Salmo 64:1-10

Ao regente. Uma melodia de Davi. 64  Ouve, ó Deus, minha voz na minha preocupação.+Resguarda a minha vida do pavor do inimigo.+   Que tu me escondas da palestra confidencial dos malfeitores,+Do tumulto dos que praticam o que é prejudicial,+   Que afiaram a sua língua como uma espada,+Que apontaram suas flechas, a fala amarga,+   Para atirar de esconderijos sobre alguém inculpe.+De repente atiram contra ele e não temem.+   Atêm-se à má fala;+Fazem declarações sobre encobrir laços.+Disseram: “Quem os* vê?”+   Continuam a pesquisar coisas injustas;+Encobriram um ardil astucioso bem pesquisado,+E o íntimo de cada um, sim, [seu] coração, é profundo.+   Mas, de repente, Deus atirará contra eles com uma flecha.+Resultaram-lhes feridas,+   E fazem tropeçar.+[Mas] a sua língua é contra eles mesmos.+Todos os que olharem para eles menearão a cabeça,+   E todos os homens terrenos ficarão com medo;+E contarão a atividade de Deus,+E certamente terão perspicácia quanto ao Seu trabalho.+ 10  E o justo se alegrará em Jeová e deveras se refugiará nele;+E jactar-se-ão todos os retos no coração.+

Notas de rodapé

“Os”, MTLXXVg; Sy: “nos”.