Gênesis 15:1-21

15  Depois destas coisas veio a palavra de Jeová a Abrão, numa visão,+ dizendo: “Não temas,+ Abrão. Eu sou para ti escudo.+ Tua recompensa será muito grande.”*+  Abrão disse a isso: “Soberano Senhor Jeová,* o que me darás, visto que me vou sem filhos e quem possuirá a minha casa é um homem de Damasco, Eliézer?”+  E Abrão acrescentou: “Eis que não me tens dado descendente,+ e eis que um filho+ dos da minha casa me sucederá como herdeiro.”  Mas, eis que a palavra de Jeová para ele foi nestas palavras: “Este homem não te sucederá como herdeiro, mas alguém que virá das tuas próprias entranhas* te sucederá como herdeiro.”+  Ele o levou então para fora e disse: “Olha para os céus, por favor, e conta as estrelas, se as puderes contar.”+ E prosseguiu, dizendo-lhe: “Assim se tornará o teu descendente.”+  E ele depositou fé* em Jeová;+ e este passou a imputar-lhe isso como justiça.+  Acrescentou-lhe então: “Eu sou Jeová, que te fiz sair de Ur dos Caldeus para dar-te esta terra, a fim de tomares posse dela.”+  A isto ele disse: “Soberano Senhor Jeová,* por meio de que saberei que tomarei posse dela?”+  Ele lhe disse, por sua vez: “Toma para mim* uma novilha de três anos, e uma cabra de três anos, e um carneiro de três anos, e uma rola e um pombinho.”+ 10  De modo que tomou todos estes e os cortou pelo meio, e pôs cada parte deles para corresponder à outra, mas as aves não cortou em pedaços.+ 11  E as aves de rapina começavam a descer sobre os cadáveres,+ mas Abrão as enxotava. 12  Depois de algum tempo, o sol estava para pôr-se, e caiu um sono profundo sobre Abrão,+ e eis que caía sobre ele uma grande e aterradora escuridão.* 13  E ele começou a dizer a Abrão: “Sabe com certeza que o teu descendente se tornará residente forasteiro numa terra que não é sua;+ e eles terão de servir-lhes, e estes certamente os atribularão por quatrocentos anos.+ 14  Mas eu estou julgando a nação à qual servirão,+ e depois sairão com muitos bens.+ 15  Quanto a ti, irás em paz para os teus antepassados; serás enterrado numa boa velhice.+ 16  Na quarta geração, porém, voltarão para cá,+ porque ainda não se completou o erro dos amorreus.”+ 17  O sol se punha então e houve uma profunda escuridão, e eis uma fornalha fumegante e uma tocha acesa que passava entre esses pedaços.+ 18  Naquele dia Jeová concluiu* um pacto com Abrão,+ dizendo: “À tua descendência hei de dar esta terra,+ desde o rio do Egito até o grande rio, o rio Eufrates:+ 19  os queneus,+ e os quenizeus, e os cadmoneus, 20  e os hititas,+ e os perizeus,+ e os refains,+ 21  e os amorreus, e os cananeus, e os girgaseus, e os jebuseus.+

Notas de rodapé

“Sou teu protetor e tua mui grande recompensa”, Vg.
“Soberano Senhor Jeová.” Hebr.: ’Adho·naí Yehwíh. Onde o nome de Deus segue ao título ’Adho·naí, como aqui, note a mudança dos sinais vocálicos em YHWH. BHK reza aqui Yehwíh em vez de Yehwáh; ao passo que Gins. reza Yeho·wíh, em vez de Yeho·wáh. Veja Ap. 1E.
“Entranhas.” Lit.: “intestinos”.
“Depositou fé.” Esta é a primeira menção do exercício da fé, e isso corretamente, porque Ro 4:11 declara ser Abraão o “pai de todos os que têm fé enquanto na incircuncisão”.
Hebr.: Yehwíh; LXXP.Oxy.IV.656 originalmente deixou suficiente espaço em branco para caberem quatro letras onde no M ocorria o Tetragrama neste v. :8 Veja The Oxyrhynchus Papyri, Parte IV, editados por B. P. Grenfell e A. S. Hunt, Londres, 1904, pp. 30, 33.
“Mim”, MLXXVg; Sy: “ti”.
Lit.: “terror, grande escuridão”.
Lit.: “cortou”. LXX: “pactuou”.