Pular para conteúdo

TEVE UM PROJETO?

O faro do cachorro

Os pesquisadores dizem que os cães podem usar o faro para detectar a idade, o sexo e o humor de outros cachorros. Esses animais podem até mesmo ser treinados para detectar explosivos e drogas ilegais. Enquanto para a maioria dos humanos, o sentido da visão é a principal maneira de obterem informações sobre o seu ambiente, para os cachorros, o olfato desempenha esse papel. Eles usam o focinho para analisar o mundo ao seu redor.

Analise o seguinte: O faro dos cães é muito melhor do que o nosso olfato. De acordo com o Instituto Nacional de Normas e Tecnologia, dos EUA, um cachorro “consegue farejar certas substâncias na proporção de algumas partes por trilhão. Isso seria equivalente a conseguirmos sentir o sabor de cerca de um quarto de colher de chá de açúcar dissolvido em uma piscina olímpica”.

Por que o sentido do olfato é tão desenvolvido nos cães?

  • O focinho do cachorro é úmido, o que facilita a captura de partículas de odores.

  • Além disso, há duas vias aéreas no focinho: uma para respirar e outra para cheirar. Quando o cachorro fareja, o ar é direcionado para a parte da cavidade nasal que contém os receptores olfativos.

  • Nos cães, a região responsável pelo olfato pode medir 130 centímetros quadrados ou mais, enquanto nos humanos, ela mede apenas 5 centímetros quadrados.

  • Um cachorro pode ter até 50 vezes mais células receptoras olfativas do que um humano.

Tudo isso permite que os cães consigam diferenciar os componentes de um cheiro complexo. Por exemplo, alguns especialistas afirmam que os humanos conseguem sentir o cheiro de uma sopa, mas os cães são capazes de identificar cada ingrediente que vai na receita dessa sopa.

Pesquisadores da Fundação Pine Street, um instituto de pesquisa do câncer, dizem que o cérebro e o focinho dos cães trabalham juntos para formar “um dos aparelhos de identificação de odores mais sofisticados do planeta”. Os cientistas estão desenvolvendo “narizes” eletrônicos para detectar explosivos, contrabando e doenças, incluindo o câncer.

O que você acha? Será que o faro do cachorro simplesmente evoluiu? Ou teve um projeto?