1 Timóteo 3:1-16

3  Esta declaração é fiel.+ Se algum homem procura alcançar o cargo de superintendente,*+ está desejoso duma obra excelente.  O superintendente,* portanto, deve ser irrepreensível,+ marido de uma só esposa, moderado+ nos hábitos,* ajuizado,+ ordeiro,*+ hospitaleiro,*+ qualificado para ensinar,+  não brigão bêbedo,*+ não espancador,*+ mas razoável,*+ não beligerante,*+ não amante do dinheiro,+  homem que presida* de maneira excelente+ à sua própria família, tendo os filhos em sujeição com toda a seriedade;+  (deveras, se um homem não souber presidir à sua própria família, como tomará conta da congregação de Deus?)  não homem recém-convertido,*+ para que não venha a enfunar-se [de orgulho]+ e a cair no julgamento aplicado ao Diabo.+  Além disso, deve ter também testemunho excelente de pessoas de fora,+ a fim de que não caia em vitupério e num laço+ do Diabo.  Os servos ministeriais*+ devem igualmente ser sérios, não de língua dobre,* não dados a muito vinho, não ávidos de ganho desonesto,+  mantendo o segredo sagrado+ da fé em consciência limpa.+ 10  Também, sejam estes primeiro examinados+ quanto à aptidão, [e] então sirvam como ministros, estando livres de acusação.+ 11  As mulheres, igualmente, devem ser sérias, não caluniadoras,+ moderadas+ nos hábitos, fiéis em todas as coisas.+ 12  Os servos ministeriais* sejam maridos de uma só esposa,+ presidindo de maneira excelente aos filhos e às suas próprias famílias.+ 13  Pois os homens que ministram de maneira excelente estão adquirindo para si uma posição excelente+ e muita franqueza no falar*+ na fé, em conexão com Cristo Jesus. 14  Escrevo-te estas coisas, embora eu espere ir ter contigo em breve,+ 15  mas, caso eu demore, para que saibas como deves comportar-te na família de Deus,+ que é a congregação do Deus vivente, coluna e amparo+ da verdade. 16  Deveras, o segredo sagrado+ desta devoção piedosa* é admitidamente grande: ‘Ele foi manifestado em carne,+ foi declarado justo em espírito,+ apareceu a anjos,+ foi pregado entre nações,+ foi crido no mundo,+ foi recebido acima em glória.’+

Notas de rodapé

“Cargo de superintendente.” Gr.: e·pi·sko·pés; J17(hebr.): peqi·dhúth, “superintendência”.
“Superintendente.” Gr.: e·pí·sko·pon; J17(hebr.): feqídh, “e um superintendente”.
Lit.: “sóbrio”.
Lit.: “arrumado”.
Lit.: “afeiçoado a estranhos”.
Lit.: “não dado ao vinho”.
Lit.: “não golpeando”.
Lit.: “dócil”.
Lit.: “não brigando”.
“Que presida.” Lit.: “postado diante”.
“Homem recém-convertido.” Lit.: “neófito”. Gr.: ne·ó·fy·ton.
Ou “diáconos”. Gr.: di·a·kó·nous; lat.: di·á·co·nos.
Lit.: “dúplice”.
Ou “diáconos”. Gr.: di·á·ko·noi; lat.: di·á·co·nes.
Ou “grande denodo”.
“Devoção piedosa”, אAVg; J7,8: “temor de Jeová”.