Pular para conteúdo

O que significa ser santo?

A resposta da Bíblia

 Ser santo é estar livre de impureza. A palavra hebraica traduzida como “santo” vem de um termo que significa “separado”. Assim, o que é santo está separado do uso comum, é algo sagrado, principalmente por ser algo limpo e puro.

 Deus é santo no grau mais elevado. A Bíblia diz: “Ninguém é santo como Jeová.” * (1 Samuel 2:2) Por isso, Deus tem todo o direito de determinar o que é santo.

 A palavra “santo” pode ser dada a qualquer coisa que está diretamente relacionada a Deus, em especial coisas que foram separadas para uso exclusivo na adoração. Por exemplo, a Bíblia fala de:

  •   Lugares santos: Quando Moisés estava perto de um espinheiro em chamas, Deus disse a ele: “O lugar em que você está pisando é solo sagrado.” — Êxodo 3:2-5.

  •   Ocasiões santas: Os israelitas adoravam a Jeová em festividades religiosas anuais chamadas de “santos congressos”. — Levítico 23:37.

  •   Objetos santos: Os itens usados na adoração a Deus no antigo templo em Jerusalém eram chamados de “utensílios sagrados”. (1 Reis 8:4) Esses itens eram tratados com muito respeito, mas de forma alguma deviam ser adorados. *

Uma pessoa imperfeita pode ser santa?

 Sim. Deus ordena aos cristãos: “Sejam santos, porque eu sou santo.” (1 Pedro 1:16) É claro que pessoas imperfeitas jamais poderiam ser santas como Deus. No entanto, as pessoas que obedecem às leis de Deus podem ser consideradas ‘santas e aceitáveis a Deus’. (Romanos 12:1) Uma pessoa que se esforça para ser santa mostra isso em suas palavras e ações. Por exemplo, ela segue o conselho bíblico de ‘ser santa e se abster de imoralidade sexual’ e de ‘tornar-se santa em toda a sua conduta’. — 1 Tessalonicenses 4:3; 1 Pedro 1:15.

Uma pessoa pode deixar de ser santa aos olhos de Deus?

 Sim. Se a pessoa deixa de fazer a vontade de Deus, ela não é mais considerada santa. Por exemplo, o livro bíblico de Hebreus foi escrito para os “santos irmãos”. Mesmo assim, o livro menciona que eles poderiam desenvolver “um coração mau e sem fé, por se afastarem do Deus vivente”. — Hebreus 3:1, 12.

Mitos sobre a santidade

 Mito: É possível ser santo por levar uma vida de sacrifício.

 Fato: A Bíblia diz que o “tratamento severo do corpo”, ou negar completamente as suas vontades, não tem “nenhum valor” para Deus. (Colossenses 2:23) Pelo contrário, Deus quer que aproveitemos as coisas boas da vida. A Bíblia diz: “Que todos comam e bebam, e desfrutem dos resultados de todo o seu trabalho árduo. É a dádiva de Deus.” — Eclesiastes 3:13.

 Mito: O celibato torna uma pessoa mais santa.

 Fato: Um cristão pode escolher ficar sem se casar, mas isso não o torna mais santo. É verdade que um solteiro pode se concentrar mais na adoração a Deus. (1 Coríntios 7:32-34) Mas a Bíblia diz que os que se casam também podem ser santos. Prova disso é que Pedro, um dos apóstolos de Jesus, era casado. — Mateus 8:14; 1 Coríntios 9:5.

^ parágrafo 2 Jeová é o nome de Deus. Centenas de versículos da Bíblia associam esse nome com as palavras “santo” e “santidade”.

^ parágrafo 6 A Bíblia condena a adoração de relíquias religiosas. — 1 Coríntios 10:14.