Salmo 62:1-12

Ao regente de Jedutum.* Uma melodia de Davi. 62  Deveras é por Deus que a minha alma [espera em] silêncio.*+Dele procede a minha salvação.+   Deveras, ele é a minha rocha e a minha salvação, a minha altura protetora;+Não serei abalado muito.+   Até quando procedereis freneticamente contra o homem a quem assassinaríeis?+Todos vós sois como parede inclinada, um muro de pedras que está sendo empurrado para dentro.+   Dão deveras conselho a fim de dissuadir alguém da sua própria dignidade;+Têm prazer na mentira.+Com a sua boca abençoam, mas no íntimo estão invocando o mal.+ Selá.   Deveras, espera quietamente por Deus, ó minha alma,+Porque dele provém a minha esperança.+   Deveras, ele é a minha rocha e a minha salvação, a minha altura protetora;+Não serei abalado.+   Sobre Deus estão a minha salvação e a minha glória.+Minha forte rocha, meu refúgio está em Deus.+   Confiai nele em todos os tempos, ó povo.+Derramai vosso coração diante dele.+Deus é um refúgio para nós.+ Selá.   Deveras, os filhos do homem terreno* são uma exalação,+Os filhos da humanidade* são mentira.+Deitados na balança são juntos mais leves do que uma exalação.+ 10  Não confieis na defraudação,+Nem vos torneis vãos em puro roubo.+Caso medrem os meios de subsistência, não fixeis o coração [neles].+ 11  Deus falou uma vez, ouvi isto duas vezes:+Que a força pertence a Deus.+ 12  Também a benevolência pertence a ti, ó Jeová,*+Porque tu mesmo retribuis a cada um* segundo o seu trabalho.+

Notas de rodapé

Veja 39:cab. n.
“Silêncio”, M; mediante um ligeiro ajuste nos sinais vocálicos: “fica calada”.
“Homem terreno.” Hebr.: ’a·dhám.
Ou “homem”. Hebr.: ’ish.
Uma das 134 mudanças de YHWH para ’Adho·naí feitas pelos escribas. Veja Ap. 1B.
Ou “ao homem”. Hebr.: le’ísh.