Pular para conteúdo

7 DE JANEIRO DE 2016
AZERBAIJÃO

ONU pede ao Azerbaijão a libertação de Irina Zakharchenko e Valida Jabrayilova

O Grupo de Trabalho das Nações Unidas sobre Detenção Arbitrária pediu ao Azerbaijão a libertação de Irina Zakharchenko e Valida Jabrayilova. Elas foram presas quando estavam exercendo, de modo pacífico, sua liberdade de religião. Por isso, o Grupo de Trabalho decidiu que a prisão delas foi injusta. Também declarou que o governo do Azerbaijão praticou discriminação religiosa e desobedeceu leis internacionais que garantem um julgamento justo. Essa decisão do Grupo de Trabalho não envolve apenas a prisão preventiva de Irina e Valida. Após o julgamento, se elas forem condenadas por praticar suas atividades religiosas, isso também será considerado injusto e discriminatório.

O Azerbaijão desconsiderou o apelo feito pelo Comitê de Direitos Humanos da ONU, que pediu a libertação de Irina. Por motivos de saúde, ela não compareceu ao tribunal em 7 de janeiro de 2016. Quando ocorrer o julgamento, será que o juiz Akram Gahramanov vai acatar as leis internacionais?