Levítico 22:1-33

22  E Jeová falou mais a Moisés, dizendo:  “Fala a Arão e a seus filhos, que se mantenham apartados das coisas sagradas dos filhos de Israel e que não profanem meu santo nome+ nas coisas que santificam para mim.+ Eu sou Jeová.  Dize-lhes: ‘Em todas as vossas gerações, qualquer homem, de toda a vossa descendência, que se chegar às coisas sagradas que os filhos de Israel santificarem para Jeová, enquanto tiver sobre si a sua impureza,+ essa alma terá de ser decepada de diante de mim. Eu sou Jeová.  Nenhum homem da descendência de Arão, sendo leproso+ ou tendo um fluxo,+ pode comer das coisas sagradas até se tornar limpo,+ nem aquele que tocar alguém [que se tornou] impuro por meio de uma alma falecida*+ ou um homem de quem sai uma emissão seminal,+  nem homem que tocar qualquer coisa pululante que é impura para ele+ ou tocar um homem que é impuro para ele com respeito a qualquer impureza sua.+  A alma que tocar quaisquer de tais tem de ser impura até à noitinha e não pode comer nenhuma das coisas sagradas, mas tem de banhar sua carne em água.+  Tendo-se posto o sol, então ele tem de ser limpo e depois pode comer das coisas sagradas, porque é seu pão.+  Tampouco deve comer qualquer corpo [já] morto ou algo dilacerado por feras, de modo a se tornar impuro por ele.+ Eu sou Jeová.  “‘E eles têm de cuidar da sua obrigação para comigo, para que não levem pecado por causa dela e tenham de morrer+ por ela, tendo-a profanado. Eu sou Jeová que os santifico. 10  “‘E absolutamente nenhum estranho* pode comer qualquer coisa sagrada.+ Nenhum colono com um sacerdote, nem qualquer trabalhador contratado pode comer algo sagrado. 11  Mas, caso um sacerdote compre uma alma, como compra [feita] com o seu dinheiro, ela, como tal, pode participar em comê-lo. Quanto aos escravos nascidos* na sua casa, eles, como tais, podem participar em comer do seu pão.+ 12  E caso a filha dum sacerdote se torne de um homem que é estranho, ela, como tal, não pode comer da contribuição das coisas sagradas. 13  Mas, caso a filha dum sacerdote se torne viúva ou divorciada,* não tendo descendência, e ela tenha de voltar à casa de seu pai, como na sua mocidade,+ pode comer do pão de seu pai;+ mas absolutamente nenhum estranho se pode alimentar dele. 14  “‘Ora, caso um homem coma por engano uma coisa sagrada,+ então tem de acrescentar-lhe um quinto+ dela e tem de dar a coisa sagrada ao sacerdote. 15  Portanto, não devem* profanar as coisas sagradas dos filhos de Israel, que eles contribuam a Jeová,+ 16  e realmente fazê-los sofrer a punição da culpa por comerem suas coisas sagradas; pois eu sou Jeová que os santifico.’” 17  E Jeová continuou a falar a Moisés, dizendo: 18  “Fala a Arão e a seus filhos, e a todos os filhos de Israel, e tens de dizer-lhes: ‘Quanto a qualquer homem da casa de Israel ou algum residente forasteiro em Israel, que apresentar sua oferta,+ a fim de que qualquer dos seus votos+ ou qualquer das suas ofertas voluntárias+ que apresentarem a Jeová como oferta queimada 19  ganhe aprovação+ para vós, tem de ser sadia,+ um macho dentre a manada, dentre os carneirinhos ou dentre os caprídeos. 20  Não deveis apresentar nada que tenha defeito,+ porque não servirá para ganhar aprovação para vós. 21  “‘E caso um homem apresente a Jeová um sacrifício de participação em comum,+ a fim de pagar um voto,+ ou como oferta voluntária, deve mostrar ser um sadio dentre a manada ou o rebanho, a fim de ganhar aprovação. Não deve haver nele defeito algum. 22  Nenhum caso de cegueira ou de fratura, ou tendo um corte, ou de verruga, ou de eczema, ou de tinha favosa,+ nenhum destes deveis apresentar a Jeová e nenhuma oferta deles feita por fogo+ deveis pôr sobre o altar para Jeová. 23  Quanto ao touro ou ao ovídeo que tenha um membro comprido demais ou curto demais,+ podes fazer dele uma oferta voluntária; mas para um voto não será aceito com aprovação. 24  Mas não deveis ofertar a Jeová um que tenha os testículos+ machucados, ou esmagados, ou arrancados, ou cortados,* e não deveis ofertá-los na vossa terra. 25  E não deveis apresentar como o pão de vosso Deus qualquer de todos estes da mão dum estrangeiro, porque há neles sua corrupção. Há defeito+ neles. Não serão aceitos com aprovação+ para vós.’” 26  E Jeová falou mais a Moisés, dizendo: 27  “Nascendo um touro, ou um carneirinho, ou um caprídeo, então tem de continuar por sete dias debaixo de sua mãe,+ mas a partir do oitavo dia será aceito com aprovação como oferta, uma oferta feita por fogo a Jeová. 28  Quanto ao touro ou ao ovídeo, não deveis matar tanto a ele como a sua cria no mesmo dia.+ 29  “E caso ofereçais um sacrifício de agradecimento* a Jeová,+ deveis sacrificá-lo para ganhar aprovação para vós. 30  Deve ser comido naquele dia.+ Não deveis deixar nada dele até à manhã.+ Eu sou Jeová. 31  “E tendes de guardar os meus mandamentos e cumpri-los.+ Eu sou Jeová. 32  E não deveis profanar meu santo nome,+ e eu tenho de ser santificado* no meio dos filhos de Israel.+ Eu sou Jeová que vos santifico,+ 33  Aquele que vos faço sair da terra do Egito para mostrar-me Deus para vós.+ Eu sou Jeová.”

Notas de rodapé

Lit.: “por uma alma”, isto é, uma alma falecida. Lat.: mór·tu·o, “um morto”; hebr.: né·fesh; LXX: “aquele que tocar em qualquer impureza duma alma [gr.: psy·khés]”.
Isto é, um não-aronita, um homem que não era da família de Arão.
“Escravos nascidos”, SamLXXSy; MVg: “escravo nascido”.
Lit.: “expulsa; mandada embora”. Veja Mt 19:3 n.
Isto é, os sacerdotes.
Ou “com as vias urinárias cortadas”. Veja De 23:1.
Ou “um sacrifício de louvor”.
Ou “tenho de santificar-me”.