Êxodo 30:1-38

30  “E terás de fazer um altar como lugar para se queimar incenso;+ fá-lo-ás de madeira de acácia.  De um côvado de comprimento e de um côvado de largura, deverá ser quadrado, e sua altura dois côvados. Seus chifres se estenderão dele.+  E terás de recobri-lo de ouro puro, sua parte superior e seus lados* ao redor, e seus chifres; e terás de fazer-lhe uma bordadura de ouro ao redor.+  Far-lhe-ás também duas argolas de ouro. Fá-las-ás abaixo da sua bordadura em dois dos seus lados, em dois lados opostos dele, visto que terão de servir de suportes para os varais com que será carregado.+  E terás de fazer os varais de madeira de acácia e recobri-los de ouro.+  E terás de pô-lo diante da cortina que está perto da arca do testemunho,+ diante da tampa que há sobre o Testemunho, onde me apresentarei a ti.+  “E Arão terá de fazer fumegar incenso perfumado+ sobre ele.+ Fá-lo-á fumegar manhã após manhã, ao aprontar as lâmpadas.+  E fá-lo-á fumegar quando Arão acender as lâmpadas entre as duas noitinhas. É um incenso contínuo perante Jeová nas vossas gerações.  Não deveis oferecer sobre ele nenhum incenso ilegítimo,*+ nem oferta queimada, nem oferta de cereais;* e não deveis derramar sobre ele nenhuma oferta de bebida. 10  E uma vez por ano Arão terá de fazer expiação sobre os seus chifres.+ Com um pouco de sangue da oferta pelo pecado,+ da expiação, fará expiação por ele uma vez por ano, nas vossas gerações. É santíssimo para Jeová.” 11  E Jeová prosseguiu falando a Moisés, dizendo: 12  “Sempre que fizeres a soma dos filhos de Israel como recenseamento deles,*+ então cada um terá de dar a Jeová um resgate* pela sua alma* quando* se fizer o recenseamento deles,+ para que não venha sobre eles alguma praga ao se fazer o seu recenseamento.+ 13  Isto é o que darão todos os que passarem para os contados: meio siclo segundo o siclo* do lugar santo.*+ Vinte geras* são iguais a um siclo. Meio siclo é a contribuição a Jeová.+ 14  Todo aquele que passar para os registrados, de vinte anos de idade e para cima, dará a contribuição [pertencente a] Jeová.+ 15  O rico não deve dar mais e o de condição humilde não deve dar menos de meio siclo,+ a fim de dar a contribuição [pertencente a] Jeová para se fazer expiação pelas vossas almas.+ 16  E terás de tomar dos filhos de Israel o dinheiro de prata da expiação e dá-lo em benefício do serviço da tenda de reunião,+ para que deveras sirva de recordação perante Jeová para os filhos de Israel, a fim de se fazer expiação pelas vossas almas.” 17  E Jeová falou mais a Moisés, dizendo: 18  “Tens de fazer uma bacia* de cobre e seu suporte de cobre, para a lavagem,+ e tens de pô-la entre a tenda de reunião e o altar, e tens de pôr água nela.+ 19  E Arão e seus filhos terão de lavar ali suas mãos e seus pés.+ 20  Quando entrarem na tenda de reunião, lavar-se-ão com água para que não morram, ou quando se aproximarem do altar para ministrar, a fim de fazerem fumegar uma oferta feita por fogo a Jeová.+ 21  E terão de lavar as mãos e os pés, para que não morram,+ e isso terá de servir-lhes de regulamento por tempo indefinido, para ele e para sua descendência, nas suas gerações.”+ 22  E Jeová continuou a falar a Moisés, dizendo: 23  “Quanto a ti, toma para ti os mais seletos perfumes:+ mirra+ em gotas solidificadas,* quinhentas unidades, e canela+ fragrante na metade desta quantidade, duzentas e cinqüenta unidades, e cálamo+ fragrante, duzentas e cinqüenta unidades, 24  e cássia,+ quinhentas unidades segundo o siclo do lugar santo,+ e um him de azeite de oliveira.+ 25  Então tens de fazer disso um óleo de santa unção, um ungüento, uma mistura que é obra de fabricante de ungüento.+ Deve ser um óleo de santa unção.+ 26  “E com ele terás de ungir a tenda de reunião+ e a arca do testemunho, 27  e a mesa e todos os seus utensílios, e o candelabro e seus utensílios, e o altar do incenso, 28  e o altar da oferta queimada e todos os utensílios, e a bacia e seu suporte. 29  E terás de santificá-los para que deveras se tornem santíssimos.+ Quem* os tocar deve ser santo.+ 30  E ungirás Arão+ e seus filhos,+ e terás de santificá-los, a fim de atuarem para mim como sacerdotes.+ 31  “E falarás aos filhos de Israel, dizendo: ‘Isto deve continuar como óleo de santa unção para mim nas vossas gerações.+ 32  Não deve ser esfregado em carne humana, e com a sua composição não deveis fazer nada igual a ele. É algo sagrado. Deve continuar como algo sagrado para vós. 33  Quem fizer um ungüento semelhante a ele e quem puser dele num estranho* terá de ser decepado do seu povo.’”+ 34  E Jeová prosseguiu, dizendo a Moisés: “Toma para ti perfumes:+ gotas de estoraque, e onicha, e gálbano perfumado, e olíbano puro.+ Deve haver a mesma porção de cada um. 35  E tens de fazer disso um incenso,+ uma mistura aromática, trabalho de fabricante de ungüento, salgado,+ puro, algo sagrado. 36  E um pouco dele tens de reduzir a pó fino e tens de pôr um pouco dele diante do Testemunho na tenda de reunião,+ onde me apresentarei a ti.+ Deve ser santíssimo para vós. 37  E o incenso que farás com esta composição não deveis fazer para vós mesmos.+ Deve continuar para ti como algo sagrado para Jeová.+ 38  Quem fizer um igual a este para regalar-se com o seu cheiro tem de ser decepado+ do seu povo.”

Notas de rodapé

Lit.: “paredes”.
Lit.: “estranho”.
Lit.: “dádiva”.
Ou “pelos seus registrados”.
Ou “reparação”. Lit.: “cobertura”. Gr.: lý·tra, pl.
“Sua alma (vida).” Hebr.: naf·shóh; gr.: psy·khés.
Ou “por”.
“Siclo”, MSy; LXX: “didracma”. Veja Ap. 8A.
Ou “segundo o siclo sagrado”. Este era um peso-padrão mantido no tabernáculo; ou, possivelmente, para enfatizar que o peso devia ser exato. Veja 2Sa 14:26 n.: “pedra”.
Veja Ap. 8A.
Ou “lavatório”.
Ou “mirra de pérolas”, quer dizer, gotas brancas de mirra, solidificadas, que ficaram vermelho-escuras ou pretas.
Ou: “Tudo o que.”
“Estranho”, isto é, um não-aronita. Veja 29:32, 33.