+ Eu os consolarei e lhes darei alegria no lugar da sua tristeza.+ 14  Satisfarei os sacerdotes* com fartura de alimento,*E o meu povo se saciará com a minha bondade”,+ diz Jeová. 15  “Assim diz Jeová: ‘Ouve-se uma voz em Ramá,+ lamentação e choro amargo: Raquel está chorando pelos seus filhos.+ Ela se recusa a ser consolada,Porque eles já não existem.’”+ 16  Assim diz Jeová: “‘Pare de chorar e enxugue as suas lágrimas,Pois há uma recompensa pelo seu trabalho’, diz Jeová. ‘Eles voltarão da terra do inimigo.’+ 17  ‘Há esperança para o seu futuro’,+ diz Jeová. ‘Seus filhos voltarão à sua própria terra.’”+ 18  “Eu ouvi claramente o lamento de Efraim:‘Tu me corrigiste, e eu fui corrigido,Como um bezerro que ainda não foi treinado. Traz-me de volta, e eu voltarei prontamente,Pois tu és Jeová, meu Deus. 19  Depois que voltei atrás, senti remorso;+Depois que entendi, bati na coxa em lamento. Eu me senti envergonhado e humilhado,+Pois eu trazia comigo a desonra da minha juventude.’” 20  “Não é Efraim um filho precioso para mim, um filho amado?+ Quanto mais falo contra ele, mais me lembro dele. Por isso é que minhas emoções* estão agitadas por causa dele.+ Eu certamente terei compaixão dele”, diz Jeová.+ 21  “Ponha marcos na estrada,E erga sinais nela.+ Preste atenção na estrada, no caminho que você terá de percorrer.+ Volte, ó virgem de Israel, volte às suas cidades. 22  Até quando você ficará indecisa, ó filha infiel? Pois Jeová criou algo novo na terra: Uma mulher buscará ansiosamente um homem.” 23  Assim diz Jeová dos exércitos, o Deus de Israel: “Novamente se dirão estas palavras na terra de Judá e nas suas cidades, quando eu trouxer de volta o seu povo cativo: ‘Que Jeová o abençoe, ó morada justa,+ ó monte santo.’+ 24  Nela habitarão Judá junto com todas as suas cidades, os lavradores e aqueles que conduzem os rebanhos.+ 25  Pois vou satisfazer o cansado* e saciar aquele* que estiver desfalecendo.”+ 26  Nisto eu acordei e abri os olhos, e o meu sono tinha sido agradável. 27  “Vejam! Estão chegando os dias”, diz Jeová, “em que vou semear a casa de Israel e a casa de Judá com semente* de homem e semente de animal”.+ 28  “E, assim como fiquei atento a eles para arrancar, demolir, derrubar, destruir e prejudicar,+ assim ficarei atento a eles para edificar e plantar”,+ diz Jeová. 29  “Naqueles dias não se dirá mais: ‘Os pais comeram uvas azedas, mas foram os filhos que ficaram com o gosto azedo na boca.’*+ 30  Em vez disso, cada um morrerá por causa do seu próprio erro. Quem comer uvas azedas é que ficará com o gosto azedo na boca.” 31  “Vejam! Estão chegando os dias”, diz Jeová, “em que farei com a casa de Israel e com a casa de Judá um novo pacto.+ 32  Não será como o pacto que fiz com os seus antepassados no dia em que os peguei pela mão para tirá-los da terra do Egito,+ ‘pacto meu que eles violaram,+ embora eu fosse o verdadeiro dono deles’,* diz Jeová”. 33  “Pois este é o pacto que farei com a casa de Israel depois daqueles dias”, diz Jeová. “Porei a minha lei no seu íntimo+ e a escreverei no seu coração.+ E eu me tornarei o seu Deus, e eles se tornarão o meu povo.”+ 34  “E não ensinarão mais cada um ao seu próximo e cada um ao seu irmão, dizendo: ‘Conheçam a Jeová!’+ Porque todos eles me conhecerão, desde o menor até o maior”,+ diz Jeová. “Pois perdoarei o seu erro e não me lembrarei mais do seu pecado.”+ 35  Assim diz Jeová,Aquele que dá o sol para iluminar o dia,As leis* da lua e das estrelas para iluminar a noite,Aquele que faz o mar ficar revolto e agita as suas ondas,Cujo nome é Jeová dos exércitos:+ 36  “‘Se essas leis falhassem’, diz Jeová,‘Só então a descendência de Israel deixaria de ser uma nação diante de mim para sempre’.”+ 37  Assim diz Jeová: “‘Se os céus em cima pudessem ser medidos e os alicerces da terra embaixo pudessem ser explorados, só então eu poderia rejeitar toda a descendência de Israel por causa de tudo o que fizeram’, diz Jeová.”+ 38  “Vejam! Estão chegando os dias”, diz Jeová, “em que a cidade será reconstruída+ para Jeová, desde a Torre de Hananel+ até o Portão da Esquina.+ 39  E a corda de medir+ será estendida até a colina de Garebe, e virará na direção de Goa. 40  E todo o vale* dos cadáveres e das cinzas,* e todos os terraços de lavoura até o vale do Cédron,+ sim, até a esquina do Portão dos Cavalos,+ no leste, serão algo sagrado para Jeová.+ A cidade nunca mais será arrancada nem derrubada.”

Notas de rodapé

Ou: “continuei a mostrar amor leal a você”.
Ou: “sairá na dança dos que estão rindo”.
Ou: “uádis”.
Ou: “Vigiará sobre ele”.
Ou: “reivindicará”.
Ou: “as coisas boas da parte de”.
Ou: “Sua alma se tornará”.
Ou: “a alma dos sacerdotes”.
Lit.: “com gordura”.
Lit.: “meus intestinos”.
Ou: “a alma cansada”.
Ou: “a alma”.
Ou: “descendência”.
Lit.: “mas os dentes dos filhos ficaram embotados”.
Ou, possivelmente: “o marido deles”.
Ou: “Os decretos”.
Ou: “toda a baixada”.
Ou: “cinzas gordurosas”, isto é, cinzas impregnadas da gordura dos sacrifícios.

Notas de estudo

Mídia