1 Timóteo 6:1-21

6  Tantos quantos forem escravos debaixo dum jugo estejam considerando os seus donos dignos de plena honra,+ para que nunca se fale de modo ultrajante do nome de Deus e do ensino.+  Além disso, os que tiverem donos crentes+ não os menosprezem,+ porque são irmãos.+ Ao contrário, sejam escravos com tanto mais prontidão, porque os que recebem o proveito do seu bom serviço* são crentes e amados. Persiste em ensinar estas coisas+ e em dar estas exortações.  Se algum homem ensinar outra doutrina+ e não concordar com palavras salutares,+ as de nosso Senhor Jesus Cristo, nem com o ensino concordante com a devoção piedosa,*+  ele está enfunado [de orgulho],+ não entendendo nada,+ mas tendo mania+ de criar questões e debates sobre palavras.+ Destas coisas procedem inveja,+ rixa, linguagem ultrajante,+ suspeitas iníquas,  disputas violentas sobre ninharias,* da parte de homens corrompidos na mente+ e espoliados da verdade,+ pensando que a devoção piedosa é meio de ganho.+  Decerto, é meio de grande ganho,+ [esta] devoção piedosa*+ junto com a auto-suficiência.*+  Pois não trouxemos nada ao mundo, nem podemos levar nada embora.+  Assim, tendo sustento e com que nos cobrir, estaremos contentes com estas coisas.+  No entanto, os que estão resolvidos a ficar ricos caem em tentação+ e em laço, e em muitos desejos insensatos e nocivos,+ que lançam os homens na destruição e na ruína.+ 10  Porque o amor+ ao dinheiro é raiz+ de toda sorte de coisas prejudiciais,*+ e alguns, por procurarem alcançar este amor, foram desviados da fé e se traspassaram todo com muitas dores.+ 11  No entanto, tu, ó homem de Deus, foge destas coisas.+ Mas empenha-te pela justiça, pela devoção piedosa,* pela fé, pelo amor, pela perseverança, pela brandura de temperamento.+ 12  Trava a luta excelente da fé,*+ apega-te firmemente à vida eterna para a qual foste chamado e fizeste uma excelente declaração pública+ diante de muitas testemunhas. 13  À vista de Deus, que preserva vivas todas as coisas,* e de Cristo Jesus,* que, como testemunha,+ fez a excelente declaração pública+ perante Pôncio Pilatos,+ dou-te ordens+ 14  para que observes o mandamento dum modo imaculado e irrepreensível, até a manifestação+ de nosso Senhor Jesus Cristo. 15  Esta [manifestação], o feliz e único Potentado+ mostrará nos seus próprios tempos designados,+ [ele,] o Rei+ dos que reinam e Senhor+ dos que dominam, 16  o único que tem imortalidade,*+ que mora em luz+ inacessível, a quem nenhum dos homens tem visto nem pode ver.+ A ele seja honra+ e poderio eterno. Amém. 17  Dá ordens aos que são ricos+ no atual sistema de coisas,* que não sejam soberbos*+ e que não baseiem a sua esperança nas riquezas incertas,+ mas em Deus, que nos fornece ricamente todas as coisas para o nosso usufruto;+ 18  para praticarem o bem,+ para serem ricos em obras excelentes,+ para serem liberais, prontos para partilhar,+ 19  entesourando+ para si seguramente um alicerce+ excelente para o futuro, a fim de que se apeguem firmemente à verdadeira vida.+ 20  Ó Timóteo, guarda o que te foi confiado,+ desviando-te dos falatórios vãos, que violam o que é santo, e das contradições do falsamente chamado “conhecimento”.+ 21  Por ostentarem tal [conhecimento], alguns se desviaram da fé.+ A benignidade imerecida seja convosco.

Notas de rodapé

“Os que recebem o proveito do seu bom serviço”, אA; J7,8: “os que participam do bom de Jeová na terra”.
“Devoção piedosa”, אAVg; J7,8: “temor de Jeová”.
Ou “irritações mútuas”.
“Devoção piedosa”, אAVg; J7,8: “temor de Jeová”.
Ou “com contentamento”.
Ou “de todas as coisas prejudiciais”.
“Devoção piedosa”, אAVgSyp; J7,8: “temor de Jeová”.
Ou: “Contende pela vitória na competição correta da fé.”
Ou “que faz viver todas as coisas”.
Veja Ap. 6E.
“Imortalidade.” Gr.: a·tha·na·sí·an; lat.: in·mor·ta·li·tá·tem.
Ou “ordem de coisas”. Gr.: ai·ó·ni; lat.: saé·cu·li; J17,18,22(hebr.): ha·‛oh·lám, “a ordem de coisas”.
Ou “orgulhosos; arrogantes”.