O primeiro dos Reis 15:1-34

15  No décimo oitavo ano do rei Jeroboão,+ filho de Nebate, Abião* tornou-se rei sobre Judá.+  Ele reinou por três anos em Jerusalém. O nome da sua mãe era Maacá,+ neta de Absalão.*  Abião cometeu os mesmos pecados que o seu pai cometeu antes dele e seu coração não era pleno para com* Jeová, seu Deus, assim como era o coração de Davi, seu antepassado.  Mas, por causa de Davi,+ Jeová, seu Deus, lhe deu uma lâmpada em Jerusalém,+ suscitando seu filho como sucessor e assegurando a permanência de Jerusalém.  Pois Davi fez o que era certo aos olhos de Jeová e, durante todos os dias da sua vida, não se desviou de nada que ele lhe ordenou, a não ser no caso de Urias, o hitita.+  E houve guerra entre Roboão e Jeroboão durante todos os dias da sua vida.+  Quanto aos outros acontecimentos da história de Abião, tudo o que ele fez, não estão escritos no livro da história da época dos reis de Judá?+ Também houve guerra entre Abião e Jeroboão.+  Então Abião descansou com os seus antepassados, e o enterraram na Cidade de Davi; e Asa,+ seu filho, tornou-se rei no seu lugar.+  No vigésimo ano de Jeroboão, rei de Israel, Asa começou a reinar em Judá. 10  Ele reinou por 41 anos em Jerusalém. O nome da sua avó era Maacá,+ neta de Absalão.* 11  Asa fez o que era certo aos olhos de Jeová,+ assim como Davi, seu antepassado. 12  Ele expulsou do país os prostitutos de templo+ e removeu todos os ídolos repugnantes* que os seus antepassados haviam feito.+ 13  Asa até mesmo removeu a sua avó Maacá+ da posição de rainha-mãe,* porque ela tinha feito um ídolo obsceno para a adoração do poste sagrado.* Ele derrubou o ídolo obsceno+ dela e o queimou no vale do Cédron.+ 14  Mas os altos sagrados não foram removidos.+ No entanto, o coração de Asa foi pleno para com* Jeová durante toda a sua vida.* 15  E ele levou para dentro da casa de Jeová as coisas que ele e o seu pai haviam tornado sagradas: prata, ouro e diversos utensílios.+ 16  Sempre houve guerra entre Asa e Baasa,+ rei de Israel. 17  Baasa, rei de Israel, veio contra Judá e começou a fortificar* Ramá,+ para não deixar ninguém sair nem entrar no território de* Asa, rei de Judá.+ 18  Em vista disso, Asa pegou toda a prata e o ouro que tinham sobrado no tesouro da casa de Jeová e no tesouro da casa* do rei e os entregou aos seus servos. Então o rei Asa os enviou a Ben-Hadade, filho de Tabrimom, filho de Heziom, rei da Síria,+ que morava em Damasco, com a seguinte mensagem: 19  “Há um acordo* entre mim e você, e entre o meu pai e o seu pai. Estou lhe enviando prata e ouro como presente. Desfaça o seu acordo* com Baasa, rei de Israel, para que ele se retire do meu território.” 20  Ben-Hadade escutou o rei Asa e enviou os chefes dos seus exércitos contra as cidades de Israel, e eles atacaram Ijom,+ Dã,+ Abel-Bete-Maacá, todo o Quinerete e toda a terra de Naftali. 21  Assim que Baasa soube disso, parou de fortificar* Ramá e permaneceu em Tirza.+ 22  Então o rei Asa convocou todo o Judá — ninguém foi isentado —, e eles levaram embora as pedras e as madeiras de Ramá, com as quais Baasa estava construindo, e com elas o rei Asa fortificou* Geba,+ em Benjamim, e Mispá.+ 23  Quanto a todos os outros acontecimentos da história de Asa, todos os seus atos poderosos, tudo o que ele fez e as cidades que construiu,* não estão escritos no livro da história da época dos reis de Judá? Mas na sua velhice ele sofreu de uma doença nos pés.+ 24  Então Asa descansou com os seus antepassados e foi enterrado com eles na Cidade de Davi, seu antepassado; e Jeosafá,+ seu filho, tornou-se rei no seu lugar. 25  Nadabe,+ filho de Jeroboão, tornou-se rei sobre Israel no segundo ano de Asa, rei de Judá, e ele reinou sobre Israel por dois anos. 26  Ele fazia o que era mau aos olhos de Jeová e andava no caminho do seu pai+ e no pecado dele, que ele tinha levado Israel a cometer.+ 27  Baasa, filho de Aías, da casa de Issacar, conspirou contra Nadabe, e Baasa o matou em Gibetom,+ que pertencia aos filisteus, enquanto Nadabe e todo o Israel cercavam Gibetom. 28  Baasa o matou no terceiro ano de Asa, rei de Judá, e tornou-se rei no seu lugar. 29  E, assim que ele se tornou rei, matou todos os da casa de Jeroboão. Não deixou ninguém* da casa de Jeroboão escapar; eliminou a todos, segundo a palavra que Jeová tinha falado por meio do seu servo Aías, o silonita.+ 30  Isso aconteceu por causa dos pecados que Jeroboão havia cometido e levado Israel a cometer, e porque tinha ofendido muito a Jeová, o Deus de Israel. 31  Quanto aos outros acontecimentos da história de Nadabe, tudo o que ele fez, não estão escritos no livro da história da época dos reis de Israel? 32  E sempre houve guerra entre Asa e Baasa, rei de Israel.+ 33  No terceiro ano de Asa, rei de Judá, Baasa, filho de Aías, tornou-se rei em Tirza sobre todo o Israel, e reinou por 24 anos.+ 34  Mas ele fazia o que era mau aos olhos de Jeová+ e andava no caminho de Jeroboão e no pecado dele, que ele tinha levado Israel a cometer.+

Notas de rodapé

Também chamado de Abias.
Lit.: “Abissalão”, grafia variante.
Ou: “plenamente devotado a”.
Lit.: “Abissalão”, grafia variante.
O termo hebraico talvez esteja relacionado a uma palavra para “esterco” e é usado como expressão de desprezo.
Ou: “de senhora”.
Ou: “plenamente devotado a”.
Lit.: “todos os seus dias”.
Ou: “reconstruir”.
Lit.: “sair ou entrar até”.
Ou: “do palácio”.
Ou: “pacto”.
Ou: “pacto”.
Ou: “reconstruir”.
Ou: “reconstruiu”.
Ou: “fortificou; reconstruiu”.
Ou: “ninguém que respirasse”. Lit.: “nenhum fôlego”.

Notas de estudo

Mídia