Gênesis 32:1-32

32  Jacó seguiu caminho, e os anjos de Deus se encontraram com ele.  Assim que os viu, Jacó exclamou: “Este é o acampamento de Deus!” Por isso deu àquele lugar o nome de Maanaim.*  Então Jacó enviou na sua frente mensageiros a Esaú, seu irmão, na terra de Seir,+ o território* de Edom,+  e lhes ordenou: “Vocês dirão o seguinte ao meu senhor Esaú: ‘Assim diz o seu servo Jacó: “Morei* com Labão por muito tempo, até agora.+  E adquiri touros, jumentos, ovelhas, servos e servas,+ e eu estou mandando esta mensagem para informar isso ao meu senhor, a fim de achar favor aos seus olhos.”’”  Após um tempo os mensageiros voltaram a Jacó, dizendo: “Estivemos com seu irmão Esaú; agora ele está vindo ao seu encontro, e com ele há 400 homens.”+  Jacó ficou aflito e com muito medo,+ de modo que dividiu em dois grupos o povo que estava com ele, bem como as ovelhas, os bois e os camelos.  Ele disse: “Se Esaú atacar um grupo, o outro grupo poderá escapar.”  Depois disso Jacó disse: “Ó Deus de meu pai Abraão e Deus de meu pai Isaque, ó Jeová, tu que me dizes: ‘Volte à sua terra e aos seus parentes, e eu o tratarei bem’,+ 10  não mereço todo o amor leal e toda a fidelidade que demonstras ao teu servo,+ pois, quando atravessei este Jordão, tinha apenas o meu bastão, e agora me tornei dois grandes grupos.+ 11  Livra-me, eu te rogo,+ da mão de meu irmão Esaú, pois estou com medo dele, de que venha e ataque a mim+ e às mães com os filhos. 12  Foste tu que disseste: ‘Eu certamente o tratarei bem e tornarei a sua descendência* como os grãos de areia do mar, que são numerosos demais para ser contados.’”+ 13  Ele passou a noite ali. Então, daquilo que tinha, separou um presente para Esaú, seu irmão:+ 14  200 cabras, 20 bodes, 200 ovelhas, 20 carneiros, 15  30 camelas que amamentavam e as suas crias, 40 vacas, 10 touros, 20 jumentas e 10 jumentos.+ 16  Ele os entregou aos seus servos, um rebanho após o outro, e lhes disse: “Passem à minha frente, e vocês devem deixar um espaço entre um rebanho e outro.” 17  Ele também ordenou ao primeiro servo: “Caso Esaú, meu irmão, o encontre e pergunte: ‘A quem você pertence, para onde vai e a quem pertencem estes animais na sua frente?’, 18  você deve dizer: ‘Ao seu servo Jacó. São um presente que ele está enviando ao meu senhor Esaú;+ e ele mesmo também está vindo atrás de nós!’” 19  Ordenou também ao segundo, ao terceiro e a todos os que acompanhavam os rebanhos: “Quando encontrarem Esaú, devem lhe falar essas palavras. 20  Devem dizer também: ‘Seu servo Jacó está vindo atrás de nós.’” Pois dizia a si mesmo: ‘Se eu o acalmar mandando um presente antes de mim,+ ele talvez me receba bem quando eu o encontrar depois.’ 21  De modo que o presente foi enviado à frente dele, mas ele mesmo passou a noite no acampamento. 22  Mais tarde naquela noite, ele se levantou e, levando suas duas esposas,+ suas duas servas+ e seus onze filhos jovens, passou pelo ponto de travessia do Jaboque.+ 23  Assim, ele os levou e os fez atravessar a água* com tudo o que tinha. 24  Finalmente Jacó ficou sozinho. Então um homem começou a lutar com ele até raiar o dia.+ 25  Quando viu que não tinha vencido a Jacó, tocou-lhe na articulação do quadril; e o quadril de Jacó se deslocou enquanto lutava com ele.+ 26  Depois disse: “Deixe-me ir, pois o dia está raiando.” Então Jacó disse: “Não o deixarei ir, a menos que me abençoe.”+ 27  Perguntou-lhe, então: “Qual é o seu nome?” Ele respondeu: “Jacó.” 28  E ele disse: “Seu nome não será mais Jacó, mas sim Israel,*+ pois você lutou com Deus+ e com homens e por fim saiu vencedor.” 29  Jacó lhe disse: “Diga-me o seu nome, por favor.” No entanto, ele respondeu: “Por que você pergunta o meu nome?”+ Então o abençoou ali. 30  Por isso Jacó deu ao lugar o nome de Peniel,*+ pois ele disse: “Eu vi a Deus face a face, e ainda assim minha vida* foi preservada.”+ 31  E o sol começou a brilhar sobre ele assim que passou por Penuel,* mas ele mancava por causa do seu quadril.+ 32  É por isso que até o dia de hoje os filhos de Israel não costumam comer o tendão da coxa,* que fica na articulação do quadril, porque ele tocou na articulação do quadril de Jacó, no tendão da coxa.

Notas de rodapé

Que significa “dois acampamentos”.
Lit.: “campo”.
Ou: “Morei como estrangeiro”.
Lit.: “semente”.
Ou: “o vale da torrente; o uádi”.
Que significa “aquele que luta (persevera) com Deus” ou “Deus luta”.
Que significa “face de Deus”.
Ou: “alma”.
Ou: “Peniel”.
Lit.: “o tendão do nervo da coxa”.

Notas de estudo

Mídia