Gênesis 25:1-34

25  Além disso, Abraão tomou novamente uma esposa, e o nome dela era Quetura.+  Com o correr do tempo deu-lhe à luz Zinrã, e Jocsã, e Medã, e Midiã,+ e Isbaque, e Suá.+  E Jocsã tornou-se pai de Sabá+ e Dedã.+ E os filhos de Dedã tornaram-se assurins, e letusins, e leumins.*  E os filhos de Midiã foram Efá,+ e Efer, e Anoque, e Abida, e Elda.+ Todos estes foram os filhos de Quetura.  Posteriormente, Abraão deu a Isaque tudo o que possuía,+  mas, aos filhos das concubinas que Abraão tinha, Abraão deu dádivas.+ Então os enviou para longe de Isaque, seu filho,+ enquanto ainda vivia, para o leste, para a terra do Oriente.+  E estes são os dias dos anos de vida de Abraão, que ele viveu, cento e setenta e cinco anos.  Abraão expirou então e morreu numa boa velhice, idoso e satisfeito,* e foi ajuntado ao seu povo.+  De modo que Isaque e Ismael, seus filhos, o enterraram na caverna de Macpela, no campo de Efrom, filho de Zoar, o hitita, que está defronte de Manre,+ 10  o campo que Abraão tinha comprado dos filhos de Hete. Ali foi enterrado Abraão e também Sara, sua esposa.+ 11  E aconteceu, após a morte de Abraão, que Deus continuava a abençoar Isaque, seu filho,+ e Isaque morava perto de Beer-Laai-Roi.+ 12  E esta é a história de Ismael,+ filho de Abraão, a quem Agar, a egípcia, serva de Sara, deu à luz a Abraão.+ 13  Ora, estes são os nomes dos filhos de Ismael, pelos seus nomes, segundo as suas linhagens: o primogênito de Ismael, Nebaiote,+ e Quedar,+ e Adbeel, e Mibsão,+ 14  e Misma, e Dumá, e Massa, 15  Hadade+ e Tema,+ Jetur, Nafis e Quedemá.+ 16  Estes são os filhos de Ismael, e estes são os seus nomes pelos seus pátios e pelos seus acampamentos murados:+ doze maiorais, segundo os seus clãs.+ 17  E estes são os anos de vida de Ismael, cento e trinta e sete anos. Então expirou e morreu, e foi ajuntado ao seu povo.+ 18  E passaram a residir desde Havilá,+ perto de Sur,+ que está defronte* do Egito, até a Assíria. Estabeleceu-se* na frente de todos os seus irmãos.+ 19  E esta é a história de Isaque, filho de Abraão.+ Abraão tornou-se pai de Isaque. 20  E Isaque era da idade de quarenta anos quando tomou por sua esposa a Rebeca, filha de Betuel,+ o sírio*+ de Padã-Arã,* irmã de Labão, o sírio. 21  E Isaque suplicava a Jeová especialmente por sua esposa,+ porque ela era estéril;+ assim, Jeová deixou-se suplicar por ele,+ e Rebeca, esposa dele, ficou grávida. 22  E os filhos dentro dela começaram a lutar entre si,+ de modo que ela disse: “Se é assim, por que é que estou viva?”* Com isso ela foi consultar Jeová.+ 23  E Jeová passou a dizer-lhe: “Há duas nações no teu ventre+ e dois grupos nacionais serão separados das tuas entranhas;+ e um grupo nacional será mais forte do que o outro grupo nacional,+ e o mais velho servirá ao mais jovem.”*+ 24  Completaram-se gradualmente os seus dias para dar à luz, e eis que havia gêmeos no seu ventre.+ 25  Então saiu o primeiro, todo vermelho como um manto oficial de pêlo,+ de modo que o chamaram pelo nome de Esaú.*+ 26  E depois saiu seu irmão, e a mão dele segurava o calcanhar de Esaú,+ de modo que o chamou pelo nome de Jacó.*+ E Isaque era da idade de sessenta anos quando ela os deu à luz. 27  E os rapazes cresciam, e Esaú tornou-se homem entendido na caça,+ homem do campo,* mas Jacó [tornou-se] homem inculpe,+ morando em tendas.+ 28  E Isaque amava Esaú, porque significava caça para a sua boca,* ao passo que Rebeca amava Jacó.+ 29  Certa vez Jacó tinha ao fogo um cozido,* quando Esaú veio do campo, cansado. 30  De modo que Esaú disse a Jacó: “Depressa, por favor, dá-me um bocado do vermelho — do vermelho* aí, pois estou cansado!” É por isso que foi chamado pelo nome de Edom.*+ 31  A isso Jacó disse: “Vende-me primeiro teu direito de primogênito!”+ 32  E Esaú continuou: “Eis que estou simplesmente morrendo, e de que proveito me é a primogenitura?”* 33  E Jacó acrescentou: “Jura-me primeiro!”+ E ele passou a jurar-lhe e a vender a Jacó seu direito como primogênito.+ 34  E Jacó deu a Esaú pão e cozido de lentilhas, e ele foi comer e beber.+ Depois se levantou e foi embora. Assim desprezou Esaú a primogenitura.+

Notas de rodapé

Visto que cada um destes três nomes hebr. tem a terminação pl. im, entende-se que eles representam tribos ou povos.
“Cheio de dias”, LXXSyVg.
Ou “ao leste”.
Lit.: “caiu”, M; LXX: “morou (fixou-se)”; Vg: “morreu”.
Lit.: “o arameu”.
Significando “Planície (Baixada) de Arã (Síria)”; parte da Mesopotâmia. Veja 28:2.
“Viva”, inserido em harmonia com Sy. Veja 27:46.
Ou “menor”.
Significando “Peludo”. Hebr.: ‛E·sáw.
Significando “Agarrando o Calcanhar; Suplantador”. Hebr.: Ya·‛aqóv.
Ou “homem selvagem”.
Lit.: “porque havia caça na sua boca”.
Ou “sopa de legumes”.
“Do vermelho.” Hebr.: ha·’a·dhóm.
Significando “Vermelho; Ruivo”. Hebr.: ’Edhóhm.
Ou “direito de primogênito”.