Pular para conteúdo

7 DE MARÇO DE 2016
AZERBAIJÃO

Irina Zakharchenko e Valida Jabrayilova entram com recurso contra condenações injustas

Irina Zakharchenko e Valida Jabrayilova entram com recurso contra condenações injustas

Em 9 de março de 2016, o tribunal de apelação de Baku ouvirá as queixas de Irina Zakharchenko e Valida Jabrayilova. Elas tinham sido condenadas de forma ilegal por distribuírem publicações religiosas. As mulheres esperam ser absolvidas e indenizadas pelos gastos que tiveram com o processo. Elas também esperam uma compensação, já que seus direitos foram violados enquanto ficaram presas por quase um ano.

Antes do julgamento, o Grupo de Trabalho das Nações Unidas sobre Detenção Arbitrária emitiu um parecer. O parecer determinou que as autoridades do Azerbaijão tinham violado os direitos de Irina e Valida. Também determinou que as mulheres eram vítimas e que mereciam ser compensadas. Mas em 28 de janeiro de 2016, dia do julgamento, o tribunal ignorou a opinião da ONU e julgou as mulheres culpadas.