Êxodo 34:1-35

34  Jeová disse então a Moisés: “Lavra para ti duas tábuas de pedra iguais às primeiras,+ e eu terei de escrever nas tábuas as palavras* que apareceram nas primeiras tábuas+ que destroçaste.+  E apronta-te para a manhã, visto que de manhã tens de subir ao monte Sinai e postar-te junto a mim, lá no cume do monte.+  Mas ninguém pode subir contigo, nem tampouco se veja alguém mais em todo o monte.+ Ainda mais, nem rebanho nem manada devem pastar diante deste monte.”+  De acordo com isso, Moisés lavrou duas tábuas de pedra iguais às primeiras, e levantou-se de manhã cedo e foi subir ao monte Sinai, assim como Jeová lhe mandara, e levava na mão as duas tábuas de pedra.  E Jeová passou a descer+ na nuvem e a pôr-se ali junto dele, e passou a declarar* o nome de Jeová.+  E Jeová ia passando diante da sua face e declarando:* “Jeová, Jeová, Deus* misericordioso+ e clemente,+ vagaroso em irar-se+ e abundante em benevolência*+ e em verdade,*+  preservando a benevolência para com milhares,+ perdoando o erro, e a transgressão, e o pecado,+ mas de modo algum isentará da punição,+ trazendo punição pelo erro dos pais sobre os filhos e sobre os netos, sobre a terceira geração e sobre a quarta geração.”*+  Moisés apressou-se imediatamente a inclinar-se para a terra e a prostrar-se.+  Disse então: “Agora, se eu tiver achado favor aos teus olhos, ó Jeová,* por favor, que Jeová* vá junto no nosso meio,+ porque é um povo de dura cerviz,+ e deves perdoar nosso erro e nosso pecado,+ e tens de tomar-nos como a tua posse.”+ 10  Ele disse, por sua vez: “Eis que estou concluindo um pacto: Diante de todo o teu povo farei coisas maravilhosas que nunca foram criadas em toda a terra, nem entre todas as nações;+ e todo o povo no meio do qual estás há de ver o trabalho de Jeová, porque coisa atemorizante é o que faço contigo.+ 11  “No que se refere a ti, guarda o que hoje te ordeno.+ Eis que expulso diante de ti os amorreus, e os cananeus, e os hititas, e os perizeus, e os heveus, e os jebuseus.+ 12  Guarda-te de não concluíres nenhum pacto com os habitantes do país para o qual vais,+ para que isso não se mostre um laço no teu meio.+ 13  Mas deveis demolir seus altares e deveis destroçar suas colunas sagradas, e deveis decepar seus postes sagrados.*+ 14  Pois, não deves prostrar-te diante de qualquer outro deus,*+ porque Jeová, cujo nome é Ciumento,* é um Deus ciumento;*+ 15  para que não concluas nenhum pacto com os habitantes do país, visto que certamente terão relações imorais* com os seus deuses*+ e oferecerão sacrifícios aos seus deuses,+ e alguém por certo te convidará e certamente comerás do seu sacrifício.+ 16  Então terás de tomar algumas das suas* filhas para teus filhos,+ e suas filhas certamente terão relações imorais* com os seus deuses e farão teus filhos ter relações imorais com os seus deuses.+ 17  “Não deves fazer para ti deuses-ídolos fundidos.+ 18  “Deves guardar a festividade dos pães não fermentados.+ Comerás pães não fermentados, assim como te mandei, por sete dias, no tempo designado no mês de abibe,*+ porque foi no mês de abibe que saíste do Egito. 19  “Tudo o que primeiro abrir a madre é meu,+ e quanto a todo o teu gado, todo macho primeiro nascido do touro e do ovídeo.+ 20  E o primeiro nascido dum jumento deves remir com um ovídeo.+ Mas, se não o remires, então terás de quebrar-lhe a nuca. Todo primogênito dos teus filhos deves remir.+ E eles não devem comparecer diante de mim de mãos vazias.+ 21  “Seis dias deves labutar,* mas no sétimo dia guardarás o sábado.*+ Guardarás o sábado no tempo da lavoura e no tempo da colheita.+ 22  “E realizarás a tua festividade das semanas* com os primeiros frutos maduros da sega do trigo+ e a festividade do recolhimento* na volta do ano.+ 23  “Três vezes no ano, todo macho teu deve comparecer+ diante do [verdadeiro] Senhor, Jeová,* o Deus de Israel. 24  Pois desalojarei as nações de diante de ti+ e vou fazer espaçoso o teu território;+ e ninguém desejará a tua terra enquanto subires três vezes por ano para ver a face de Jeová, teu Deus.+ 25  “Não deves abater o sangue do meu sacrifício junto com o que é levedado.+ E o sacrifício da festividade da páscoa não deve ficar toda a noite até à manhã.+ 26  “Deves trazer à casa de Jeová, teu Deus,+ o melhor dos primeiros frutos maduros do teu solo.+ “Não deves cozinhar o cabritinho no leite de sua mãe.”+ 27  E Jeová prosseguiu, dizendo a Moisés: “Escreve para ti estas palavras,+ porque é de acordo com estas palavras que deveras concluo um pacto contigo e com Israel.”+ 28  E ele continuou ali com Jeová quarenta dias e quarenta noites. Não comeu pão nem bebeu água.+ E ele* passou a escrever nas tábuas as palavras do pacto, as Dez Palavras.*+ 29  Então, quando Moisés desceu do Monte Sinai, sucedeu que as duas tábuas do Testemunho estavam na mão de Moisés quando desceu do monte,+ e Moisés não sabia que a pele da sua face emitia raios por ter falado com ele.+ 30  Quando Arão e todos os filhos de Israel chegaram a ver Moisés, ora, eis que a pele da sua face emitia raios e eles ficaram com medo de se aproximar dele.+ 31  E Moisés passou a chamá-los. Assim, Arão e todos os maiorais* dentre a assembléia voltaram a ele e Moisés começou a falar-lhes. 32  Só depois disso aproximaram-se dele todos os filhos de Israel, e ele começou a ordenar-lhes tudo o que Jeová lhe falara no monte Sinai.+ 33  Sempre que Moisés acabava de falar com eles, punha um véu sobre a sua face.+ 34  Mas quando Moisés entrava perante Jeová para falar com ele, tirava o véu até sair.+ E saía e falava aos filhos de Israel o que se lhe mandava.+ 35  E os filhos de Israel viram a face de Moisés, que a pele da face de Moisés emitia raios;+ e Moisés pôs o véu de volta sobre a sua face até entrar para falar com ele.+

Notas de rodapé

Ou “ordens”.
Ou “pregar”. Lit.: “invocar”.
Lit.: “e invocando”.
“Deus.” Hebr.: ’El; gr.: The·ós.
Ou “amor leal”.
Ou “fidelidade”.
Lit.: “até os terceiros e os quartos [gerados]”.
Uma das 134 mudanças de YHWH para ’Adho·naí feitas pelos escribas. Veja Ap. 1B.
Veja n. precedente.
Ou “suas axerás”.
“Diante de . . . deus.” Hebr.: le’él.
Lit.: “Ciumento [é] seu nome.” Hebr.: Qan·ná’ shemóh.
“Um Deus ciumento.” Ou “um Deus que exige devoção exclusiva”. Hebr.: ’El qan·ná’; gr.: The·ós ze·lo·tés. Veja 20:5 n.: “exclusiva”.
Ou “certamente cometerão fornicação”.
“Seus deuses.” Hebr.: ’elo·heh·hém.
Lit.: “sua”, mas em sentido coletivo.
Lit.: “e [suas filhas] fornicarão”. Hebr.: weza·nú; gr.: kai ek·por·neú·so·sin; lat.: fú·e·rint for·ni·cá·tae.
Veja 13:4 n.
Ou “prestar serviço”. Gr.: er·gaí.
Ou “repousarás”.
Ou “Pentecostes”, 6 de sivã, o 50.o dia a partir de 16 de nisã. Veja Ap. 8B.
Ou “colheita”.
“Do [verdadeiro] Senhor, Jeová.” Hebr.: ha·’A·dhón Yehwáh; Vg: “o onipotente Senhor”. Veja Ap. 1H.
“Ele.” Veja v. 1.
“As Dez Palavras.” Hebr.: ‛asé·reth had·deva·rím; gr.: tous dé·ka ló·gous; isto é, as dez palavras de ordem, as dez coisas a fazer, o Decálogo ou os Dez Mandamentos. Veja De 4:13 n.
Ou “nases”.