Na terça-feira 21 de março de 2017, o Corpo Governante das Testemunhas de Jeová fez um convite às Testemunhas de Jeová de todo o mundo. Elas foram convidadas a participar numa campanha para escrever cartas com um apelo às maiores autoridades do governo russo que ameaçavam proibir as atividades das Testemunhas de Jeová em toda a Rússia. Não sabemos exatamente quantas cartas chegaram até as autoridades russas, mas muitas enviaram uma resposta oficial confirmando que receberam as cartas. O governo russo não levou em conta os apelos feitos e usou sua autoridade para atacar a adoração de nossos irmãos. Mesmo assim, a campanha foi uma demonstração impressionante de que as Testemunhas de Jeová em todo o mundo são unidas. Além disso, essa campanha mostrou para os irmãos na Rússia que seus irmãos na fé no mundo todo estão prontos para ajudá-los. — 1 Pedro 2:17.

Uma garotinha participa da campanha na Bolívia.

Muitas Testemunhas de Jeová se esforçaram bastante para participar nessa campanha. Em alguns países, era muito caro enviar uma carta para a Rússia. Então, irmãos com mais recursos contribuíram para que os que não tinham condições de pagar o correio também pudessem participar. Em outros casos, os irmãos tiveram que enviar as cartas por meio de irmãos em outros países, onde o custo do correio era mais baixo. Muitos irmãos se reuniram em família ou como congregação para escrever as cartas e enviá-las. Assim, além de economizar com o correio, os irmãos fizeram dessa campanha um acontecimento que eles vão sempre se lembrar.

Até mesmo pessoas que trabalham nos correios estavam apoiando a campanha. Por exemplo, o gerente de um serviço de encomendas em Barranquilla, Colômbia, disse: “Fiquei impressionado de ver que vocês são unidos mundialmente. Vocês se uniram para ajudar seus irmãos na Rússia. Imagino que em cada cidade ao redor do mundo esteja acontecendo o mesmo que aqui em Barranquilla. Esse apelo vai ser muito grande, vai ser feito no mundo todo, e eu espero que todos vejam como ele é importante.” Em Anseong, na Coreia do Sul, um agente do correio disponibilizou um caixa especialmente para atender as Testemunhas de Jeová e até deu a elas um envelope para postagens internacionais, sem custo.

Irmãos se reúnem para escrever cartas na Guiné.

Yaroslav Sivulskiy, porta-voz das Testemunhas de Jeová, explicou: “Quando os irmãos na Rússia ficaram sabendo que o Corpo Governante tinha iniciado uma campanha mundial de cartas a favor deles, eles sabiam que não importava a decisão do tribunal, eles não estavam sozinhos.”

Mark Sanderson, membro do Corpo Governante, disse: “Essa campanha de cartas mostrou o quanto o povo de Jeová é unido. A cada dia que passa o fim deste mundo está mais perto, e vemos como a nossa união vai ser importante para sobrevivermos. Enquanto aguardamos para ver como Jeová vai manobrar as coisas com relação à Rússia, vamos usar todos os recursos disponíveis para ajudar nossos irmãos. Nós também vamos continuar orando juntos a Jeová, confiantes de que ele vai cuidar dos nossos irmãos, não importa o que aconteça.” — Salmo 65:2.