Romanos 4:1-25

4  Sendo assim, que diremos a respeito de Abraão, nosso antepassado+ segundo a carne?*  Se Abraão, por exemplo, tivesse sido declarado justo em resultado de obras,+ ele teria base para jactância; mas não para com Deus.  Pois o que diz a escritura? “Abraão exerceu fé em Jeová,* e isso lhe foi contado como justiça.”+  Ora, ao homem que trabalha+ se conta* a remuneração, não como benignidade imerecida,+ mas como dívida.+  Por outro lado, ao homem que não trabalha, mas deposita fé+ naquele que ao ímpio declara justo, a sua fé é contada como justiça.+  Assim como também Davi fala da felicidade* do homem a quem Deus conta a justiça à parte de obras:  “Felizes aqueles cujas ações contra a lei foram perdoadas+ e cujos pecados foram encobertos;+  feliz o homem cujo pecado Jeová* de modo algum levará em conta.”+  Vem esta felicidade então sobre circuncisos ou também sobre incircuncisos?+ Visto que dizemos: “A Abraão foi contada a sua fé como justiça.”+ 10  Em que circunstâncias, pois, foi-lhe contada [assim]? Quando estava na circuncisão ou na incircuncisão?+ Não na circuncisão, mas na incircuncisão. 11  E ele recebeu um sinal,+ a saber, a circuncisão, como selo* da justiça pela fé que teve enquanto estava no seu estado incircunciso, para que fosse pai+ de todos os que têm fé+ enquanto na incircuncisão, a fim de que se lhes contasse a justiça; 12  e pai de descendência circuncisa, não somente dos que aderem à circuncisão, mas também dos que andam ordeiramente nas pisadas dessa fé que era de nosso pai+ Abraão, enquanto no estado incircunciso. 13  Porque não foi por intermédio de lei que Abraão, ou seu descendente, teve a promessa+ de ser herdeiro dum mundo, mas foi por intermédio da justiça pela fé.+ 14  Pois, se os que aderem à lei são herdeiros, foi inutilizada a fé e abolida a promessa.+ 15  Na realidade, a Lei produz furor,+ mas onde não há lei, tampouco há transgressão.+ 16  Por esta razão, foi em resultado da fé, para que fosse segundo a benignidade imerecida,+ a fim de que a promessa+ estivesse assegurada a todos os seus descendentes,+ não somente ao que adere à Lei, mas também ao que adere à fé que Abraão teve. (Ele é o pai+ de todos nós, 17  como está escrito: “Eu te designei pai de muitas nações.”+) Isto se deu à vista Daquele em quem tinha fé, sim, de Deus, que vivifica os mortos+ e chama* as coisas que não são como se fossem.+ 18  Embora além de esperança, contudo, baseado na esperança, ele teve fé,+ para tornar-se pai de muitas nações,+ de acordo com o que se dissera: “Assim será o teu descendente.”+ 19  E, embora não ficasse fraco na fé, tomava em conta o seu próprio corpo, então já amortecido,+ visto que tinha cerca de cem anos de idade,+ [e] também o amortecimento da madre de Sara.+ 20  Mas, por causa da promessa+ de Deus, não vacilou com falta de fé,+ mas tornou-se poderoso pela sua fé,+ dando glória a Deus 21  e estando plenamente convencido de que era também capaz de fazer aquilo que prometera.+ 22  Portanto, “isso lhe foi contado como justiça”.+ 23  Que “isso lhe foi contado”,+ foi escrito, porém, não somente por causa dele,+ 24  mas também por nossa causa, a quem se destina a ser contado, porque cremos naquele que levantou a Jesus, nosso Senhor, dentre os mortos.+ 25  Ele foi entregue por causa das nossas falhas+ e foi levantado para que fôssemos declarados justos.+

Notas de rodapé

“Diremos a respeito de Abraão . . . carne”, B; אADVg: “diremos que Abraão, nosso antepassado segundo a carne, obteve”.
Veja Ap. 1D.
Lit.: “está sendo computada”. Gr.: lo·gí·ze·tai; lat.: in·pu·tá·tur.
Ou “também Davi expressa a felicitação”.
Veja Ap. 1D.
Ou “confirmação”.
Ou “convoca”.