Josué 9:1-27

9  E sucedeu que, assim que isso foi ouvido por todos os reis+ que se achavam do lado do Jordão na região montanhosa e na Sefelá,* e ao longo de toda a costa do Grande Mar,+ e* defronte do Líbano,+ os hititas+ e os amorreus, os cananeus,+ os perizeus,+ os heveus e os jebuseus,+  todos eles começaram a reunir-se para unanimemente travar guerra contra Josué e Israel.+  E os habitantes de Gibeão+ ouviram o que Josué havia feito a Jericó+ e a Ai.+  Portanto eles, de sua própria iniciativa, agiram com astúcia+ e se proveram de mantimentos, e tomaram sacas estragadas pelo uso para os seus jumentos, e odres de vinho estragados, e rebentados, e amarrados,+  e [puseram] sandálias gastas e remendadas nos pés e mantos gastos sobre si mesmos, e todo o pão das suas provisões mostrou-se ressequido e em migalhas.  Então foram ter com Josué no acampamento em Gilgal+ e disseram a ele e aos homens de Israel: “Viemos duma terra distante. E agora, concluí um pacto+ conosco.”  Nisso os homens de Israel disseram aos heveus:+ “Talvez moreis na nossa vizinhança. Como, então, poderíamos concluir* um pacto convosco?”+  Eles, por sua vez, disseram a Josué: “Somos os teus servos.”*+ Então Josué lhes disse: “Quem sois e donde viestes?”  A isso lhe disseram: “É duma terra mui distante+ que teus servos vieram por causa do nome+ de Jeová, teu Deus, pois ouvimos sua fama e tudo o que ele fez no Egito,+ 10  e tudo o que ele fez aos dois reis dos amorreus que estavam do outro lado do Jordão, a saber, a Síon,+ rei de Hésbon, e a Ogue,+ rei de Basã, que estava em Astarote.+ 11  Por isso, os nossos anciãos e todos os habitantes de nossa terra disseram-nos o seguinte:+ ‘Tomai provisões na vossa mão para a jornada e ide ao encontro deles, e tendes de dizer-lhes: “Somos os vossos servos.+ E agora, concluí um pacto conosco.”’+ 12  Este pão que temos estava quente quando o tiramos das nossas casas como provisão para nós no dia em que saímos para vir a vós aqui, e agora, eis que está ressequido e ficou em migalhas.+ 13  E estes são os odres de vinho que enchemos quando novos, e eis que rebentaram,+ e estes nossos mantos e sandálias gastaram-se por causa da jornada muito longa.” 14  Em vista disso, os homens tomaram das suas provisões e não foram consultar a boca de Jeová.+ 15  E Josué foi fazer paz com eles+ e concluir com eles um pacto para deixá-los viver, e assim lhes juraram+ os maiorais+ da assembléia. 16  E sucedeu que, ao fim de três dias, depois de terem concluído um pacto com eles, chegaram a ouvir que estavam perto deles e que moravam na sua vizinhança. 17  Os filhos de Israel partiram então e chegaram no terceiro dia às cidades deles, e suas cidades eram Gibeão,+ e Quefira,+ e Beerote,+ e Quiriate-Jearim.+ 18  E os filhos de Israel não os golpearam, visto que os maiorais da assembléia lhes haviam jurado+ por Jeová, o Deus de Israel.+ E toda a assembléia começou a resmungar contra os maiorais.+ 19  Em vista disso, todos os maiorais disseram a toda a assembléia: “Nós, da nossa parte, lhes juramos por Jeová, o Deus de Israel, e agora não se nos permite tocar neles.+ 20  Isto é o que faremos com eles, deixando-os viver,* para que não venha sobre nós nenhuma indignação por causa do juramento que lhes fizemos.”+ 21  Portanto, os maiorais lhes disseram: “Que vivam e se tornem ajuntadores* de lenha e tiradores de água para toda a assembléia,+ assim como os maiorais lhes prometeram.”+ 22  Josué os chamou então e lhes falou, dizendo: “Por que nos lograstes, dizendo: ‘Estamos muito longe de vós’,+ quando morais no nosso próprio meio?+ 23  E agora sois gente maldita,+ e nunca será decepada de vós a condição de escravo,+ e de serdes ajuntadores* de lenha e tiradores de água para a casa do meu Deus.”+ 24  Então responderam a Josué e disseram: “Foi porque se declarou explicitamente aos teus servos que Jeová, teu Deus, ordenara a Moisés, seu servo, dar-vos todo o país e aniquilar todos os habitantes do país de diante de vós,+ e ficamos com muito medo pelas nossas almas,* por vossa causa.+ Por isso fizemos esta coisa.+ 25  E agora, eis que estamos na tua mão. O que for bom e direito aos teus olhos fazer conosco, faze.”+ 26  E ele passou a fazer assim com eles e a livrá-los da mão dos filhos de Israel, e estes não os mataram.+ 27  Por conseguinte, Josué os fez*+ naquele dia ajuntadores de lenha e tiradores de água para a assembléia+ e para o altar de Jeová, até o dia de hoje, no lugar que ele escolhesse.+

Notas de rodapé

Ou “na terra baixa”.
“E”, LXX; Vg: “também”; M omite isso.
Lit.: “poderia eu [coletivamente] cortar”.
Ou “escravos”.
“Deixando . . . viver.” No hebr., este é um verbo no infinitivo absoluto, indefinido quanto ao tempo e impessoal.
Ou “cortadores”.
Lit.: “e um escravo e ajuntadores”.
“Pelas nossas almas (vidas).” Hebr.: lenaf·sho·théh·nu; gr.: psy·khón; lat.: a·ni- má·bus.
“Por conseguinte . . . os fez.” Lit.: “E deu-os.” Hebr.: wai·yit·teném (de na·thán, da qual se deriva a palavra “netineus”).