Jeremias 38:1-28

38  E Sefatias, filho de Matã, e Gedalias,* filho de Pasur, e Jucal,+ filho de Selemias,* e Pasur, filho de Malquijá,+ chegaram a ouvir as palavras que Jeremias falava a todo o povo,+ dizendo:  “Assim disse Jeová: ‘Quem continuar a morar nesta cidade é o que morrerá pela espada,+ pela fome+ e pela pestilência.+ Mas quem sair aos caldeus é o que continuará vivendo e certamente virá a ter a sua alma por despojo e viva.’+  Assim disse Jeová: ‘Sem falta, esta cidade será entregue na mão da força militar do rei de Babilônia e ele certamente a capturará.’”+  E os príncipes começaram a dizer ao rei: “Por favor, seja morto este homem,*+ pois assim ele enfraquece as mãos dos homens de guerra que restam nesta cidade e as mãos de todo o povo, falando-lhes segundo estas palavras.+ Pois este homem não é um que busca a paz deste povo, mas a calamidade.”  De modo que o Rei Zedequias disse: “Eis que está nas vossas mãos. Pois não há nada em que o próprio rei possa prevalecer contra vós.”+  E passaram a tomar Jeremias e a lançá-lo na cisterna de Malquijá,*+ filho do rei, que havia no Pátio da Guarda.+ Portanto, desceram Jeremias por meio de cordas. Ora, não havia água na cisterna, mas lama; e Jeremias começou a afundar na lama.+  E Ebede-Meleque, o etíope,*+ homem que era eunuco e que estava na casa do rei, chegou a ouvir que tinham posto Jeremias na cisterna; e o rei estava sentado no Portão de Benjamim.+  Portanto, Ebede-Meleque saiu da casa do rei e falou ao rei, dizendo:  “Ó meu senhor, o rei, estes homens fizeram mal em tudo o que fizeram a Jeremias, o profeta, a quem lançaram na cisterna, de modo que ele morrerá+ ali onde está, por causa da fome.+ Pois não há mais pão na cidade.” 10  O rei deu então ordens a Ebede-Meleque, o etíope, dizendo: “Toma conta* de trinta homens deste lugar, e tens de retirar Jeremias, o profeta, da cisterna, antes que ele morra.”+ 11  Concordemente, Ebede-Meleque tomou conta dos homens e entrou na casa do rei, por debaixo da tesouraria,+ e tirou de lá trapos velhos e panos velhos, e desceu-os a Jeremias, na cisterna,+ por meio de cordas. 12  Ebede-Meleque, o etíope, disse então a Jeremias: “Por favor, põe os trapos velhos e os panos sob as tuas axilas, debaixo das cordas.” Jeremias fez então assim.+ 13  Por fim puxaram a Jeremias por meio das cordas e tiraram-no da cisterna. E Jeremias continuou a morar no Pátio da Guarda.+ 14  E o Rei Zedequias passou a mandar trazer a si Jeremias, o profeta,+ à terceira entrada+ que há na casa de Jeová,+ e o rei disse então a Jeremias: “Eu te pergunto uma coisa. Não me ocultes nada.”+ 15  A isto disse Jeremias a Zedequias: “Caso eu to disser, não me entregarás sem falta à morte? E caso eu te aconselhar, não me escutarás.”+ 16  Então jurou o Rei Zedequias a Jeremias no esconderijo, dizendo: “Por Jeová que vive, que fez para nós esta alma,+ não vou entregar-te à morte e não vou entregar-te na mão destes homens que procuram a tua alma.”+ 17  Jeremias disse então a Zedequias: “Assim disse Jeová, o Deus dos exércitos,+ o Deus de Israel:+ ‘Se tu, sem falta, saíres para ir ter com os príncipes do rei de Babilônia,+ então a tua alma certamente continuará a viver e esta mesma cidade não será queimada com fogo, e tu mesmo e os da tua casa certamente continuarão vivendo.+ 18  Mas, se não saíres para ir ter com os príncipes do rei de Babilônia, então esta cidade terá de ser entregue na mão dos caldeus e eles realmente a queimarão com fogo,+ e tu mesmo não escaparás da sua mão.’”+ 19  O Rei Zedequias disse então a Jeremias: “Tenho receio dos judeus que se bandearam para os caldeus,+ de que me entreguem na sua mão e eles realmente abusem de mim.”+ 20  Mas Jeremias disse: “Não farão tal entrega. Obedece, por favor, à voz de Jeová naquilo que te falo e te irá bem,+ e tua alma continuará a viver. 21  Mas, se te negares a sair,+ esta é a coisa que Jeová me fez ver: 22  E eis que todas as mulheres que restaram na casa do rei de Judá+ estão sendo levadas para fora aos príncipes do rei de Babilônia,+ e estão dizendo: ‘Os homens em paz contigo te engodaram+ e prevaleceram sobre ti.+Fizeram teu pé afundar na própria lameira; retrocederam na direção oposta.’+ 23  E estão levando todas as tuas esposas e teus filhos aos caldeus, e tu mesmo não escaparás da sua mão,+ mas a mão do rei de Babilônia te pegará e por tua causa esta cidade será queimada* com fogo.”+ 24  E Zedequias passou a dizer a Jeremias: “Que absolutamente nenhum homem fique sabendo destas coisas, para que não morras. 25  E se os príncipes+ ouvirem que falei contigo e realmente chegarem a ti e te disserem: ‘Conta-nos, por favor: De que falaste ao rei? Não nos ocultes nada, e nós não te entregaremos à morte. E de que te falou o rei?’ 26  então terás de dizer-lhes: ‘Eu estava lançando meu pedido de favor perante o rei, que não me mandasse de volta à casa de Jeonatã+ para morrer ali.’” 27  Com o tempo, todos os príncipes entraram até Jeremias e começaram a interrogá-lo. Ele, por sua vez, contou-lhes todas aquelas palavras que o rei lhe ordenara.+ Portanto, ficaram calados diante dele, pois nada transpirara do assunto. 28  E Jeremias continuou morando no Pátio da Guarda+ até o dia em que Jerusalém foi capturada.+ E isso aconteceu justamente quando se capturou Jerusalém.+

Notas de rodapé

“E Gedalias.” Hebr.: u·Ghedhal·yá·hu, significando “Grande É Jeová”.
Veja 36:14 n.: “Selemias”.
“Este homem.” Hebr.: ha·’ísh haz·zéh.
Significando “Meu Rei É Jeová”. Hebr.: Mal·ki·yá·hu.
“Etíope”, LXXVg; MSy: “cusita”.
Lit.: “na tua mão”. Hebr.: beyodh·khá.
Lit.: “e queimarás esta cidade”, M; TLXXSy: “e esta cidade será queimada”.