Pular para conteúdo

Quem ou o que são os anjos?

A resposta da Bíblia

Os anjos são criaturas que têm mais poder e habilidades do que os humanos. (2 Pedro 2:11) Eles vivem no domínio espiritual, que é um nível de existência acima do Universo físico. A Bíblia chama esse domínio de céu. (1 Reis 8:27; João 6:38) Por isso, eles podem ser chamados também de espíritos. — 1 Reis 22:21; Salmo 18:10.

De onde vêm os anjos?

Deus criou Jesus, “o primogênito de toda a criação”. Para criar os outros anjos, Deus usou Jesus. A Bíblia explica: “Por meio [de Jesus] foram criadas todas as outras coisas nos céus e na terra, as coisas visíveis e as coisas invisíveis.” Isso inclui os anjos. (Colossenses 1:13-17) Cada um desses “filhos do verdadeiro Deus” foi criado individualmente. (Jó 1:6) Os anjos não se casam nem têm filhos. — Marcos 12:25.

Os anjos foram criados muito tempo antes da criação da Terra. Quando Deus criou a Terra, os anjos ‘deram gritos de louvor’. — Jó 38:4-7.

Quantos anjos existem?

A Bíblia não diz o número exato, mas diz que existem muitos anjos. Por exemplo, em uma visão, o apóstolo João viu centenas de milhões de anjos. — Apocalipse 5:11, nota.

Os anjos têm nome e personalidade própria?

Sim. A Bíblia fala o nome de dois anjos: Miguel e Gabriel. (Daniel 12:1; Lucas 1:26) * Outros anjos disseram que tinham nome, mas não disseram qual era o nome deles. — Gênesis 32:29; Juízes 13:17, 18.

Cada anjo tem sua própria personalidade. Eles conseguem conversar uns com os outros. (1 Coríntios 13:1) Eles são inteligentes e têm a capacidade de criar louvores a Deus. (Lucas 2:13, 14) E eles têm a liberdade de escolher entre o que é certo e o que é errado. Por exemplo, alguns deles escolheram pecar por se juntarem a Satanás, o Diabo, na rebelião contra Deus. — Mateus 25:41; 2 Pedro 2:4.

Existem diferentes categorias de anjos?

Sim. O anjo mais poderoso e que tem mais autoridade é Miguel, o arcanjo. (Judas 9; Apocalipse 12:7) Os serafins são anjos que têm muitas responsabilidades. Eles ficam próximo ao trono de Jeová. (Isaías 6:2, 6) Os querubins são outra categoria de anjos que têm muitas responsabilidades e tarefas especiais. Por exemplo, querubins protegeram a entrada do jardim do Éden depois que Adão e Eva foram expulsos. — Gênesis 3:23, 24.

Os anjos ajudam as pessoas?

Sim, Deus usa anjos fiéis para ajudar as pessoas hoje.

Cada um de nós tem um anjo da guarda?

Os anjos cuidam para que os servos de Deus continuem firmes na fé. Mas isso não significa necessariamente que Deus deu para cada servo seu um anjo para tomar contar dele. * (Mateus 18:10) Os anjos não protegem os que servem a Deus de todas as dificuldades ou tentações. A Bíblia fala que Deus muitas vezes “providenciará a saída” da dificuldade dando a sabedoria e a força que a pessoa precisa. — 1 Coríntios 10:12, 13; Tiago 1:2-5.

Mitos sobre os anjos

Mito: Todos os anjos são bons.

Fato: A Bíblia fala de “forças espirituais malignas” e de “anjos que pecaram”. (Efésios 6:12; 2 Pedro 2:4) Esses anjos maus são demônios que, assim como Satanás, se rebelaram contra Deus.

Mito: Os anjos não morrem.

Fato: Todos os anjos maus vão ser destruídos, incluindo Satanás, o Diabo. — Judas 6.

Mito: Quando as pessoas morrem, elas se tornam anjos.

Fato: Os anjos não são humanos ressuscitados. Eles são outra criação de Deus. (Colossenses 1:16) As pessoas que forem ressuscitadas para viver no céu vão estar em uma categoria acima dos anjos. (1 Coríntios 6:3) Elas vão receber o presente de Deus de viver e nunca mais morrer. — 1 Coríntios 15:53, 54.

Mito: Os anjos existem para servir os humanos.

Fato: Os anjos obedecem às ordens de Deus, não às nossas. (Salmo 103:20, 21) Até mesmo Jesus admitiu que, se precisasse de ajuda, ele pediria diretamente a Deus, não aos anjos. — Mateus 26:53.

Mito: Podemos orar aos anjos pedindo ajuda.

Fato: A oração faz parte de nossa adoração. E Jeová é o único que deve ser adorado. (Apocalipse 19:10) Temos que orar só para Deus, por meio de Jesus. — João 14:6.

^ parágrafo 5 Algumas Bíblias usam a palavra “Lúcifer” em Isaías 14:12. Por causa disso, algumas pessoas pensam que esse é o nome do anjo que se tornou Satanás, o Diabo. Mas a palavra hebraica traduzida como “Lúcifer” significa “brilhante”. O contexto mostra que essa palavra não se aplica a Satanás, mas aos reis de Babilônia que seriam humilhados por serem arrogantes. (Isaías 14:4, 13-20) A palavra “brilhante” foi usada para zombar dos reis de Babilônia depois que ela foi derrubada.

^ parágrafo 13 Quando leem a história de como Pedro foi solto da prisão, alguns entendem que a Bíblia mostra que Pedro tinha um anjo da guarda. (Atos 12:6-16) Mas, quando os discípulos falaram sobre “o anjo [de Pedro]”, pode ser que eles achassem que um anjo tinha vindo falar com eles em nome de Pedro.