Pular para conteúdo

TEXTOS BÍBLICOS EXPLICADOS

Jeremias 29:11 — “Conheço os planos que tenho para vocês”

 “‘Eu sei muito bem o que tenho em mente para vocês’, diz Jeová. * ‘Quero que tenham paz, não calamidade. Quero dar a vocês um futuro e uma esperança.’” — Jeremias 29:11, Tradução do Novo Mundo.

 “‘Sou eu que conheço os planos que tenho para vocês’, diz o SENHOR, ‘planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro’.” — Jeremias 29:11, Nova Versão Internacional.

Explicação de Jeremias 29:11

 Jeová Deus prometeu aos seus servos que eles viveriam em paz no futuro. Embora essas palavras tenham sido escritas para pessoas que viveram no passado, Deus faz essa mesma promessa para nós hoje. Ele é “o Deus que dá esperança”. (Romanos 15:13) É por isso que ele fez questão de colocar essa promessa na Bíblia, para que nós “tivéssemos esperança” de um futuro melhor. — Romanos 15:4.

Contexto de Jeremias 29:11

 Essas palavras faziam parte de uma carta enviada aos israelitas em Babilônia, que tinham sido levados cativos de Jerusalém. * (Jeremias 29:1) Deus disse aos israelitas que eles ficariam no cativeiro por um longo período e que deveriam construir casas, cuidar de suas plantações e formar famílias. (Jeremias 29:4-9) Mas Deus também disse: “Quando se completarem 70 anos em Babilônia, voltarei a minha atenção para vocês e cumprirei a minha promessa, trazendo-os de volta para [Jerusalém].” (Jeremias 29:10) Deus garantiu que eles não seriam esquecidos e que a esperança de voltar a Jerusalém se tornaria realidade. — Jeremias 31:16, 17.

 Deus cumpriu a promessa que fez aos israelitas. Assim como ele disse que ia acontecer, Babilônia foi conquistada pelo rei persa Ciro. (Isaías 45:1, 2; Jeremias 51:30-32) Daí, Ciro permitiu que os israelitas voltassem para sua terra natal. Depois de 70 anos presos em Babilônia, os israelitas por fim estavam de volta em Jerusalém. — 2 Crônicas 36:20-23; Esdras 3:1.

 Saber que as palavras de Jeremias 29:11 se cumpriram reforça a confiança de todos os que esperam o cumprimento das promessas de Deus hoje. Uma dessas promessas é que, por meio de Jesus Cristo, o Reino de Deus vai trazer paz para todas as pessoas que vão viver na Terra. — Salmo 37:10, 11, 29; Isaías 55:11; Mateus 6:10.

Ideias erradas sobre Jeremias 29:11

 Ideia errada: Deus tem um “plano” específico para cada pessoa.

 Fato: Deus permite que cada pessoa escolha o que vai fazer na vida. As palavras em Jeremias 29:11 foram dirigidas aos israelitas em Babilônia como grupo. E Deus prometeu que esse grupo viveria em paz no futuro. (Jeremias 29:4) Mesmo assim, ele permitiu que cada israelita fizesse sua própria escolha: se queria ou não servir a Deus e ter esse futuro. (Deuteronômio 30:19, 20; Jeremias 29:32) Aqueles que escolheram buscar a Deus fizeram isso orando a ele de todo o coração. — Jeremias 29:12, 13.

 Ideia errada: Deus faz os seus servos prosperarem com muitas riquezas.

 Fato: As palavras “prosperar” e “prosperidade” que aparecem em algumas Bíblias em Jeremias 29:11 são a tradução de uma palavra hebraica que significa “paz, saúde e bem-estar”. O contexto mostra que Deus não prometeu riquezas aos israelitas, mas sim que eles teriam paz e uma vida tranquila. A nação continuaria a existir e um dia eles voltariam para Jerusalém. — Jeremias 29:4-10.

Leia Jeremias capítulo 29 junto com notas explicativas e referências cruzadas.

^ parágrafo 1 A Bíblia mostra que Jeová é o nome de Deus. — Salmo 83:18.

^ parágrafo 4 Sobre o texto de Jeremias 29:11, o livro The Expositor’s Bible Commentary (Comentário Bíblico do Expositor) diz: “É difícil encontrar em qualquer outro lugar das Escrituras uma promessa tão maravilhosa que expresse a compaixão de Javé [Jeová] pelos exilados e que coloque diante deles, finalmente, uma razão para terem esperança e serem otimistas.” — Volume 7, página 360.