1 Coríntios 7:1-40

7  Agora, quanto às coisas sobre as quais escrevestes, é bom que o homem não toque+ em mulher;  contudo, por causa da prevalência da fornicação,*+ tenha cada homem a sua própria esposa+ e tenha cada mulher o seu próprio marido.  O marido renda à esposa o que lhe é devido;+ mas, faça a esposa também o mesmo para com o marido.+  A esposa não exerce autoridade sobre o seu próprio corpo, mas sim o seu marido;+ do mesmo modo, também, o marido não exerce autoridade sobre o seu próprio corpo, mas sim a sua esposa.+  Não vos priveis um ao outro [disso],+ exceto por consentimento mútuo, por um tempo designado,+ para que possais devotar tempo à oração e possais ajuntar-vos novamente, a fim de que Satanás não vos tente+ pela vossa falta de comedimento.+  No entanto, digo isso como concessão,*+ não como mandado.*+  Mas, eu queria que todos os homens fossem como eu.+ Não obstante, cada um tem o seu próprio dom+ da parte de Deus, um deste modo, outro daquele modo.  Digo, porém, aos não casados+ e às viúvas, que é bom que permaneçam assim como eu.+  Mas, se não tiverem autodomínio,+ casem-se, pois é melhor casar-se+ do que estar inflamado [de paixão].+ 10  Aos casados dou ordens, contudo, não eu, mas o Senhor,+ que a esposa não se afaste de seu marido;+ 11  mas, se ela realmente se afastar, que permaneça sem se casar, ou, senão, que se reconcilie novamente com seu marido; e o marido não deve deixar a sua esposa. 12  Mas, aos outros digo eu, sim, eu, não o Senhor:+ Se algum irmão tiver esposa incrédula, e ela, contudo, estiver disposta a morar com ele, que ele não a deixe; 13  e a mulher que tiver marido incrédulo, e ele, contudo, estiver disposto a morar com ela, não deixe seu marido. 14  Pois o marido incrédulo está santificado em relação à [sua] esposa, e a esposa incrédula está santificada em relação ao irmão; de outro modo, os vossos filhos seriam realmente impuros,+ mas agora são santos.+ 15  Mas, se o incrédulo passar a afastar-se,+ deixa-o afastar-se; o irmão ou a irmã não está em servidão em tais circunstâncias, mas Deus vos chamou à paz.+ 16  Pois, esposa, como sabes se não hás de salvar o [teu] marido?+ Ou, marido, como sabes se não hás de salvar a [tua] esposa?+ 17  Apenas, conforme o quinhão que Jeová* tem dado a cada um,+ ande cada um assim como Deus* o chamou.+ E assim ordeno+ em todas as congregações. 18  Foi alguém chamado [no estado] circunciso?+ Que não se torne incircunciso. Tem alguém sido chamado na incircuncisão?+ Não seja circuncidado.+ 19  A circuncisão+ não significa coisa alguma e a incircuncisão+ não significa coisa alguma, mas [sim] a observância dos mandamentos de Deus.+ 20  Em qualquer estado* em que cada um foi chamado,+ neste permaneça.+ 21  Foste chamado quando escravo? Não te preocupes com isso;+ mas, se também puderes ficar livre, então aproveita a oportunidade. 22  Pois, todo aquele, no Senhor, que foi chamado quando escravo, é o liberto do Senhor;+ igualmente, aquele que foi chamado quando era liberto,+ é escravo+ de Cristo. 23  Vós fostes comprados por um preço;+ parai de vos tornardes escravos+ de homens. 24  Qualquer que tenha sido a condição+ em que cada um foi chamado, irmãos, permaneça nela associado com Deus. 25  Agora, concernente às virgens, não tenho mandado da parte do Senhor, mas dou a minha opinião+ como alguém para com quem o Senhor mostrou misericórdia+ para ser fiel.+ 26  Portanto, acho bom, em vista da necessidade aqui conosco, que é bom que o homem continue assim como está.+ 27  Estás amarrado a uma esposa?+ Pára de buscar livramento.+ Estás solto duma esposa? Pára de buscar esposa. 28  Porém, mesmo se te casares, não cometes pecado.+ E, se uma [pessoa] virgem* se casar, não comete pecado. No entanto, os que o fizerem, terão tribulação na sua carne.+ Mas eu vos estou poupando. 29  Outrossim, digo o seguinte, irmãos: o tempo que resta é reduzido.+ Doravante, os que tiverem esposas sejam como se não as tivessem,+ 30  e também os que choram sejam como os que não choram, e os que se alegram, como os que não se alegram, e os que compram, como os que não possuem, 31  e os que fazem uso do mundo,+ como os que não o usam plenamente; porque está mudando a cena deste mundo.+ 32  Deveras, quero que estejais livres de ansiedade.+ O homem não casado está ansioso das coisas do Senhor, de como pode ganhar a aprovação do Senhor. 33  Mas o homem casado está ansioso+ das coisas do mundo, de como pode ganhar a aprovação de sua esposa,+ 34  e ele está dividido. Além disso, a mulher não casada, e a virgem, está ansiosa das coisas do Senhor,+ para que seja santa tanto no seu corpo como no seu espírito. No entanto, a mulher casada está ansiosa das coisas do mundo, de como pode ganhar a aprovação de seu marido.+ 35  Mas, digo isso para a vossa vantagem pessoal, não para vos armar um laço, mas para induzir-vos ao que é decente+ e ao que significa assistir constantemente ao Senhor, sem distração.+ 36  Mas, se alguém pensa que se está comportando de modo impróprio para com a sua virgindade,*+ se esta* estiver além da flor da juventude,* e este é o modo em que deve ocorrer, faça ele o que quiser; ele não peca. Casem-se.+ 37  Mas, se alguém estiver resolvido no seu coração, não tendo necessidade, mas tiver autoridade sobre a sua própria vontade e tiver feito esta decisão no seu próprio coração, de manter a sua própria virgindade, ele fará bem.+ 38  Conseqüentemente, também faz bem aquele que der a sua virgindade em casamento,+ mas, aquele que não a der em casamento fará melhor.+ 39  A esposa está amarrada durante todo o tempo em que seu marido estiver vivo.+ Mas, se o seu marido adormecer [na morte], ela está livre para se casar com quem quiser, somente no* Senhor.+ 40  Ela será mais feliz, porém, se permanecer assim como está,+ segundo a minha opinião. Acho certamente ter também o espírito de Deus.+

Notas de rodapé

“Prevalência da fornicação.” Lit.: “fornicações”.
Lit.: “opinião conjunta”.
“Mandado.” Lit.: “imposição”.
“Jeová”, em harmonia com J28, Ro 12:3 e 2Co 10:13; P46אABCD(gr.): ho Ký·ri·os; Syh e TR: “Deus”. Veja Ap. 1D.
“Deus”, P46אABCDVgSyp; Syh e TR: “o Senhor”; J7,8,10: “Jeová”.
Ou “chamada”.
“Uma [pessoa] virgem”, B.
Ou “virgem”. Gr.: par·thé·non; lat.: vír·gi·ne.
Ou “ela”.
Lit.: “além da flor da vida”. Gr.: hy·pér·ak·mos; lat.: su·per·a·dúl·ta.
Ou “se ele estiver em união com”.