O Cântico de Salomão 4:1-16

4  “Como você é bela, minha amada! Como você é bela! Seus olhos por trás do véu são como os das pombas. Seu cabelo é como um rebanho de cabrasQue descem as montanhas de Gileade.+   Seus dentes são como um rebanho de ovelhas recém-tosquiadasQue acabam de ser lavadas;Todas elas com gêmeos,E nenhuma perdeu a cria.   Seus lábios são como um fio escarlate,E sua fala é agradável. Como as metades de uma romãSão as suas faces* atrás do véu.   Seu pescoço+ é como a torre de Davi,+Construída com fileiras de pedras,Na qual se penduram mil escudos,Todos os escudos redondos dos guerreiros valentes.+   Seus seios são como dois filhotes de cervo,Crias gêmeas de uma gazela,+Que pastam entre os lírios.”   “Antes que sopre a brisa do dia* e as sombras fujam,Irei ao monte de mirraE à colina de olíbano.”+   “Você é inteiramente bela, minha amada,+Não há defeito em você.   Desçamos juntos do Líbano, minha noiva,Desçamos juntos do Líbano.+ Desça do cume do Amana,*Do cume de Senir, do cume do Hermom,+Dos esconderijos dos leões, das montanhas dos leopardos.   Você roubou meu coração,+ minha irmã, minha noiva,Roubou meu coração com apenas um olhar,Com apenas um pingente do seu colar. 10  Como são belas as suas expressões de amor,+ minha irmã, minha noiva! Suas expressões de amor são muito melhores do que o vinho;+E a fragrância do seu perfume, do que qualquer especiaria!+ 11  Seus lábios, minha noiva, gotejam mel dos favos.+ Há mel e leite sob a sua língua,+E a fragrância das suas roupas é como a fragrância do Líbano. 12  Minha irmã, minha noiva, é como um jardim trancado;Um jardim trancado, uma fonte fechada. 13  Seus brotos são* um paraíso* de romãs,Com os frutos mais seletos, também hena junto com nardo, 14  Nardo+ e açafrão, cálamo*+ e canela,+Junto com todo tipo de árvores de olíbano, também mirra e aloés,+Junto com todos os perfumes mais finos.+ 15  Você é uma fonte de jardim, um poço de água doce,E riachos vindos do Líbano.+ 16  Desperte, ó vento norte;Entre, ó vento sul. Sopre suavemente no meu jardim, Para que se espalhem os seus perfumes.” “Que o meu querido entre no seu jardimE coma dos seus frutos seletos.”

Notas de rodapé

Ou: “têmporas”.
Lit.: “que o dia respire”.
Ou: “Antilíbano”.
Ou, possivelmente: “Sua pele é”.
Ou: “jardim”.
Uma cana aromática.

Notas de estudo

Mídia