Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Pular para sumário

Testemunhas de Jeová

Português

Bíblia on-line | TRADUÇÃO DO NOVO MUNDO DAS ESCRITURAS SAGRADAS (EDIÇÃO DE 1986) Ver a revisão de 2015.

Gênesis 2:1-25

2  Assim foram acabados os céus, e a terra, e todo o seu exército.+  E ao sétimo dia Deus havia acabado sua obra que fizera e passou a repousar* no sétimo dia de toda a sua obra que fizera.+  E Deus passou a abençoar o sétimo dia e a fazê-lo sagrado,* porque nele tem repousado* de toda a sua obra que Deus criara com o objetivo de [a] fazer.*+  Esta é uma história* dos céus e da terra no tempo em que foram criados, no dia em que Jeová* Deus* fez a terra e o céu.+  Ora, não havia ainda nenhum arbusto do campo na terra e não brotara ainda nenhuma vegetação do campo, porque Jeová Deus não fizera chover+ sobre a terra e não havia homem para lavrar o solo.  Mas uma neblina*+ subia da terra e regava toda a superfície do solo.+  E Jeová Deus passou a formar o homem do pó*+ do solo+ e a soprar nas suas narinas o fôlego de vida,*+ e o homem veio a ser uma alma vivente.*+  Além disso, Jeová* Deus plantou um jardim no Éden,*+ do lado do oriente,* e ali pôs o homem que havia formado.+  Jeová Deus fez assim brotar do solo toda árvore de aspecto desejável e boa para alimento, e também a árvore da vida+ no meio do jardim e a árvore do conhecimento do que é bom e do que é mau.+ 10  Ora, havia um rio saindo* do Éden para regar o jardim, e dali começava a dividir-se, e tornou-se como que quatro cabeceiras. 11  O nome do primeiro [rio] é Píson; é aquele que circunda toda a terra de Havilá,+ onde há ouro. 12  E o ouro daquela terra é bom.+ Ali há também o bdélio+ e a pedra de ônix.+ 13  E o nome do segundo rio é Giom; é aquele que circunda toda a terra de Cus.* 14  E o nome do terceiro rio é Hídequel;*+ é aquele que vai para o leste da Assíria.*+ E o quarto rio é o Eufrates.*+ 15  E Jeová Deus passou a tomar o homem e a estabelecê-lo no jardim do Éden,+ para que o cultivasse e tomasse conta dele.+ 16  E Jeová Deus deu também esta ordem ao homem: “De toda árvore do jardim podes comer à vontade.+ 17  Mas, quanto à árvore do conhecimento do que é bom e do que é mau, não deves comer dela, porque no dia em que dela comeres, positivamente morrerás.”*+ 18  E Jeová* Deus prosseguiu, dizendo: “Não é bom que o homem continue só. Vou fazer-lhe uma ajudadora como complemento* dele.”+ 19  Ora, Jeová Deus estava formando* do solo todo animal selvático do campo e toda criatura voadora dos céus, e ele começou a trazê-los ao homem para ver como chamaria a cada um deles; e o que o homem chamava a cada alma vivente,+ este era seu nome.+ 20  O homem deu assim nomes a todos os animais domésticos e às criaturas voadoras dos céus, e a todo animal selvático do campo, mas para o homem não se achava nenhuma ajudadora* como complemento dele. 21  Por isso, Jeová Deus fez cair um profundo sono+ sobre o homem, e, enquanto ele dormia, tirou-lhe uma das costelas e fechou então a carne sobre o seu lugar. 22  E da costela que havia tirado do homem, Jeová* Deus passou a construir uma mulher e a trazê-la ao homem.+ 23  O homem disse então: “Esta, por fim, é osso dos meus ossos E carne da minha carne.+ Esta será chamada Mulher,* Porque do homem* foi esta tomada.”+ 24  Por isso é que o homem deixará seu pai e sua mãe,+ e tem de se apegar à sua esposa,* e eles têm de tornar-se uma só carne.+ 25  E ambos continuavam nus,+ o homem e a sua esposa, contudo, não se envergonhavam.+

Notas

“E passou a repousar.” Hebr.: wai·yish·bóth. O verbo hebr. está no imperfeito, denotando ação incompleta ou contínua, ou ação em progresso. Veja Ap. 3C.
“E a fazê-lo sagrado.” Ou “e passou a santificá-lo (tratá-lo como santo)”. Hebr.: wai·qad·désh ’o·thóh; lat.: et sanc·ti·fi·cá·vit íl·lum. Veja Êx 31:13 n.
Ou “está repousando (desistindo)”. Hebr.: sha·váth, verbo hebr. no perfeito. Mostra a característica da pessoa, a saber, Deus, no sétimo dia de sua semana criativa. Esta tradução de sha·váth concorda com o argumento do escritor inspirado, em He 4:3-11. Veja v. 2 n.
“Fazer”, isto é, todas as coisas definitivas no céu e na terra.
Ou: “Estas são as origens históricas”. Hebr.: ’él·leh thoh·ledhóhth: “Estas são as gerações de”; gr.: haú·te he bí·blos ge·né·se·os: “Este é o livro de origem (procedência)”; lat.: í·stae ge·ne·ra·ti·ó·nes: “Estas são as gerações”. Veja Mt 1:1 n.
“Jeová.” Hebr.: יְהוָה (YHWH [IHVH], aqui com sinais vocálicos para rezar Yehwáh), significando “Ele Causa que Venha a Ser” (do hebr. הָוָה [ha·wáh, “vir a ser”, “tornar-se”]); LXXA(gr.): Ký·ri·os; sir.: Mar·ya’; lat.: Dó·mi·nus. É a primeira ocorrência do nome pessoal, distintivo, de Deus, יהוה (YHWH); estas quatro letras hebr. são chamadas de Tetragrama. O nome divino identifica Jeová como Aquele Que Tem um Propósito. Somente o verdadeiro Deus poderia de direito e autenticamente levar este nome. Veja Ap. 1A.
“Jeová Deus.” Hebr.: Yehwáh ’Elo·hím. Esta expressão, sem o artigo definido hebr. ha antes de ’Elo·hím, é usada 20 vezes em Gên 2 e 3. A primeira ocorrência de Yehwáh ha·’Elo·hím, traduzida por “o [verdadeiro] Deus”, aparece em 1Cr 22:1. Veja Ap. 1A.
Ou: “Mas um vapor.” Hebr.: we’édh; LXX(gr.: pe·gé)Vg(lat.: fons)Sy: “manancial”, sugerindo uma corrente subterrânea de água fresca; T: “nuvem”.
Ou “argila”, segundo o uso posterior da palavra hebr. na fabricação de cerâmica. Hebr.: ‛a·fár.
“Fôlego de vida.” Hebr.: nish·máth (de nesha·máh) hhai·yím.
“Uma alma vivente [criatura que respira].” Hebr.: lené·fesh hhai·yáh; gr.: ψυχὴν ζῶσαν (psy·khén zó·san, alma vivente”); lat.: á·ni·mam vi·vén·tem. Veja 1:20, 21, 30; 1Co 15:45; Ap. 4A.
“Jeová.” Hebr.: Yehwáh; LXXP. Oxy. VII.1007: . Esta folha de velino, do terceiro século EC, apresenta o nome divino, “Jeová”, nos vv. 8 e 18 por dobrar a primeira letra Yohdh, que se escrevia como “Z”, com uma linha horizontal atravessando ambas as letras. Veja Ap. 1C sec.6.
“Um jardim [ou: parque] no Éden.” Hebr. gan·be‛É·dhen (“Éden”, significando “Prazer; Deleite”); LXXBagster(gr.), pa·rá·dei·son en E·dém; lat.: pa·ra·dí·sum vo·lu·ptá·tis, “paraíso de prazer”.
“Desde o princípio”, Vg.
Este particípio hebr. denota uma corrente contínua.
Hebr.: Kush; LXXVg: “Etiópia”.
Hebr.: Hhid·dé·qel; LXXVg: “Tigre”.
“Assíria.” Hebr.: ’Ash·shur; LXXVg: “assírios”.
“Eufrates”, LXXVg; hebr.: Feráth.
“Positivamente morrerás.” Lit.: “morrendo [sing.] morrerás”. Hebr.: mohth ta·múth; a primeira referência à morte, na Bíblia. Veja Ez 3:18 n.
Veja Ap. 1C sec.6.
Ou “parte correspondente”, algo apropriado para ele.
Em questão de tempo, ainda era o sexto dia criativo. O verbo “formar”, no imperfeito, denota aqui ação continuada, progressiva. Veja Ap 3C.
Lit.: “ele não achou ajudador(a)”.
Hebr.: Yehwáh.
Lit.: “homem feminino”. Hebr.: ’ish·sháh.
“Do homem.” Hebr.: me·’ísh.
Ou “mulher”.