Pular para conteúdo

Pular para menu secundário

Testemunhas de Jeová

Português

O que os números significam na Bíblia? A numerologia tem base bíblica?

A resposta da Bíblia

Em geral, os números na Bíblia têm sentido literal, mas às vezes eles são usados de modo simbólico. O contexto costuma indicar se um número é simbólico. Veja alguns exemplos do significado simbólico dos números na Bíblia:

  • 1 Unidade. Por exemplo, referindo-se a seus seguidores, Jesus orou a Deus: “Que todos sejam um, assim como tu, Pai, estás em união comigo e eu estou em união contigo.” — João 17:21; Mateus 19:6.

  • 2 Num contexto jurídico, duas testemunhas confirmam que algo é verdadeiro. (Deuteronômio 17:6) Do mesmo modo, a repetição de uma visão ou de uma declaração confirma que ela é confiável e verdadeira. Por exemplo, ao interpretar um sonho de faraó, José disse: “O sonho veio ao faraó duas vezes porque a questão já foi decidida por Deus.” (Gênesis 41:32, Nova Versão Internacional) Num contexto profético, “dois chifres” podem representar um governo duplo, como foi dito ao profeta Daniel referente ao Império Medo-Persa. — Daniel 8:20, 21; Revelação (Apocalipse) 13:11.

  • 3 Assim como o testemunho de três pessoas garantiria que algo é verdadeiro, uma repetição tripla pelo visto serve para garantir ou enfatizar algo. — Ezequiel 21:27; Atos 10:9-16; Revelação 4:8; 8:13.

  • 4 Pode representar algo que cumpre plenamente seu objetivo. Por exemplo, “os quatro ventos da terra” representam forças destrutivas que vêm dos quatro pontos cardeais, ou seja, de todas as direções e cobrindo toda a Terra. — Revelação 7:1; 21:16; Isaías 11:12.

  • 6 Por ser um a menos que sete, que geralmente representa algo completo, o número seis pode representar algo incompleto ou imperfeito, ou então algo relacionado aos inimigos de Deus. — 1 Crônicas 20:6; Daniel 3:1; Revelação 13:18.

  • 7 Esse número muitas vezes é usado para passar a ideia de algo completo. Por exemplo, Deus ordenou que os israelitas marchassem em volta de Jericó por sete dias consecutivos e que fizessem isso sete vezes no sétimo dia. (Josué 6:15) A Bíblia contém muitos exemplos similares desse uso do número sete. (Levítico 4:6; 25:8; 26:18; Salmo 119:164; Revelação 1:20; 13:1; 17:10) Quando Jesus disse a Pedro que ele deveria perdoar ‘não até sete vezes, mas até setenta e sete vezes’, essa repetição de “sete” passava a ideia de “sem limite”. — Mateus 18:21, 22.

  • 10 Esse número pode representar totalidade ou soma de algo. — Êxodo 34:28; Lucas 19:13; Revelação 2:10.

  • 12 Pelo visto, esse número representa algo completo, organizado e instituído por Deus. Por exemplo, na visão que o apóstolo João teve dos céus, havia uma cidade com “doze pedras de alicerce, e sobre elas os doze nomes dos doze apóstolos”. (Revelação 21:14; Gênesis 49:28) Múltiplos de 12 podem ter um significado parecido. — Revelação 4:4; 7:4-8.

  • 40 Vários períodos de julgamento ou de condenação estavam relacionados ao número 40. — Gênesis 7:4; Ezequiel 29:11, 12.

Numerologia e gematria

Os significados simbólicos dos números na Bíblia que acabamos de considerar não são o mesmo que numerologia, que envolve a busca de significados ocultos em números, combinações ou totais numéricos. Por exemplo, cabalistas judeus analisaram as Escrituras Hebraicas usando uma técnica chamada gematria, que procura um código oculto nos equivalentes numéricos das letras. A numerologia é uma forma de adivinhação, algo que Deus condena. — Deuteronômio 18:10-12.

 

Saiba mais

A SENTINELA (EDIÇÃO DE ESTUDO)

“Vamos comparar texto com texto”

Quando estamos lendo um versículo da Bíblia, como o contexto pode nos ajudar a entender seu significado?