8:1-22

8  E Bildade, o suíta,+ passou a responder e a dizer:   “Até quando enunciarás estas coisas,+Visto que as declarações da tua boca são apenas um forte vento?+   Perverteria o próprio Deus* o juízo,+Ou perverteria o próprio Todo-poderoso a justiça?+   Se os teus próprios filhos pecaram contra ele,De modo que ele os deixa cair na mão da sua revolta,   Se tu mesmo estivesses à procura de Deus+E do Todo-poderoso implorasses favor,   Se fosses puro e reto,+Ele já teria agora despertado para ti*E certamente te restauraria teu justo lugar de permanência.   Também, teu princípio talvez se tenha mostrado uma coisa pequena,Mas o teu próprio fim posterior se tornaria muito grande.+   Deveras, pergunta, por favor, à geração anterior,+E dirige [tua atenção] às coisas esquadrinhadas por seus pais.+   Pois somos apenas de ontem+ e não sabemos nada,Porque os nossos dias na terra são uma sombra.+ 10  Não te instruirão eles mesmos, não to dirão,*E não farão sair palavras do seu coração? 11  Acaso o papiro+ cresce alto sem brejo?Acaso a cana se torna grande sem água? 12  Ainda em gomo, não arrancado,Secar-se-á mesmo antes que toda outra erva.+ 13  Assim são as veredas* de todos os que se esquecem de Deus,*+E perecerá a própria esperança do apóstata,*+ 14  Cuja absoluta confiança é cortada,E cuja confiança é uma casa* de aranha.+ 15  Encostar-se-á na sua casa, mas ela não ficará de pé;Agarrar-se-á a ela, mas ela não durará. 16  Ele está cheio de viço diante do sol,E no seu jardim sai o seu próprio rebento.+ 17  Num montão de pedras se entrelaçam as suas raízes,Ele observa uma casa de pedras. 18  Se alguém o tragar do seu lugar,+Certamente o negará então, [dizendo:] ‘Não te vi.’+ 19  Eis que assim se dissolve o seu caminho;+E do pó surgem outros. 20  Eis que o próprio Deus* não rejeitará o inculpe,Nem agarrará a mão de malfeitores, 21  Até encher tua boca de risoE teus lábios de gritos de alegria. 22  Os mesmos que te odeiam serão revestidos de vergonha,+E a tenda dos iníquos não existirá.”

Notas de rodapé

“Deus.” Hebr.: ha·’Él. Aqui, ha é uma partícula interrogatória que introduz uma pergunta.
Segundo M; LXX: “ele escutará a tua súplica”.
“To dirão”, LXX; M: “te dirão”.
“Veredas”, M; LXX: “as coisas derradeiras (o resultado); o fim posterior”.
“Deus.” Hebr.: ’El; LXX: “Jeová”.
Ou “ímpio (profano)”; ou: “alguém apartado de Deus”.
Ou “teia”.
“Deus.” Hebr.: ’El.