Ezequiel 36:1-38

36  “E quanto a ti, ó filho do homem, profetiza concernente aos montes de Israel, e tens de dizer: ‘Ó montes de Israel,+ ouvi a palavra de Jeová.  Assim disse o Soberano Senhor Jeová: “Visto que o inimigo disse contra ti:+ ‘Ah! Sim, os altos do tempo antigo+ — isso veio a ser possessão nossa!’”’+  “Por isso profetiza, e tens de dizer: ‘Assim disse o Soberano Senhor Jeová: “Pela razão, sim, pela razão de que houve desolação+ e fostes abocanhados de todos os lados,+ para que vos tornásseis possessão dos remanescentes das nações,+ e de que se continua a falar de vós com a língua+ e há um relato mau entre o povo,+  por isso, ó montes de Israel,+ ouvi a palavra do Soberano Senhor Jeová! Assim disse o Soberano Senhor Jeová aos montes e aos morros, aos regos e aos vales, e aos lugares devastados que foram desolados,+ e às cidades abandonadas que vieram a ficar para saque e para caçoada para os remanescentes das nações ao redor;+  portanto, assim disse o Soberano Senhor Jeová: ‘Eu certamente vou falar no fogo do meu zelo+ contra os remanescentes das nações e contra Edom, na sua inteireza,+ os que se deram a si mesmos a minha terra como possessão com alegria de todo o coração,+ com menosprezo na alma,+ por causa do seu pasto [e] para saque.’”’+  “Portanto, profetiza a respeito do solo de Israel, e tens de dizer aos montes e aos morros, aos regos e aos vales: ‘Assim disse o Soberano Senhor Jeová: “Eis que eu mesmo tenho de falar no meu zelo e no meu furor, por terdes levado humilhação da parte das nações.”’+  “Portanto, assim disse o Soberano Senhor Jeová: ‘Eu mesmo levantei a minha mão [em juramento]+ de que as nações em volta de vós — elas é que levarão a sua própria humilhação.+  E vós mesmos, ó montes de Israel, produzireis os vossos próprios galhos e dareis os vossos próprios frutos para meu povo de Israel,+ pois chegaram-se perto ao ponto de entrar.+  Pois, eis que sou a favor de vós e hei de virar-me para vós,+ e sereis realmente cultivados e semeados com semente.+ 10  E eu vou multiplicar em vós o gênero humano,* toda a casa de Israel, na sua inteireza,+ e as cidades terão de ser habitadas+ e os próprios lugares devastados serão reconstruídos.+ 11  Sim, vou multiplicar sobre vós o gênero humano e os animais,+ e eles certamente se multiplicarão e se tornarão fecundos, e realmente farei que sejais habitados, como na vossa condição anterior,+ e vou fazer mais bem do que na vossa situação inicial;+ e tereis de saber que eu sou Jeová.+ 12  E farei andar sobre vós o gênero humano, sim, meu povo de Israel, e terão de tomar posse de vós*+ e tereis de tornar-vos para eles uma propriedade hereditária,+ e vós não mais os privareis+ de filhos.’” 13  “Assim disse o Soberano Senhor Jeová: ‘Visto que há os que vos dizem: “Devorador da humanidade é o que tu és, e [uma terra]* que priva as nações de filhos é o que te tornaste”’,+ 14  ‘por isso, não mais devorarás o gênero humano+ e não mais privarás as tuas nações de filhos’,*+ é a pronunciação do Soberano Senhor Jeová. 15  ‘E farei que não se ouça mais nenhuma conversa humilhante a teu respeito da parte das nações,+ e não levarás mais o vitupério dos povos,+ e não mais farás tropeçar as tuas nações’, é a pronunciação do Soberano Senhor Jeová.” 16  E continuou a vir a haver para mim a palavra de Jeová, dizendo: 17  “Filho do homem, a casa de Israel [estava] morando sobre o seu solo, e eles continuavam a fazê-lo impuro com o seu procedimento e com as suas ações.+ Seu procedimento tornou-se diante de mim como a impureza da menstruação.+ 18  E passei a derramar sobre eles meu furor por causa do sangue que derramaram sobre a terra,+ a qual tornaram impura com os seus ídolos sórdidos.+ 19  E passei a espalhá-los entre as nações, de modo que ficaram dispersos entre as terras.+ Julguei-os segundo o seu procedimento e segundo as suas ações.+ 20  E entraram* nas nações em que tinham de entrar, e as pessoas* passaram a profanar o meu santo nome,+ dizendo com referência a eles: ‘Este é o povo de Jeová, e saíram da sua terra.’+ 21  E eu me compadecerei do meu santo nome que a casa de Israel tem profanado entre as nações nas quais entraram.”+ 22  “Portanto, dize à casa de Israel: ‘Assim disse o Soberano Senhor Jeová: “Não é por vós que eu faço [isso], ó casa de Israel, mas por meu santo nome que tendes profanado entre as nações nas quais entrastes.”’+ 23  ‘E hei de santificar* meu grande nome+ que tem sido profanado entre as nações, que tendes profanado no meio delas; e as nações terão de saber que eu sou Jeová’,+ é a pronunciação do Soberano Senhor Jeová, ‘quando eu for santificado entre vós diante dos seus olhos.+ 24  E vou tirar-vos dentre as nações e reunir-vos dentre todas as terras, e vou fazer-vos chegar ao vosso solo.+ 25  E vou aspergir-vos com água limpa e vós vos tornareis limpos;+ purificar-vos-ei de todas as vossas impurezas+ e de todos os vossos ídolos sórdidos.+ 26  E vou dar-vos um coração novo,+ e porei no vosso íntimo um espírito novo,+ e vou remover da vossa carne o coração de pedra e dar-vos um coração de carne.+ 27  E porei meu espírito no vosso íntimo,+ e vou agir de modo a que andeis nos meus regulamentos,+ e guardareis as minhas decisões judiciais e realmente as cumprireis.+ 28  E haveis de morar na terra que dei aos vossos antepassados,+ e tereis de tornar-vos meu povo e eu mesmo me tornarei o vosso Deus.’*+ 29  “‘E vou salvar-vos de todas as vossas impurezas,+ e vou chamar o cereal e fazê-lo abundar, e não porei sobre vós nenhuma fome.+ 30  E certamente farei abundar os frutos da árvore e os produtos do campo, para que não mais recebais entre as nações o vitupério da fome.+ 31  E forçosamente haveis de lembrar-vos dos vossos maus caminhos e das vossas ações que não eram boas,+ e forçosamente tereis aversão à vossa própria pessoa por causa dos vossos erros e por causa das vossas coisas detestáveis.+ 32  Não é por vós que faço [isso]’,+ é a pronunciação do Soberano Senhor Jeová, ‘seja isso sabido por vós. Envergonhai-vos e senti-vos humilhados por causa dos vossos caminhos, ó casa de Israel.’+ 33  “Assim disse o Soberano Senhor Jeová: ‘No dia em que eu vos purificar de todos os vossos erros vou fazer também que as cidades sejam habitadas,+ e terão de ser reconstruídos os lugares devastados.+ 34  E a própria terra desolada será cultivada, sendo que se tornara um baldio desolado diante dos olhos de todo transeunte.+ 35  E as pessoas hão de dizer: “Aquela terra lá, que fora desolada, tem-se tornado como o jardim* do Éden,+ e as cidades que estavam devastadas e que tinham sido desoladas e derrubadas estão fortificadas; foram habitadas.”+ 36  E as nações que se deixarão restar em volta de vós terão de saber que eu, Jeová, é que construí as coisas derrubadas,+ plantei o que estava desolado. Eu, Jeová, é que falei e fiz [isso].’+ 37  “Assim disse o Soberano Senhor Jeová: ‘Por isso é que me deixarei ainda ser buscado pela casa de Israel, para fazer para eles:+ Multiplicá-los-ei com homens* qual rebanho.+ 38  Qual rebanho de pessoas santas, qual rebanho de Jerusalém nas suas épocas festivas,+ assim é que as cidades que estavam devastadas se tornarão cheias de um rebanho de homens;+ e as pessoas terão de saber que eu sou Jeová.’”

Notas de rodapé

Ou “homens terrenos”. Hebr.: ’a·dhám; lat.: hó·mi·nes.
“Vós”, LXXSy; MTVg: “ti”.
Lit.: “uma”, hebr. fem., referindo-se à terra, hebr. fem.
“Privarás . . . de filhos”, MmargemLXXSy e muitos mss. hebr.; M: “farás . . . tropeçar”.
“Entraram”, TLXXSyVg e alguns mss. hebr.; M: “entrou”.
Lit.: “eles”.
Ou: “E hei de ter como sagrado (tratar como santo).” Hebr.: weqid·dash·tí; gr.: ha·gi·á·so; lat.: sanc·ti·fi·cá·bo.
Lit.: “para vós para Deus”. Hebr.: la·khém lE’·lo·hím.
“Como o jardim.” Hebr.: keghán; sir.: par·dai·sa’, “o paraíso”.
Ou “humanidade”. Hebr.: ’a·dhám; lat.: hó·mi·num.