Lamentações 1:1-22

א [álefe]* 1  Como ela está solitária, a cidade que era tão cheia de gente!+ Aquela que era populosa entre as nações+ se tornou como uma viúva. Aquela que era princesa entre as províncias* foi sujeita a trabalhos forçados.+ ב [bete]   Ela chora muito durante a noite,+ e suas lágrimas correm pelo rosto. De todos os seus amantes, não ficou nenhum para consolá-la.+ Todos os seus companheiros a traíram;+ tornaram-se seus inimigos. ג [guímel]   Judá foi para o exílio+ debaixo de aflição e de dura escravidão.+ Ela tem de morar entre as nações;+ não encontra nenhum lugar de descanso. Todos os seus perseguidores a alcançaram quando ela estava aflita. ד [dálete]   As estradas para Sião estão de luto, porque ninguém vem às festividades.+ Todos os seus portões ficaram desolados;+ seus sacerdotes estão gemendo. Suas moças* estão desconsoladas, e ela sofre amargamente. ה []   Seus adversários são agora o seu senhor;* seus inimigos estão despreocupados.+ Pois Jeová lhe trouxe pesar por causa das suas muitas transgressões.+ Suas crianças foram para o cativeiro diante do adversário.+ ו [vau]   Todo o esplendor da filha de Sião se foi.+ Seus príncipes são como cervos que não têm pastoE caminham exaustos diante do perseguidor. ז [zaine]   Nestes dias, em que está aflita e sem lar, Jerusalém se lembraDe todas as coisas preciosas que eram suas nos tempos antigos.+ Quando o seu povo caiu nas mãos do adversário e ninguém veio ajudá-la,+Os adversários a viram e riram da* sua queda.+ ח [hete]   Jerusalém pecou gravemente.+ Por isso se tornou uma coisa abominável. Todos os que a honravam a tratam agora com desprezo, pois viram a sua nudez.+ Ela mesma geme+ e se afasta envergonhada. ט [tete]   Sua impureza está nas suas saias. Ela não pensou no seu futuro.+ Sua queda foi espantosa; ela não tem ninguém para consolá-la. Ó Jeová, vê a minha aflição, pois o inimigo se enalteceu.+ י [iode] 10  O adversário pôs as mãos em todos os tesouros dela.+ Ela viu nações entrar no seu santuário,+As quais proibiste de entrar na tua congregação. כ [cafe] 11  Todo o seu povo está gemendo; estão procurando pão.+ Deram as suas coisas preciosas em troca de algo para comer, só para continuar vivos.* Olha, Jeová, e vê como eu me tornei uma mulher* sem valor. ל [lâmede] 12  Será que isso não significa nada para nenhum de vocês que passam pela estrada? Olhem e vejam! Existe alguma dor igual à dor com que fui punida,A dor que Jeová me fez sentir no dia da sua ira ardente?+ מ [meme] 13  Do alto ele enviou um fogo para dentro dos meus ossos,+ e domina cada um deles. Estendeu uma rede para os meus pés; forçou-me a voltar para trás. Fez de mim uma mulher abandonada. Estou doente o dia inteiro. נ [nune] 14  Minhas transgressões estão amarradas como um jugo, atadas pelas mãos dele. Foram colocadas no meu pescoço, e minhas forças se esgotaram. Jeová me entregou nas mãos daqueles a quem não posso vencer.+ ס [sâmeque] 15  Jeová lançou fora todos os guerreiros que havia no meu meio.+ Convocou uma multidão contra mim para esmagar os meus jovens.+ Jeová pisou a virgem filha de Judá no lagar de vinho.+ ע [aine] 16  Estou chorando por causa dessas coisas;+ lágrimas escorrem dos meus olhos. Pois está longe de mim quem possa me consolar ou me reanimar.* Meus filhos ficaram desolados, pois o inimigo venceu. פ [] 17  Sião estendeu as mãos;+ ela não tem ninguém para consolá-la. Jeová mandou contra Jacó todos os adversários ao seu redor.+ Jerusalém se tornou uma coisa abominável para eles.+ צ [tsadê] 18  Jeová é justo,+ pois foi contra as suas ordens* que me rebelei.+ Escutem, todos os povos, e vejam a minha dor. Minhas moças* e meus rapazes foram para o cativeiro.+ ק [cofe] 19  Chamei os meus amantes, mas eles me traíram.+ Meus sacerdotes e meus anciãos morreram na cidade,Enquanto procuravam alimento para ficar vivos.*+ ר [rexe] 20  Vê, ó Jeová, como estou em grande aflição. Minhas entranhas* estão em alvoroço. Meu coração ficou angustiado no meu íntimo, pois fui muito rebelde.+ Do lado de fora a espada mata;+ dentro de casa é como a morte. ש [chim] 21  As pessoas ouvem os meus gemidos; não há ninguém para me consolar. Todos os meus inimigos ouviram falar da minha calamidade. Eles estão alegres, porque tu a causaste.+ Mas tu farás chegar o dia proclamado por ti,+ quando eles ficarão como eu.+ ת [tau] 22  Que toda a maldade deles chegue diante de ti, e que tu os trates com severidade,+Assim como me trataste com severidade por causa de todas as minhas transgressões. Pois muitos são os meus gemidos, e o meu coração está doente.

Notas de rodapé

Os capítulos 1-4 são cânticos fúnebres em forma de acróstico alfabético hebraico.
Ou: “os distritos jurisdicionais”.
Lit.: “virgens”.
Lit.: “cabeça”.
Ou: “e se alegraram com a”.
Ou: “para restaurar a alma”.
Personificação de Jerusalém.
Ou: “ou reanimar a minha alma”.
Lit.: “a sua boca”.
Lit.: “virgens”.
Ou: “para restaurar a alma”.
Lit.: “Meus intestinos”.

Notas de estudo

Mídia